Home / Animais / Esquilo-Voador-Vermelho-E-Branco-Gigante: Fotos E Características

Esquilo-Voador-Vermelho-E-Branco-Gigante: Fotos E Características

Você sabia que existem esquilos voadores? Pesar de não existirem aqui no Brasil, eles são conhecidos em todo o mundo devido sua capacidade de voar e também por serem bastante adoráveis. Pertencentes a tribo Pteromyini e a família Sciuridae, esse animal possui cerca de 45 espécies, as quais possuem características muito peculiares.

Uma dessas espécies é o esquilo voador vermelho e branco gigante, do qual falaremos a seguir. Acompanhe.

Características Do Esquilo Voador Vermelho E Branco Gigante

O esquilo voador vermelho e branco gigante é uma das espécies de esquilos voadores, da família de roedores ciurídeos. Seu nome cientifico é petaurista alborufus e trata-se de um animal bastante grande que pode ser encontrado nas florestas de altitude entre 800 e 3.500 metros, na China e em Taiwan. Em Taiwan a espécie é conhecida como esquilo voador gigante de Taiwan. Ele ainda pode ser encontrado no Sul e no extremo norte do sudeste da Ásia.

O esquilo voador vermelho e branco gigante passa o dia dormindo, geralmente em uma árvore oca e noite ele sai para se alimentar. Ele é conhecido como esquilo voador gigante chinês e considerado a maior espécie de esquilos voadores que existe, apesar de algumas outras espécies possuírem medidas muito próximas das dele.

Esquilo-Voador-Vermelho-E-Branco-Gigante
Esquilo-Voador-Vermelho-E-Branco-Gigante

Seu comprimento é de aproximadamente 35 a 38 centímetros e sua cauda mede entre 43 e 61,5 centímetros. Seu peso aproximado é de 1,2 a 1,9 quilos, baseado em estudos em esquilos de Taiwan. Inclusive, um estudo relatou que um indivíduo dessa espécie pesava 4,2 quilos, considerado o mais pesado dentre a espécie.

Na China, o esquilo voador vermelho e branco gigante é vermelho escuro na parte superior com uma mancha grande e clara na parte inferior das costas. Seu pescoço e cabeça são brancos e ele possui uma mancha ao redor de cada um dos olhos, o qual é na cor azul. A parte inferior do animal é marrom alaranjada. Alguns indivíduos pertencentes a subespécies do esquilo voador vermelho e branco gigante possuem os pés na cor negra ou avermelhada e parte da sua cauda também é mais escura, com um anel mais claro na sua base. A subespécie que vive em Taiwan tem a cabeça branca com um anel estreito em volta dos olhos. Suas costas e cauda são escuras e a parte inferior do animal é toda branca.

Como possui hábitos noturnos, seus olhos são grandes e muito bem desenvolvidos. Além disso, eles possuem uma espécie de membrana de pele que une as patas traseiras às dianteiras e percorre too seu corpo, o que permite com que o animal possa realizar voos planos de uma árvore à outra.

Habitat: Onde Eles Vivem?

Como existem muitas espécies de esquilo voador, há uma certa variedade de habitats. Entretanto, a maioria deles vive em árvores nas florestas densas e decíduas e também próximo a riachos. Todos preferem ambientes com bastante árvores mais velhas e ocas, para que possam construir seus ninhos dentro.

Inclusive, quando os filhotes nascem eles não possuem pelos e são totalmente indefesos. Assim, precisam da mãe para se aquecer, desse modo, a mãe fica com seu filhote no ninho, por aproximadamente 65 dias, para que ele fique aquecido e possa sobreviver. Quando o filhote nasce no inverno, a mãe passa todo o período de frio no ninho com sua cria.

Esquilo-Voador-Vermelho-E-Branco-Gigante na Árvore
Esquilo-Voador-Vermelho-E-Branco-Gigante na Árvore

A maior parte das espécies, inclusive a do esquilo voador vermelho e branco gigante habita a Ásia. Ainda existem duas espécies que vivem nas américas e algumas podem ser encontradas na Europa. Na Ásia, estão na Tailândia, China, Taiwan, Indonésia, Malásia, Mianmar, Vietnã, Cingapura, Japão e diversos outros países. Algumas ainda podem ser encontradas no Oriente Médio.

Espécies E Diferenças

Em todo o mundo existem cerca de 45 espécies de esquilos voadores. A maioria deles vive no continente asiático, o que faz acreditar na hipótese de que eles tiveram sua origem por lá. Nas américas são encontradas duas espécies:

  • Esquilo voador do norte: vive nas florestas mistas e decíduas no Canadá, na Serra Nevada e noroeste do Pacífico.
  • Esquilo voador do Sul: vive no sul do Canadá até a Flórida, e em alguns lugares da América Central.

Cada espécie possui formas diferentes de planar, onde suas membranas possuem diferentes adaptações morfológicas, porém, devido a anatomia compartilhada desses animais, sugere-se que todos sejam descendentes de um ancestral em comum, que seria possivelmente alguma espécie de esquilo primitivo.

Alimentação Do Esquilo Voador Vermelho E Branco Gigante

A maioria dos esquilos voadores possui uma alimentação herbívora, a qual inclui em sua dieta folhas, botões de flores, sementes, pólen, samambaia, larvas e insetos e, no caso do esquilo voador vermelho e branco gigante, principalmente nozes e frutas.

Algumas outras espécies ainda se alimentam de aranhas, ovos, pequenos vertebrados como mamíferos e cobras, fungos e ainda animais invertebrados.

O Voo Do Esquilo Voador Vermelho E Branco Gigante

Esquilo-Voador-Vermelho-E-Branco-Gigante Equilibrado no Galho
Esquilo-Voador-Vermelho-E-Branco-Gigante Equilibrado no Galho

A membrana que envolve o corpo do esquilo voador e une suas patas dianteiras e traseiras funciona como um paraquedas e se chama patágio. O voo acontece sempre de uma árvore a outra e podem alcançar até 20 metros de distância. Sua cauda, que é achatada, funciona como um leme para direcionar seu voo.

Antes de sua decolagem, o esquilo voador vermelho e branco gigante balança gira sua cabeça para que possa analisar a rota, só então ele salta no ar e voa. Quando está se aproximando de seu destino ele se levanta no ar e se prepara para o pouso. Como os pés são acolchoados, eles amortecem o seu impacto na árvore, enquanto isso, suas garras afiadas agarram a casca da árvore para garantir o pouso.

Esse voo realizado pelo esquilo voador é chamado “planar” e trata-se de uma maneira eficiente do animal viajar, apesar de não permitir muitas manobras.

Ao permanecer nas árvores e também ao manter hábitos noturnos, o esquilo voador vermelho e branco gigante acaba evitando de ficar vulnerável a possíveis predadores, como o falcão e a água, porém as corujas acabam sendo grandes ameaças para o animal. Inclusive, o esquilo voador dificilmente desce no solo, pois suas membranas acabam atrapalhando no deslocamento, o que os deixa muito vulneráveis.

Veja também

Ostra Aberta

Tudo Sobre a Ostra: Características, Nome Científico e Fotos

O termo ostra é uma designação não taxonômica para um imenso grupo de moluscos que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *