Home / Animais / É Saudável Passear com Gatos?

É Saudável Passear com Gatos?

Que cães amam sair para passear a gente já sabe, e por isso muita gente que tem outros animais fica a dúvida se deveria levá-los também para passeios diários. Muitos donos de gatos têm essa dúvida, e por isso viemos hoje responder para você. Que os gatos gostam de sair a gente já sabe, quem tem um gato principalmente não castrado sabe que eles somem vez ou outra, acontece que essas saídas são um tanto perigosas já que eles saem sozinhos  estão expostos a todos os riscos. Se você mora em apartamento, por exemplo, fica bem difícil desse animal conseguir escapar, por isso eles ficam isolados dentro de um espaço pequeno o dia todo e isso pode nos preocupar.

É Saudável Passear com Gatos?

É aí que surge essa dúvida tão comum, os gatos têm realmente essa necessidade como a dos cães? Preciso levar meu gato para dar uma volta, mas qual a melhor forma de fazer isso? Gatos usam coleiras? Fica tranquilo que a gente te ajuda. Na realidade as opiniões são bem controvérsias sobre esse assunto, enquanto existem profissionais que afirmam que esses animais não tem nenhuma necessidade de passear por aí e que os riscos superam os benefícios, outros afirmam que é uma boa ideia dar uma passeada com ele para que gaste energia. Sabemos que os gatos são animais curiosos, por isso eles gostam de conhecer lugares diferentes e entender tudo o que acontece à sua volta. 

Gato com Coleira
Gato com Coleira

A coleira ainda é o método mais seguro a ser utilizado no seu passeio com os bichanos, mas para que isso seja realmente possível eles precisam aprender a conviver com ele desde filhotes depois de adaptados eles ficam muito contentes com a ideia. É importante saber ler o que o animal quer nos dizer, assim como tem alguns gatos que vão adorar sair da rotina, tem outros que preferem ficar confortáveis dentro de casa e está tudo bem. Respeite seu animal. Existem profissionais que preferem não indicar os passeios, pois teme seu comportamento e que na rua tem diversos riscos. Sem contar sobre a resistência com as coleiras, eles podem ficar muito estressados e assustados com essa questão. Mas é justamente por esse motivo que recomendamos esse tipo de socialização desde filhote, pois dessa maneira ela já está acostumada. Mas se você percebe que ele fica desconfortável com isso não insista. Caso você decida tentar essa aventura com seu bichano seja paciente. O primeiro passo é convencer seu gato a aceitar a coleira, faça isso com muita calma sem estressar o animal. O próximo passo é convidar ele aos primeiros passos, tudo muito devagar e no tempo dele, se ele quiser parar respeite. Mesmo que a evolução seja pequena, comemore com ele mas essa conquista.

Ponto importante, para tirar seu gato de casa o esquema vacinal dele deve estar impecável, e nunca saia de perto, fique sempre de olho. Comece por ruas mais tranquilas e sem muita movimentação para que ele não se assuste, ande sempre com a caixa de transporte para emergências.  Ainda sobre as coleiras, é importante frisar que existem coleiras específicas para gatos, opte sempre pela peitoral que vai lhe dar mais segurança. Essa é a opção mais segura e mais confortável para ambos. Ele deve emitir algum sinal de que quer voltar para casa, respeite isso. Por esse motivo não existe o tempo ideal, e sim o quanto é confortável para eles. No começo é bem possível que esses passeios sejam extremamente curtos, isso tende a melhorar com o tempo. Evite traumas, não force ele a usar a coleira e não a sair de casa, se ele não gostou da ideia, respeite isso. Gatos se estressam com uma facilidade muito grande, lugares vazios e tranquilos são os ideais para eles, principalmente lugares que não tenham cachorros. Eles adoram cheirar e conhecer coisas novas, então caso seja um lugar com plantas, matinhos, bancos e coisas assim eles vão fazer a festa. Evite lugares onde eles possam se esconder facilmente caso consigam fugir.

Gato com Coleira
Gato com Coleira

Uma outra dica importante é o cuidado especial com gatos idosos, e com aqueles que já adultos não estão acostumados a sair de casa pois pode ser bem perigoso. Apesar da gente dar um monte de dicas sobre o melhor lugar, o melhor horário, a melhor coleira, nada disso importa se o seu gato prefere ficar dentro de casa. Cada gato tem uma personalidade diferente e que deve ser levada em consideração por mais boas intenções que você tenha. No cenário perfeito você deveria estimular o seu filhote a desbravar por novos lugares, cheirar a coleira, brincar com ela, colocar e tirar até que não seja um objeto assustador para ele. Socialize com outros animais, leve para conhecer novos lugares e novas pessoas para que ele fique bem confortável com movimentações fora do habitual.

Imagine que você passe uma vida dentro de casa e de repente veja a rua pela primeira vez, a movimentação dos carros, o barulho do trânsito, pessoas e animais estranhos. Vai ser extremamente estressante para você, o mesmo sentimento que seu gato terá. Por isso indicamos locais de verde, com plantas, gramas e quase nenhuma pessoa ou animal, pois assim ele ficará calmo apenas curtindo todas aquelas novidades. Não tire os olhos dele, analise qualquer movimento, se notar qualquer desconforto ou estresse leve o animal para casa, para o ambiente seguro dele. No final pode ser que você descubra que essa era uma vontade mais sua do que do seu gato sabia? Vai ver ele está super feliz em seu ambiente seguro e confortável. Caso descubra que ele prefere o conforto do lar, encha sua casa de brinquedos de gato, brinque com ele, faça exercícios com ele. Talvez essa seja a chave que precisa virar na rotina dele e você ainda não percebeu.

Veja também

Patos e Gansos

Qual é a Diferença entre Pato e Ganso?

Hoje viemos esclarecer mais algumas dúvidas sobre a diferença entre o pato e o ganso, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.