Home / Animais / Corcova Do Camelo: Para Que Serve?

Corcova Do Camelo: Para Que Serve?

O camelo é um animal muito antigo e que é muito famoso pelo mundo. Especialmente pela sua estrutura física, o modo em que vive e também as suas famosas corcovas. Apesar de não termos esse animal no nosso país, um dos motivos para irmos para países bem longes são eles. Suas particularidades são muitas, mas em especial sobre sua corcova. E é sobre ela que iremos falar no post de hoje, mostrando para que ela serve. Continue lendo para aprender mais!

Características Gerais do Camelo

Os camelos fazem parte dos ungulados artiodáctilos, que possuem um par de dedos em cada pata. Existem atualmente duas espécies de camelos: o Camelus dromedarius (ou dromedário) e o Camelus bactrianus (ou camelo bactriano, simplesmente camelo). Esse gênero é nativo das áreas de clima desértico e seco da Ásia, e são conhecidos e domesticados pela humanidade há milhares de anos! Fornecem desde leite até carne para o consumo humano, e também servem como transporte.

Os parentes do camelo de família são todos sul-americanos: a lhama, alpaca, guanaco e a vicunha. Seu nome camelo vem da palavra grega kamelos, que surgiu do hebraico ou fenício, que significa uma raiz que é capaz de aguentar muito peso. Apesar de os camelos mais antigos não terem se desenvolvido por aqui, os modernos a partir das evidências fósseis foram desenvolvidos na América do Norte, mais ou menos no período Paleogeno. Depois indo para a Ásia e para a África, em especial no norte do continente.

Atualmente só existem duas espécies de camelos existentes. Podemos encontrar mais de 13 milhões deles por aí, porém, não são mais considerados animais selvagens há muito tempo. Existe apenas uma única população selvagem que é considerada, com mais ou menos 32 mil indivíduos pelo deserto da Austrália central, descendentes dos outros que conseguiram escapar para lá no século 19.

As características físicas desses animais são várias. A sua coloração pode ser entre o branco até o castanho escuro, com algumas variações pelo corpo. São animais de grande porte, podendo passar de 2 metros e meio de comprimento, e pesando quase uma tonelada! Seu pescoço é longo, e possuem uma cauda de em torno de meio metro. Não possuem cascos, e seus pés, que caracterizam seu gênero, com dois dedos em cada e unhas grandes e fortes. Apesar da falta de casco, eles possuem a sola das patas achatadas e almofadadas. Eles podem alcançar até 65 quilômetros por hora em uma fuga.

Camelo Com o Filhote
Camelo Com o Filhote

No rosto possuem uma crina e barba. Os seus hábitos são herbívoros, ou seja, não se alimentam de outros. Costumam viver em bandos de quantidade variada de indivíduos, dependendo do local em que vivem. Seu corpo é capaz de suportar temperaturas extremas, tanto no frio, quanto para o quente, e em intervalos de tempo pequenos um do outro. Para passar por isso, o organismo é capaz de perder até 100 litros de água de seus tecidos corporais, sem afetar de qualquer forma a sua saúde. Até hoje são muito utilizados no deserto para transporte, por não precisarem ficar parando toda hora para beber água.

Os camelos alcançam a maturidade sexual aos cinco anos, e logo começam a reprodução. A gestação dura quase um ano, originando apenas um único filhote, raramente dois, que possui uma corcova bem pequena e a pelagem espessa. Sua expectativa de vida pode chegar e passar dos cinquenta anos de idade. Quanto a sua defesa, o camelo costuma ser um tanto ríspido. Ao se sentirem ameaçados podem cuspir, desde saliva até outros conteúdos do estômago, e também morder.

Classificação Científica Do Camelo

Veja a seguir a classificação científica do camelo, que vai desde categorias mais abrangentes para as mais específicas:

  • Reino: Animalia (animal);
  • Filo: Chordata (cordado);
  • Classe: Mammalia (mamífero);
  • Ordem: Artiodactyla;
  • Subordem: Tylopoda;
  • Família: Camelidae;
  • Espécies: Camelus bactrianus; Camelus dromedarius; Camelus gigas (extinto); Camelus hesternus (extinto); Camelus moreli (extinto); Camelus sivalensis (extinto).

Corcova Do Camelo: Para Que Serve?

A corcova do camelo é uma das partes que mais chama a atenção das pessoas ao redor, tanto pela sua estrutura quanto pelos mitos sobre do que ela é realmente feita. O primeiro mito, que muitas pessoas acreditam ser verdade desde pequenas é que as corcovas armazenam água. Esse fato é bem errado, mas a corcova segue sendo um local de armazenamento. Porém de gordura! As suas reservas de gordura permitem que eles consigam passar um bom tempo viajando por longas distâncias sem precisar se alimentar o tempo todo. Nessas corcovas, os camelos conseguem armazenar mais de 35 quilos de gordura! E quando enfim consegue consumi-la toda, essas corcovas murcham, ficando até caidinhas dependendo do estado. Se alimentando bem e estando descansado, elas começam a voltar ao normal com o tempo.

Camelo se Alimentando
Camelo se Alimentando

Mas então o camelo não é capaz de armazenar água? Nas corcovas não! Mas, conseguem beber muita água de vez, em torno de 75 litros! Em alguns casos, podem chegar a beber em uma única vez até 200 litros de água. Mantendo assim, um bom tempo sem precisar beber novamente. Em relação as corcovas não nascem já com os filhotes de camelos, mas se desenvolvem quando crescem um pouco e começam a se alimentar de comidas sólidas. Elas podem ser uma grande ajuda para diferenciar os camelos dos dromedários, pois são diferentes em cada uma das espécies.  Os dromedários só possuem uma corcova, enquanto que os camelos possuem duas! Há outras diferenças entre eles, como o dromedário ter pelos mais curtos e patas mais curtas também!

Esperamos que o post tenha te ajudado a aprender e entender um pouco mais sobre o camelo e também em relação a sua corcova, e para que ela serve. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajuda-los. Você pode ler mais sobre camelos e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Chihuahua Cores Raras – Quais São? Onde Encontrar?

A raça do cão Chihuahua tem muitos tamanhos e formas diferentes, mas o que mostra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *