Home / Animais / Crustáceos: Curiosidades e Fatos Interessantes

Crustáceos: Curiosidades e Fatos Interessantes

Os crustáceos são animais marinhos que podem medir de 1 centímetro até 3 metros e 80 centímetros, e a maioria deles possui maior parentesco com insetos terrestres do que com outros tipos de animais, até mesmo outros tipos de crustáceos.

Atualmente, estudos indicam que cerca de 67.ooo espécies de crustáceos habitam as águas do planeta Terra, e todos eles possuem exoesqueleto, que é uma carapaça que precisa ser constantemente renovada, fazendo com que os crustáceos evoluam e atinjam maturidade.

Observe alguns dos principais crustáceos conhecidos pelas pessoas:

LAGOSTAS

– Lagosta-sapata

Lagosta Sapata

– Lagosta-cabo-verde

Lagosta Cabo Verde

– Lagosta-branca

Lagosta Branca

– Lagosta-vermelha

Lagosta Vermelha

CAMARÕES

– Camarão-d`água-doce

Camarão D`Água Doce

– Camarão-da-malásia

Camarão da Malásia

– Camarão-de-estalo

Camarão de Estalo

– Camarão-mouro

Camarão Mouro

– Camarão-branco

Camarão Branco

– Camarão-de-patas-brancas

Camarão de Patas Brancas

– Camarão-de-sete-barbas

Camarão de Sete Barbas

– Camarão-limpador

Camarão Limpador

– Camarão-rosa

Camarão Rosa

– Camarão-de-concha

Camarão de Concha

– Camarão-do-rio-são-Francisco (camarão de água doce)

Camarão do Rio São Francisco

SIRIS

– Siri-chita

Siri Chita

– Siri-açú

Siri Açú

– Siri-chinga

Siri Chinga

– Siri-da-areia

Siri da Areia

– Siri-do-mangue

Siri do Mangue

CARANGUEJOS

– Caranguejo-azul

Caranguejo Azul

– Caranguejo-aranha-gigante

Caranguejo Aranha Gigante

– Caranguejo-uça

Caranguejo Uça

– Caranguejo-amarelo

Caranguejo Amarelo

– Caranguejo-do-rio

Caranguejo do Rio

– Caranguejo-chama-maré

Caranguejo Chama Maré
  • CRACAS
Cracas
  • TATUÍS
Tatuís
  • PERCEBES
Percebes
  • PULGA DA ÁGUA
Pulga da Água
  • TATUZINHO DE JARDIM (ISÓPODE)
Tatuzinho de Jardim
  • BICHO-DA-CONTA
Bicho da Conta

Apesar de ser quase unânime, ainda existe espécies de crustáceos que não são marinhos, tais como o Bicho-da-Conta (Armadillidium vulgare) e os caranguejos terrestres. O Bicho-da-Conta, também pode ser chamado de porquinhos-de-Santo-Antão, tatuzinhos, tatus-bolas, tatuzinhos-de-jardim, camarões-terrestres, tatu-bolinha ou porca-saras. Não obstante, milhares de espécies de crustáceos são parasíticos, isto é, vivem como plânctons, sustentando a vida marinha em grande escala.

Os artrópodes são essenciais para o controle da cadeia alimentar, servindo de alimento para inúmeros outros animais, além de ser bastante consumido pelo homem também, onde muitas pessoas tiram seus sustentos através da pesca e venda de crustáceos.

Curiosidades Sobre os Crustáceos

O nome crustáceo vem do latim, crusta, que significa carapaça dura, e essa carapaça, até se formar, passará por vários processos, onde cada fase o crustáceo trocará seu exoesqueleto até formar sua carapaça definitiva.

O corpo dos crustáceos, em quase todos os casos, são formados por três partes: a cabeça (cephalon), o tórax (pereon) e o abdômen (pleon). Quando a cabeça e o tórax se fundem, são chamados de cefalotórax (isso ocorre nas aranhas, por exemplo), e as ligações entre os membros possui forma anelada, composta for vários nutrientes e apêndices (antenas, mandíbulas, maxilares, pereópodes, maxilípedes) que interligam e ramificam a sua estrutura anatômica.

A maioria dos crustáceos são separados pela sexualidade, se reproduzindo, consequentemente, de forma sexuada, isto é, o macho e a fêmea precisarão se juntar para que perpetuem a espécie.

Alguns crustáceos também podem ser hermafroditas, como a classe Cerripedia e Remipedia, além de algumas espécies de cavalos marinhos.

Alguns crustáceos também são partenogenéticos, isto é, a fêmea consegue produzir ovos por conta própria, sem a necessidade de um macho para fertiliza-la. Isso ocorre comumente com os branquiópodes, Ostracodes e Isópodos. Uma espécie diferente dessas bentônicos e parasíticas, é o Procambarus fallax f. virginalis, que também pode ter uma reprodução através da partenogênese.

Fatos Interessantes Sobre os Crustáceos

A maioria dos crustáceos, ao depositarem seus ovos, podem fazer com que o mesmo fiquem presos a suas carapaças ou presas em outros locais, através de uma espessa espuma que leva cerca de duas horas para ser criada pelos artrópodes, assim como o caranguejo faz.

Os profissionais que desejam se especializar nos estudos dos crustáceos, podem ser futuros carcinologistas, e estudarão a carcinologia, que é um ramo na zoologia/biologia.

Como foi abordado anteriormente, no começo do artigo, os crustáceos podem ser dos menores até os maiores, e nesse sentido, existe o menor crustáceo existente no planeta, que é o Stygotantulus stocki, possuindo 1 micrometro, e do lado oposto, existe o Pseudocarcinus gigas, chamado de caranguejo-rainha, ou caranguejo-gigante-da-tasmânia.

Não obstante o caranguejo-rainha, ainda existe o Macrocheira kaempferi, também conhecido como caranguejo-gigante-japonês ou caranguejo-aranha-gigante, medindo até 3,8 metros.

Os crustáceos, independente de tamanho, sempre possuem a mesma alimentação, baseada em plânctons ou outros animais de menor porte, como outros crustáceos, peixes e até mesmo algas.

 

Veja também

Araçari-Miudinho ou Araçari-Limão: Características e Fotos

 Quem já viu um a araçari-miudinho não esquece jamais! Uma ave multicolorida que também  é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *