Home / Animais / Ficha Técnica da Iguana: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Ficha Técnica da Iguana: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

iguana é um tipo de lagarto bem grande, arbóreo e principalmente herbívoro do gênero Iguana. Geralmente, esse animal é chamado simplesmente de iguana.

A espécie varia de uma enorme área geográfica, mas é nativa do sul brasileiro e paraguaio. Foi introduzida na América do Sul em Porto Rico, sendo muito comum na ilha toda, onde são conhecidas coloquialmente como o termo gallina de palo (“galinha das árvores” ou “galinha de bambu”).

Sendo um herbívoro, adaptou-se significativamente em relação à locomoção e osmorregulação como resultado de sua dieta. Comumente encontrada em cativeiros como um animal de estimação por conta da disposição calma e das cores brilhantes, a iguana pode ser bem exigente em termos de cuidados. Os requisitos para espaço, assim como as necessidades de calor e iluminação especiais podem ser desafiantes para os entusiastas.

Se você quiser aprender mais sobre o animal, no artigo abaixo terá todas as mais relevantes informações. Confira!

Ficha Técnica da Iguana

  • Peso: Acima de 9,1 quilos;
  • Altura: De 30 até 42 cm;
  • Tamanho: até 1,5 metros de comprimento, da cabeça à cauda, ​​embora algumas amostras tenham crescido mais de 2 metros.

Biologia Reprodutiva

As iguanas masculinas têm poros femorais altamente desenvolvidos na parte inferior das coxas. Estas secretam um perfume (as fêmeas têm poros femorais, mas são menores em comparação com os machos).

Além disso, os espinhos dorsais que correm ao longo das costas de uma iguana são visivelmente mais longos e mais espessos nos machos do que nas fêmeas, tornando os animais um tanto sexualmente dimórficos.

As iguanas masculinas tendem a exibir comportamentos mais dominantes, tal como o balançar da cabeça e o chicotear da cauda. Esses animais também acabam desenvolvendo um tipo de crista dorsal alta, maior que os exemplares fêmeas, bem como alguns espinhos dorsais também mais altos.

As grandes mandíbulas são redondas e bem pronunciadas. Elas geralmente são uma característica do tipo masculina. Assim, estão localizadas debaixo da mandíbula menor, protegidas por placa subtitânica. Esta tem uma escala verde e formato circular.

Reprodução de Iguana
Reprodução de Iguana

A iguana é ovípara, tendo fêmeas depositando de 20 até 71 ovos anuais no período da sincronizada nidificação. A fêmea não só oferece proteção após a colocação dos ovos, como defende o ninho na escavação.

Os filhotes saem dos ninhos depois de 10 até 15 semanas da incubação. Após eclodirem, são semelhantes aos exemplares adultos em forma e cor. Entretanto, lembram mais as fêmeas adultas que os exemplares machos e não têm espinhas dorsais.

Os filhotes permanecem nos grupos familiares no primeiro ano da vida. As iguanas machos desses grupos geralmente usam o próprio corpo no intuito de proteger fêmeas dos predadores. Esta parece ser uma das poucas espécies de répteis a tomar essa atitude.

Comportamento do Animal

Quando assustada com um predador, a iguana tenta fugir. Se estiver perto dos corpos d’água, mergulha nele e nada para longe. Caso encurralada por ameaças, ela se estenderá e exibirá a barbela embaixo do pescoço, endurecerá e inchará o corpo, assobiará e sacudirá a cabeça no agressor.

Mas, caso a ameaça persista, a iguana atacará com a cauda, ​​morderá e usará suas garras em defesa. As iguanas usam “cabeçadas” de várias maneiras na interação social, como cumprimento ou cortejo de um candidato a companheiro. As frequências e o número de chifres na cabeça possuem significados ímpares para outros exemplares.

Esses animais são predados pelas aves, e o medo que têm é explorado como um truque para capturá-las na natureza. Um caçador imitará o som do falcão assobiando ou gritando, fazendo a iguana congelar, o que facilita a captura.

Dieta das Iguanas

As iguanas são especialmente herbívoras, com alguns exemplares alimentando-se das folhas como:

  • Nabos;
  • Frutas;
  • Mostardas;
  • Flores;
  • Brotos de aproximadamente 100 diferentes espécies de plantas.

Embora elas consumam uma grande diversidade de alimentos, caso oferecidos, as iguanas exigem uma proporção de minerais na sua dieta.

É importante que as que ficam em cativeiro tenham variedades com verduras folhosas, igualmente com vegetais e frutas. Bons exemplos são:

  • Couve;
  • Abóbora;
  • Manga;
  • Dentre outros.

As iguanas mais jovens geralmente se alimentam de fezes dos adultos para ter uma microflora essencial. Assim, conseguirão digerir a dieta vegetariana com baixa qualidade, bem como de processamento difícil.

Há um debate acerca da iguana em cativeiro, se ela deve ser alimentada com proteínas animais. Existem evidências de espécies selvagens comendo caracóis e gafanhotos de árvores, geralmente como subproduto da ingestão de material vegetal.

Iguanas adultas selvagens foram observadas comendo ovos de pássaros.  Zoologistas acreditam que essa dieta contendo proteínas não se mostra saudável para os sistemas digestivos, resultando em graves danos à saúde a longo prazo. Isso inclui a insuficiência renal, bem como a morte prematura.

Por outro lado, a iguana também já foi observada comendo peixe morto. Sem contar que sabe-se que indivíduos mantidos no cativeiro comem ratos sem efeitos nocivos.

Iguana Comendo
Iguana Comendo

Só se entende esses animais sobrevivem e prosperam ao comer nada além de:

  • Uma porção completa de roedores;
  • Comida de macaco;
  • Uma porção generosa de alface e suplementos de vitamina e cálcio.

Entretanto, recomenda-se apenas que essas iguanas não sejam alimentadas com carne ou alface. Em vez disso, devem receber os minerais e as vitaminas de que precisam por meio das dietas puramente herbívoras.

Fatos Sobre Esses Animais

  • Tomar sol ao sol é importante para que as iguanas aumentem sua temperatura corporal e tenham uma boa digestão;
  • As iguanas têm pequenas escamas que se assemelham a espinhos atrás do pescoço;
  • A iguana tem um terceiro olho na cabeça, que é usado para regular a produção hormonal;
  • As iguanas verdes têm dedos e garras compridos para ajudá-las a subir e agarrar nas árvores;
  • Todas as espécies são boas nadadoras;
  • As iguanas têm uma visão excelente e usam sinais para se comunicar com outras iguanas por meio de uma série de movimentos oculares rápidos;
  • Diferentes espécies se parecem e têm ações de maneira tão diferente que você pode não reconhecê-las como membros da mesma família;
  • Embora as atividades de coleta e caça de ovos em larga escala ameacem as populações da iguana selvagem, a maior ameaça à existência selvagem desses lagartos é a perda do habitat.

 

Veja também

Saiba Tudo Sobre Cabrito

Tudo Sobre o Cabrito: Características, Nome Científico e Fotos

Cabras, bodes e cabritos são os correspondentes macho, fêmea e filhote do mesmo mamífero ruminante. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *