Home / Animais / Comportamento da Doninha, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Comportamento da Doninha, Hábitos e Modo de Vida do Animal

A doninha é um pequeno animal que se alimenta de carne. No artigo de hoje vamos falar sobre esse pequeno bicho que de fofinho possui somente a aparência. Continue acompanhando e conheça as características deste integrante do reino animal!

Características da Doninha

A doninha (nome científico Mustela nivalis) é um dos menores animais carnívoros. Seu corpo é fino, longo e ela possui cabeça, orelhas e focinho pequenos. De forma geral, as fêmeas são menores e não chegam a medir vinte centímetros de comprimento. Com uma cauda pequena, o animal se destaca pela sua agilidade e sua pelagem em tons avermelhados.

Atualmente, não é considerada um animal ameaçado de extinção e sua caça só é realizada em situações específicas. As doninhas possuem como presas alguns tipos de roedores como ratos, além de aves, sapos, insetos e alguns tipos de repteis.

De forma geral, a reprodução do animal acontece no primeiro semestre do ano. A gestação dura um pouco mais que um mês e da origem a no máximo seis filhotes de doninha. Como são mamíferos, os filhotes permanecem sendo alimentados pelas suas mamães e apenas com 3 meses os pequeninos já começam a aprender a conseguir o próprio alimento pela caça.

Por volta dos quatro meses, elas já atingem a maturidade sexual e estão preparadas para o acasalamento. Um fato interessante é que as doninhas “guardam” a pelagem das suas presas para construir ninhos mais confortáveis para os seus filhotes.

Habitat da Doninha

Podem ser encontradas em praticamente todos os continentes do mundo. Um dado interessante é que a espécie foi disseminada na Oceania para conter o desenvolvimento desenfreado de coelhos e outros tipos de roedores. Em Portugal, por exemplo, é possível encontrar doninha em praticamente todas as regiões do país. Elas também têm como habitat natural alguns países da África, Ásia e América do Norte.

Não costumam andar em grupos e possuem hábitos noturnos e diurnos. Mesmo possuindo uma grande capacidade de reprodução, a espécie tem uma forte tendência a perder indivíduos nos primeiros meses de vida.

São rápidas e podem facilmente se esconder em buracos bem pequenos. Muitas vezes as doninhas se escondem dentro do abrigo de algumas de suas presas e conseguem distraí-los sem grandes dificuldades. São bem espertinhas, não é verdade?

Modo de Vida e Hábitos

A audição e o olfato desse pequeno carnívoro são muito eficientes. Não se deixe enganar pela aparência fofa da doninha, pois elas são agressivas e costumam atacar com muita força as suas presas. Você sabia que elas podem capturar animais que possuem quase cinco vezes o seu peso? Para completar o combo de crueldade da doninha contra suas presas, saiba que elas também possuem o hábito de beber o sangue de suas vítimas. Sinistro, não é?

Elas vivem aproximadamente por dois anos e podem ser chegar a completa mais de sete anos quando estão em cativeiro.

A pele do animal pode sofrer algumas modificações de acordo com a estação do ano. Assim, a pelagem pode aparentar mais fina durantes os meses do verão. A cor do pelo varia de acordo com a espécie da doninha. Algumas áreas do corpo como o rosto e a boca possuem manchas brancas. Outra característica muito marcante da doninha são seus dentes poderosos e afiados.

Doninha em Cativeiro
Doninha em Cativeiro

São animais territorialistas e defendem o seu local com muita força. Elas geralmente só são encontradas em grupo quando estão próximas do acasalamento. As doninhas também são excelentes saltadoras.

Utilizam as árvores com muita facilidade para se esconder de suas presas que podem ser: aves, cobras e gatos selvagens. Os filhotes são sempre mais vulneráveis pois ainda não sabem se defender e fugir dos predadores.

Outras Informações Sobre a Doninha

Atacam de forma silenciosa e cruel. Para isso, elas escalam arvores, cavam buracos e fazem tudo que é necessário para capturar a sua refeição. Dá para acreditar que além de todas essas habilidades, a doninha ainda consegue ser uma boa nadadora e pode atacar até mesmo nos ambientes aquáticos?

Seu ataque é mortal: com as patas da parte  de trás do corpo ela fazem a identificação da vítima. Com as patas da frente agarram a pobre presa e atacam mordendo o seu pescoço. Como um “vampiro”, a doninha bebe o sangue da presa e a leva para comer vagarosamente em outra oportunidade. Surpreendente, não é?

Doninha do Ártico
Doninha do Ártico

São animais que possuem um metabolismo muito rápido e necessitam comer durante muitas vezes durante o dia. Dentre os pratos favoritos estão: lebres, pombas, pássaros, ratos e coelhos. Também não dispensam ovos, os anfíbios e repteis de diversas espécies.

Ficha Técnica da Doninha

Confira algumas informações sistematizadas sobre esse pequeno animal. Veja:

  • Possuem o nome científico de Mustela.
  • Podem viver por até seis anos.
  • Possuem no máximo trinta e cinco centímetros e pesam duzentas gramas. Seu corpo é alongado e esbelto.
  • São carnívoros e podem capturar presas mais pesadas que o seu próprio corpo.
  • As espécies de doninhas mais conhecidas são: Doninha-anã, doninha siberiana, doninha europeia e arminho.
  • É um animal muito ativo e possui hábitos tanto diurnos quanto noturnos.

E você já tinha ouvido falar na doninha? Aproveite e nos deixe um comentário contando o que achou do nosso artigo. Caso tenha ficado alguma dúvida é só deixar logo abaixo, ok?

Agradecemos a visita ao Mundo Ecologia e aproveitamos para convidar você a acompanhar mais conteúdos diversificados sobre os animais, as plantas e a natureza em geral.  Que tal compartilhar esse conteúdo com seus amigos e a sua família? Até mais!

Veja também

O Que Acontece Se Quebrar o Casco da Tartaruga?

Os répteis são muito especiais e despertam a curiosidade nas pessoas. Assim, lagartos, camaleões, crocodilos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *