Home / Animais / História do Dogo Argentino, Personalidade e Origem da Raça

História do Dogo Argentino, Personalidade e Origem da Raça

A raça do cão Dogo Argentino originou-se no início de 1900. O objetivo do cruzamento era criar um cão de trabalho que também pudesse viver com a unidade familiar. O resultado final foi o Dogo Argentino.

É dono da maior árvore genealógica em todo o reino dos cães. Foi desenvolvido da extinta raça do cão de combate de Córdoba, o Bull Dog, Bull Terrier, Boxer, Ponteiro, Dogue Alemão, Bullmastiff, Grandes Pirineus, Dogue de Bordeaux, Wolfhound irlandês e Mastiff espanhol.

A raça canina é bastante grande. Eles fazem parte da linha do Mastiff. Você pode esperar que seu cão Dogo Argentino alcance entre oitenta e cem libras, com uma altura de vinte e quatro a vinte e sete polegadas. Eles têm um corpo musculoso e são extremamente atléticos, o que requer caminhadas diárias e muito espaço para se exercitar. Você pode manter esses cães em apartamentos e condomínios, mas deve passear com eles pelo menos duas vezes por dia.

Personalidade do Dogo Argentino

Excelente cão de família, mesmo em apartamentos. A personalidade desta raça em particular é extremamente boa para crianças pequenas e muito dedicada à unidade familiar. Por esse motivo, muitas pessoas usam os cães Dogo Argentino para segurança da família.

Amigo da criança e leal a suas famílias e filhos. No entanto, filhos de outra família são um desafio, pois não aceitam naturalmente a presença de convidados.

Personalidade do Dogo Argentino
Personalidade do Dogo Argentino

Os proprietários descobrirão que são inteligentes. Eles gostam de brincar com seus donos e se exercitar para gastar sua energia. Manejada adequadamente pelos proprietários é extremamente fácil de gerenciar. Estes cães são brincalhões, enérgicos e cheios de energia.

Temperamento do Dogo Argentino

Proprietários de Dogo Argentino precisam se certificar de passar algum tempo treinando o cão ou ir à aula de obediência com eles. Esta raça em particular é muito territorial e geralmente não se dá bem com outros animais. Cães Dogo Argentino se saem bem como um animal de estimação familiar que recebe muita atenção.

No entanto, se você criar o cão Dogo Argentino com outro animal da família, a raça aceitará o outro animal de estimação como parte da família. Os cães Dogo Argentino sabem até se tornar protetor da família peluda, com os quais cresceram quando filhotes,  mas sua forte presa os torna companheiros ruins de outros animais, como gatos ou cães menores.

Eles têm força de vontade e precisam de muitos exercícios e atividade mental; portanto, morar em um apartamento não é a situação ideal para eles. É melhor começar o treinamento o mais cedo possível.

Versátil, pode ser um guardião da família e protetor da família contra a ameaça de estranhos e, se quiser, pode ser um caçador sem medo de javalis.

A raça canina Dogo Argentino não tem paciência com estranhos ou outros animais que entrem na propriedade. Eles podem ficar fora de controle quando você tem convidados que eles não conhecem. Lembre-se de que é necessário um treinamento firme e amoroso para que não se tornem muito agressivos com os visitantes. A raça canina inicia uma briga com outros animais e cães vadios que entram no seu quintal. Por esse motivo, é importante que a área do quintal seja segura para impedir a entrada de animais perdidos no território.

São muito agressivo naturalmente e lutarão rapidamente se não for tratada e treinada adequadamente. De fato, muitas vezes é rotulado como um cão perigoso e algumas pessoas até o usam para brigar ilegalmente. No entanto, se você tiver paciência e tempo para se dedicar, descobrirá que são muito confiável e leal.

Cuidados Higiênicos

Dogos argentinos não se dão bem com quem sofre de alergias, causando reações alérgicas. Algumas das raças de cães são consideradas até maiores para a possibilidade de uma resposta alérgica. O tipo de pelagem não é necessariamente relevante, porque a maioria das pessoas é alérgica a caspa (flocos na pele do cachorro) ou saliva, e não realmente aos pelos dos cães.

As unhas dos cães Dogo Argentino tendem a crescer rapidamente. Você vai querer treinar o cachorro Dogo Argentino para se acostumar com as unhas cortadas e as patas manuseadas. Isso fará com que o cão fique menos estressado quando adulto e precisar de aparas frequentes nas unhas.

São tipicamente branco com uma pelagem curta. Eles se dão com banho ocasional, não são propensos a manter odores em seus casacos. Há uma quantidade moderada de derramamento com esses cães. Seus hábitos de higiene são muito básicas e requerem pouco trabalho.

Fotos do Dogo Argentino
Fotos do Dogo Argentino

Fácil de arrumar: O Dogo argentino não exige muita arrumação. É necessário tratamento sazonal para pulgas, mas não é necessário cortar o cabelo do cão por um profissional. Orelhas e olhos devem ser limpos regularmente para evitar infecções. O Dogo argentino é uma boa opção se você não tiver tempo, habilidade ou dinheiro para cuidar de um cão de alta manutenção. Recomendado para iniciantes.

Dogos argentinos derramam moderadamente. É um processo natural do ciclo de crescimento do cabelo. Escovar regularmente reduz a quantidade de cabelo que se solta. Depende principalmente do seu estado de saúde e tipo de raça.

Nível Emocional do Dogo Argentino

É muito importante começar a treinar o filhote de Dogo assim que ele chegar em casa para garantir um cão adulto bem comportado mais tarde. É essencial não esperar seis meses para começar o treinamento, pois isso pode impossibilitar o treinamento.

Os Dogos argentinos têm um nível emocional médio e não são a raça mais sensível. Às vezes, não há problema em mudar a rotina diária, receber convidados e ouvir música alta. Alguns cães lidam com castigos moderados muito bem, enquanto outros se desintegram com um olhar sujo. Esta raça não é afetada emocionalmente por punições moderadas.

Dogo argentino raramente late. Esta raça pode ser uma boa escolha se você estiver procurando por uma raça tranquila. Eles não latem, a menos que haja uma boa razão. Principais razões para latir: proteção, alarme, medo, tédio, busca de atenção, saudação, ansiedade de separação, latido compulsivo.

Assim como todo cachorro, eles tendem a entrar em pânico, chorar, latir, lamentar quando são deixados sozinhos pelo dono. Com a socialização adequada e tempo de qualidade com o cão pode resolver este problema.

Habilidades de Cão de Serviço

Esta raça geralmente não é usada como cão de serviço. Um cão de serviço é um termo usado nos EUA para se referir a qualquer tipo de cão de assistência treinado especificamente para ajudar pessoas com deficiências, como deficiência visual, deficiência auditiva, distúrbios mentais, convulsões, deficiência de mobilidade e diabetes. O Dogo argentino não é a melhor raça para fins de serviço.

Um cão de detecção ou farejador é um cão treinado para usar seus sentidos (principalmente seu cheiro) para detectar substâncias como explosivos, drogas ilegais, dispersão de animais silvestres, moeda, sangue e eletrônicos de contrabando, como telefones celulares ilícitos. O Dogo argentino não é a melhor raça para fins de detecção.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *