Home / Animais / Comportamento da Barata, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Comportamento da Barata, Hábitos e Modo de Vida do Animal

A barata é um dos insetos mais populosos do mundo e resistentes. É um inseto importante para o equilíbrio do meio-ambiente, mas com o seu crescimento desordenado, pode causar malefícios aos seres humanos e outros animais, como vetores de diversas bactérias, protozoário, vírus e vermes.

Calcula-se que há mais de 3 mil espécies diferentes de baratas. No Brasil, as três principais espécies que aqui vivem desse inseto são: Barata oriental, Barata de esgoto, Barata de cozinha.

Quer saber mais sobre esse curioso e temido inseto? Fique por aqui, conheça mais sobre o Comportamento da Barata, Hábitos e Modo de Vida do Animal!

Comportamento, Hábitos e Modo de Vida da Barata

  • Comportamento: as baratas, em geral, têm preferência por lugares que sejam úmidos e com temperaturas quentes. Por isso, pode se alojar tanto em  –   pedras, cascas de árvores, como em locais onde há entulhos – como as nossas casas – e nos esgotos.

Aliás, é bastante comum que esse inseto invada residência e locais onde haja fragmentos de alimentos, onde ele pode se alimentar. Ainda, algumas espécies, que são aquáticas ou semi-aquáticas, podem se alojar em lugares com água.

Um comportamento e habilidade das baratas é a sua capacidade de dobrar as suas antenas em mais de 150 º e flexionar o corpo para dentro. Isso faz com que elas permaneçam praticamente retas e, assim, conseguem ultrapassar as menores frestas. Já reparou que as baratas adentram nos locais mais vedados possíveis?

Outro comportamento a se destacar é o fato de a barata ser um dos insetos mais rápidos da natureza. As baratas podem chegar a desenvolver velocidades até 320 km em pouco espaço de tempo e é, exatamente por isso, que é tão difícil capturá-las!

  • Hábitos reprodutivos: os hábitos reprodutivos da barata também são curiosos. O macho procura a fêmea por meio do rastro de feromônios (hormônios de atração sexual do inseto).

Assim, quando o macho e a fêmea se encontram, o acasalamento se inicia por meio do contato entre as antenas das duas baratas. Em seguida, o macho abre as suas asas para mostrar à fêmea a sua glândula sexual, que dica na parte dorsal de seu abdômen.

A fêmea, então, se alimenta de uma secreção produzida pela glândula do macho. Assim, ocorre a copulação. Durante o ato sexual das baratas, o macho se vira a cerca de 180 º. O ato leva de 1 h a 2 h.

Os espermatozóides do macho – que, no caso, são chamados de espermatóforos – são transferidos para a barata fêmea. Os espermatóforos ficam guardados na fêmea, em um órgão chamado de espermateca.

Os óvulos fecundados vão se desenvolver dentro de ovos – o que leva de 10 a 20 dias, de acordo com a espécie de barata – para estarem prontos para eclodir.  Em geral, a maioria das espécies do inseto mantém os seus ovos maioria na chamada ooteca, que fica dentro do corpo. A progenitora expele os ovos já em processo de eclosão.

Mas, outras espécies de barata constroem ninhos seguros fora do corpo, até que eclodam sozinhos.

Já em relação à quantidade de ovos e, em conseqüência de filhotes, que uma barata dá origem varia muito de acordo com a espécie. As baratas podem colocar de 10 a 50 ovos!

  • Expectativa de vida: A expectativa da barata também varia, indo de 5  mês (após adultas) até 2 ou 3 anos.
  • Hábitos alimentares: os hábitos alimentares das baratas são bem abrangentes. A maior parte das baratas se alimenta desde frutas, restos de alimentos e fezes até de coisas inorgânicas, como papeis, areia e outros. Esse inseto necessita de pouca água para sobreviver. Uma barata pode ficar meses sem ingerir uma gota se quer de água, sem prejudicar a sua sobrevivência.
  • Modo de vida: a barata tem, essencialmente, hábitos noturnos – sobretudo aquelas que vivem em ambientes urbanos. E é nos ambientes urbanos que as baratas mais se acasalam e até compõem ninhos. No entanto, algumas espécies de barata são diurnas. Essas são, normalmente, tem o corpo multicolorido e vivem em árvores (arborícolas).

Algumas Curiosidades Sobre as Baratas

  • A antena é o principal órgão pelo qual a barata se guia, além de detectar gostos, toques e cheiros.
  • Atenção! Você sabia que para cada barata que você encontra de surpresa pode haver mais de 100 delas escondidas? É preciso encontrar o ninho para se livrar delas!
  • Calcula-se que para cada ser humano do mundo existam de 200 a 500 baratas.
  • A espécie mais comum e numerosa de barata e Periplaneta americana – conhecida popularmente como a barata americana. Ela possui, aproximadamente, 30 mm de comprimento.
  • Cerca de 70% do tempo, a barata fica em estado inerte e de descanso.
  • Atenção! Como a maior parte das baratas tem hábitos noturnos, se você perceber a presença de uma delas em sua casa ou em outro ambiente durante o dia, tenha certeza de que o local está infestado por esses insetos!
  • Sabia que as únicas regiões do planeta que praticamente são isentas da presença de baratas é o Pólo Sul e o Pólo Norte? Isso porque, como já mencionado, as baratas apreciam o clima quente e ameno e com o extremo frio de tais localidades, esses insetos dificilmente sobrevivem.

Doenças Transmitidas Pelas Baratas

Agora que sabemos muito sobre o Comportamento da Barata, Hábitos e Modo de Vida do Animal e outras informações curiosas e relevantes, veja as principais doenças que esse inseto pode transmitir.

  • Hepatite A: doença é transmitida pelo inseto ao seres humanos. As formas de contágio é a ingestão de alimentos ou líquidos por onde uma barata contaminada passou. A doença atinge, sobretudo, o fígado.
  • Febre tifóide: mais uma doença que ataca o ser humano. É transmitida pela ingestão de líquidos contaminados por baratas infectadas ainda, pode ser transmitida por beijo. É preciso tratamento, pois pode prejudicar os pulmões e o aparelho digestor.

Vale ressaltar que além dessas doenças transmitidas pela barata, o inseto ainda pode passar mais de 30 doenças bacterianas, fúngicas e virais, como: herpes, cólera, conjuntivite e muitas outras.

Classificação Científica Oficial  da Barata

  • Reino: Animalia
  • Filo: Arthropoda
  • Classe: Insecta
  • Subclasse: Pterygota
  • Infraclasse: Neoptera
  • Ordem: Blattodea
  • Subordem: Blattaria
  • Famílias: Blattidae, Blaberidae, Cryptocercidae, Corydiidae, Ectobiidae, Nocticolidae, Lamproblattidae, Tryonicidae.
  • Espécie: mais de 3 mil.

Veja também

Tudo Sobre a Raça de Cachorro Pug: Características e Fotos

Tudo o que podemos falar sobre a raça de cachorro pug é que ela é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *