Home / Animais / História do Galgo Irlandês, Personalidade e Origem da Raça

História do Galgo Irlandês, Personalidade e Origem da Raça

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre essa raça curiosa, já falamos sobre ela aqui, as suas características e tudo mais. Hoje vamos conhecer a sua origem e a sua história e muitas outras informações. Por isso, se você é fã de raças de animais, fique até o fim para não ficar por fora de nada.

História e Origem da Raça Galgo Irlandês

Essa é uma raça originária da Irlanda, é um cão muito famoso por ser extremamente rápido e era utilizado para caçar lebres chamado de lebreiro por esse motivo. Em sua origem foi criado e desenvolvido para caçar lobos e assim seguiu por muitos anos. Considerado o cachorro mais alto do planeta, na Irlanda eram inúmeros cães dessa raça por toda parte por pelo menos 2000 anos, mas infelizmente antes de 1800 todos esses cães desapareceram do mapa. Um soldado britânico foi o responsável por trazer a raça de volta para nós, nos trouxe uma raça mais moderna que ficou muito famosa no ocidente.

Essa raça atual possivelmente foi resultado da cruza de outras raças como Galgos Escoceses com Dogue Alemão.

Galgo Irlandes
Galgo Irlandes

No ano de 1878 finalmente foi descrito um padrão para essa raça pelo KCI dentro de uma exposição de cães, já em 1885 a raça ganhou um clube próprio para si. A partir de então a raça foi ganhando ainda mais popularidade em seus país, voltando a ser procurado como antes. E logo outros países começaram a se interessar por ele, daí não teve jeito e no ano de 1897 ele foi finalmente reconhecido pelo AKC.

Uma raça tradicional da Irlanda ele passou a ser inserido nas tropas do país, a partir de 1902 um cão dessa raça foi escolhido para ser mascote da unidade militar pelos integrantes do Clube da raça. A intenção era uma só, ajudar a raça a ser ainda mais popular e famosa pelo mundo.

Parece que a ideia funcionou, pois a raça foi eleita de forma oficial como o mascote da unidade militar no ano de 1961.  Dessa forma então o cão começou a ser cuidado com muito carinho pelos médicos veterinários da corporação, e além disso todos os cuidados necessários incluindo a sua comida passou a ser responsabilidade do governo.  A força policial da Irlanda é a única que pode ter um mascote canino os acompanhando.

E isso segue até hoje, a guarda do país continua adotando mascotes cachorros, eles continuam sendo da raça Galgo Irlandês.

Personalidade do Galgo Irlandês

Bom, agora que conhecemos um pouco mais sobre a sua história e origem, vamos saber mais sobre a personalidade desse grande gigante.

Saiba que eles são encantadores e brincalhões, mas também são bem folgados e vão querer dormir no seu sofá se você estiver por lá. Assim como a maior parte das raças grandes, eles acreditam ser pequenos e por isso querem caber em qualquer pequeno espaço e saltar em cima do seu dono. Por serem um pouco desajeitados podem derrubar alguns objetos, e até mesmo alguém andando meio desligado. Essa falta de jeito é o seu charme, pois eles são tão afetuosos e carinhosos que são a melhor companhia que você poderia ter contigo. Ele é bastante calmo e amoroso, esse grandalhão pode medir 90 cm de altura, e ainda pesar cerca de 55 kg, infelizmente é um cachorro de vida curta quando comparado a expectativa de vida de outras raças, eles vivem em média entre 6 e 8 anos. Possui alguns problemas graves de saúde em sua genética, principalmente casos de câncer que costumam ser fatais para eles. O pelo dessa raça é duro, e a coloração pode ser diversa, o mais encontrado é no cinza.

Um Grande Coração

Galgo Irlandês
Galgo Irlandês

Esse cão gigante tem o coração proporcional ao seu tamanho, são muito amorosos com o ser humano e demonstram isso o tempo todo. Eles fazem questão de estar perto, por isso devem te seguir por todo lado, qualquer pequeno sumiço e já vai sair te procurando. Por esse motivo não deixe seu cão sozinho, ele precisa de companhia. Saiba que eles amam crianças, embora seu tamanho assuste ele vai virar uma criança gigante no meio delas. Não tem o menor problema com visitas estranhas, desde que não ofereçam nenhum perigo para sua família. Este é um cão muito atento a tudo, qualquer movimentação estranha vai chamar a sua atenção e o deixará em alerta total. Caso desconfie que alguém está com más intenções contra sua família não vai pensar duas vezes em te proteger com muita coragem. Mas saiba que esses cães são bonzinhos demais para serem cães de guarda, então não espere isso deles.

Dicas

  • Se você morar em apartamento ou em uma casa com pouco espaço não vai ser uma boa ideia adquirir um cachorro desses, pois eles são enormes e precisam de um espaço confortável para viver. Eles ficam mais felizes em fazendas com grandes espaços livres.
  • Se você tem crianças em casa precisa ter alguns cuidados, não que ele ofereça qualquer tipo de risco para elas, muito pelo contrário. Por serem passivos demais as crianças podem se exceder e acabar machucando o animal.
  • Como dissemos, essa é uma raça muito apegada a seus donos, então se você passa a maior parte do tempo fora de casa isso pode ser um problema. Eles se sentem solitários e podem querer gastar seu tempo destruindo o que ver pela  frente. Por isso é melhor escolher outra raça mais independente.
  • Se onde você mora barulhos são um problema, saiba que esses cães não latem em excesso como outras raças. Apenas para avisar que alguma coisa está fora do normal.
  • Não é uma raça que perde grande quantidade de pelos, então isso não será um problema para donos alérgicos. Eles vão soltando pelo ao longo do ano, mas em pequena quantidade.  Se você investir em escovação vai conseguir diminuir ainda mais essa perda.

Veja também

Patos e Gansos

Qual é a Diferença entre Pato e Ganso?

Hoje viemos esclarecer mais algumas dúvidas sobre a diferença entre o pato e o ganso, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.