Home / Animais / Comportamento da Lagartixa, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Comportamento da Lagartixa, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Quem nunca encontrou uma pequena lagartixa escalando as paredes dentro de casa? Esse animal é um morador muito frequente das residências e, embora sejam inofensivo,  causa  pavor em muitas pessoas. No artigo de hoje vamos conhecer um pouco sobre as características desse animal. Preparado?

Características das Lagartixas

Os animais têm origem no continente africano e tem os Geconídeos como família.  São répteis que possuem o corpo escamado e assemelham-se um pouco com os lagartos.  As lagartixas têm um papel muito importante no controle de pragas, pois se alimentam de alguns insetos que causam muito incomodo para os seres humanos.

Elas se adaptam muito bem em climas quentes e temperados e o nome lagartixa vem do termo “lagartija”, em castelhano. Os pequenos animais podem receber nomes diversos a depender da localidade, alguns deles são: tarupiras, osgas, bibas, catongas e outras dezenas de nomes.

A espécie mais conhecida por nós é a lagartixa doméstica que possui o nome científico de Hemidactylus mabouia. Elas não medem mais que 20 centímetros e são encontrar em locais que acumulam umidade, como é o caso das cozinhas, banheiros e lavanderias. Lembrando mais uma vez que a lagartixa não oferece nenhuma ameaça para os seres humanos.

Os machos possuem algumas manchas escuras na parte das costas e as fêmeas apresentam linhas cruzadas na mesma região do corpo.  O animal possui uma língua com auxilia o bicho em diversas atividades sensoriais.

Modo de Vida e Reprodução da Lagartixa

São animais ovíparos e, portanto, se reproduzem por meio de ovos. Durante um ano podem dar origem a até duas ninhadas com dois ovos em cada. A gestação dura cerca de 80 dias e os ovos são depositados em árvores quando os animais vivem no ambiente selvagem. Já quando habitam os ambientes domésticos, as lagartixas colocam seus ovos em buracos e frestas que possuem umidade.

As lagartixas possuem uma visão noturna muito boa e executam a maior partes das suas atividades no período da noite. Quando comparada com a visão humana, a visão da lagartixa pode ser mais de trezentas vezes mais sensível à luz. Inacreditável, não é?

Lagartixa na Parede
Lagartixa na Parede

Devido a presença de pequenas cerdas em suas patas, elas podem grudar de forma muito firme nas paredes. É exatamente esse característica que faz o animal ficar preso fortemente em diversas superfícies.

Uma curiosidade interessante é que o animal pode “soltar” a cauda para tentar enganar os seus inimigos. Assim, a cauda é “liberada” e a lagartixa foge para longe de seus predadores. Ao detectarem que o perigo passou, elas voltam no local onde deixaram a cauda e a comem (sim, é isso mesmo que você acabou de ler!) A cauda possui nutrientes essenciais para o desenvolvimento da lagartixa. A ciência chama esse impressionante recurso de “autonomia caudal”. Inacreditável, não é?

Hábitos e Curiosidades do Animal

Todas as vezes que perdem a cauda, a lagartixa ganha uma nova que possui apenas cartilagem e não mais ossos de verdade. Além desse curioso fenômeno, elas também são capazes de realizar camuflagem e  emitir alguns sons.

Com relação aos hábitos alimentares a lagartixa costumar ser bem flexível e diversificada. Pode comer diversos insetos como baratas, aranhas, e não dispensam escorpiões e outros bichos. Por esse motivo são uma excelente forma natural de combater pragas domésticas.

Com o cair da luz do sol, as lagartixas começam a sua caça por alimentos. Algumas podem optar por comer carne e atacam alguns roedores de menor porte, mas a maior parte costuma optar por insetos para as suas refeições.

Em algumas situações elas possuem o hábito de utilizar a própria a cauda como uma espécie de reserva em situações emergências quando falta comida ou até mesmo quando estão no período de hibernação. São animais que possuem sangue frio e precisam sempre entrar em contato como sol para realizar o aquecimento corporal.  Outro hábito interessante é que elas conseguem passar horas imóveis com apenas com a barriga latejando.

Importância da Lagartixa

Como já foi dito, as lagartixas realizam um importante trabalho de controle de aranhas e mosquitos que transmitem doenças (como por exemplo o mosquito da dengue e da febre amarela). Portanto, a lagartixa além de inofensiva pode ser uma boa amiga para os seres humanos. É importante destacar também que além delas não transmitirem nenhuma doença para nós são também importantíssimas para o controle do ecossistema.

Existem diversas espécies do animal em todas as partes do mundo. São tamanhos, cores e hábitos distintos. Dentre as mais conhecidas podemos citar: a lagartixa gato, a lagartixa verde, a lagartixa doméstica, a lagartixa de cabeça amarela, a lagartixa gato, lagartixa de cauda azul, Gold Dust , Tokay, dentre inúmeras  subespécies que ainda estão sendo catalogadas pelos estudos.

Assim, esperamos que esse artigo tenha contribuído para que você conhecesse um pouco mais sobre o comportamento hábitos e modo de vida desse animal. Dessa forma, ninguém precisa mais querer matar, ter nojo ou até mesmo ter medo das lagartixas, já que elas são tão úteis para os nossos lares.

Ficamos por aqui e convidamos para que você deixe um comentário, dúvida ou sugestão no espaço logo abaixo. Conta para a gente: você já conhecia algumas dessas curiosidades sobre as lagartixas? Já imaginava que ela tinha essa importância para os seres humanos? Não esqueça de visitar sempre a nossa página para conhecer sempre um pouco mais sobre o mundo das plantas, animais e natureza em geral. Esperamos te encontrar me breve! Até mais!

Veja também

Pode Dar Fígado de Boi Para Cachorro?

Os cachorros são os animais de estimação preferidos em todo o mundo. Seu sendo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *