Home / Animais / Dogo Argentino: Preço, Valor Para Comprar e Fotos

Dogo Argentino: Preço, Valor Para Comprar e Fotos

Sempre muito confundido com o pit bull, o dogo argentino é um cão que é muitas vezes temido pelas suas feições. Entretanto,  essa é uma raça  muito amiga e leal com os seus tutores. Para quem procura um cão que ama uma aventura, o dogo argentino é sem dúvidas umas das melhores opções. Com origem na Argentina, eles podem pesar quase cinquenta quilos e vivem por mais de dez anos. Confira nosso artigo e conheça a melhor forma e o melhor preço para adquirir um animal dessa raça.

Um filhote de dogo argentino pode ter um preço entre R$ 8000 e mais de R$3000. Os animais podem ser encontrados para venda em diversos sites especializados na internet e até mesmo em sites mais populares de compra e venda, como é o caso do Mercado Livre e OLX.

É muito importante lembrar que existem outras alternativas de adquirir um cão, como é o caso das adoções. Portanto, antes de fazer a compra de um bichinho, pesquise em instituições a possibilidade de adoção dos cachorros abandonados. Além de economizar, você pode fazer um animal muito feliz. Adotar é um ato de amor e pode fazer muito bem!

Características do Dogo Argentino

Eles possuem uma cabeça um pouco maior que o pitt bull, além de um focinho mais alargado. A fisionomia mais brava é apenas uma fachada, pois essa raça costuma ser muito amável e carinhosa. O dogo argentino resulta da mistura de diversos cães (como o mastiff e o boxer) e foi feita pensando em um cachorro que pudesse ser usado em caças.

Com um faro bem desenvolvido, o dogo argentino é um cão indicado para guarda. Depois de mais de vinte anos de cruzamentos, o resultado que temos hoje é um cão de grande porte e bastante robusto.  Os indivíduos dessa raça geralmente possuem a cor branca e algumas manchas pretas no rosto.

Dogo Argentino Características

Sempre levam a “fama de mau”, mas são animais dóceis, alegres, amigos e muito gentis. Prezam por proteger os seus tutores e precisam de um comportamento firme por parte dos donos. Isso pode evitar que eles sejam agressivos ou desobedientes. Quando convivem com crianças ou pessoas estranhas é preciso atenção, já que eles muitas vezes não reagem bem.

Outro ponto que merece atenção é com relação a existência de outros cães da mesma raça em um mesmo ambiente. O dogo argentino não reage muito bem com indivíduos da sua espécie, em especial, na presença de fêmeas. Isso acontece devido a tendência que eles têm de disputar dos territórios.

Modo de Vida do Dogo Argentino

Por esse motivo, é muito importante que o seu pet seja treinado desde a infância a fim de evitar comportamentos agressivos. O dogo argentino não é uma raça que late muito e apresenta a coragem como uma das suas principais características. Eles são mais independentes, o que pode ser um pouco complicado caso você esteja a procura de um cão de guarda.

Eles também costumam ser comportados quando o assunto é destruição de objetos. Para isso, não deixe de passear com o seu pet para que ele gaste as energias e não acabe descontando em sapatos e móveis, ok? Preferencialmente, opte por criar o dogo argentino em locais amplos e que possuem quintais e espaços para que eles possam brincar e correr.

A forma como você trata o seu cão é fundamental para o seu comportamento. Dessa forma, o adestramento e os treinamentos são essenciais para que eles adquiram disciplina e uma personalidade amigável e obediente.

Cuidados Com o Dogo Argentino

O pelo do dogo argentino é ralinho e muito curto. Portanto, eles não apresentam alguns problemas que são comuns em raças com pelos mais densos. Entretanto, não descuide dos banhos a cada dois meses, ok? Outro ponto positivo é que eles não possuem uma queda de pelos acentuada, como ocorre em outras raças.

Um ponto que merece bastante atenção é a sensibilidade que o pelo dessa raça possui. Assim, o indicado é usar produtos que evitem o desgaste e a irritação do pelo do animal. As escovações podem ser feitas semanalmente para renovar os pelos.

Evite também expor o dogo argentino ao sol intenso e prefira os horários em que a incidência solar está mais amena. Ao passear com o seu amigo, procure aproveitar as sombras ao longo do caminho. As unhas do cão devem ser cortadas a cada quinze dias. Paras aqueles que não permitem que o aparo seja feito, uma boa opção é lixar as unhas todas as semanas.

De forma geral, a raça é forte e não apresenta grandes problemas de saúde. Os problemas mais frequentes aparecem nas orelhas (surdez unilateral e bilateral), além de problemas congênitos no quadril. Ao menor sinal do dogo argentino mancando, um médico veterinário deve ser consultado.

Alguns problemas nos olhos também podem aparecer no dogo argentino, em especial, nos indivíduos mais idosos. Para a qualidade de vida do seu pet indicamos muito carinho, estímulo e passeios. O exercício diário é fundamental para que ele apresente um comportamento mais amigável. Os veterinários indicam que eles percorram cerca de dois quilômetros por dia.

Curiosidades Sobre a Raça

Confira algumas curiosidades sobre o dogo argentino:

  • A palavra “dogo” vem do inglês “dogue”. Possui o significado de cão poderoso e muito forte.
  • A raça é muito nova e foi reconhecida como oficial apenas no ano de 1985.
  • Ter um cachorro dentro de casa é sinônimo de muito amor e companhia incondicional. Portanto, se você está pensando em adquirir um cão, pense que antes de comprar você pode adotar aqueles bichinhos que foram abandonados e encontram-se em  abrigos e ONGs.
Dogo Argentino Correndo na Praia

Você já conhecia o dogo argentino?  Conta para a gente o que achou da história dessa raça! Se você possui um cão dessa espécie também não deixe de nos mandar um comentário contando da relação que você tem com o seu bichinho, ok? Aproveite e acompanhe novos conteúdos sobre cães aqui no Mundo Ecologia. Até a próxima!

Veja também

Pet Terapia

O Que é Pet Terapia?

Hoje vamos falar um pouco sobre a pet terapia, você conhece? Pois é, essa terapia …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.