Home / Animais / Como Criar um Pitbull Manso? Como Adestrar Para Ataque?

Como Criar um Pitbull Manso? Como Adestrar Para Ataque?

Criar pitbull em muitos países é contra a lei ou envolve sérias restrições ao dono. O cão tornou-se muito popular a partir do final do século 20 apesar de já existir desde o início do século 19, lá pelos primórdios de 1800 e pouquinho.

Pitbull: Manso Ou Feroz?

A melhor resposta direta que se pode dar a essa pergunta é essa: o cão pitbull é como qualquer outra raça de cão; ele se tornará aquilo que for condicionado a ser por seus criadores. Se analisarmos o histórico de vida da raça, vamos notar que os cães pitbull foram desenvolvidos basicamente para rinha de cães.

Eles tiveram sua origem da raça bull e terrier que também já era condicionado pra esses combates violentos entre cães em torneios e jogos. Com efeito, a raça do pitbull foi desenvolvida pra oferecer maior força e resistência nesses combates e a ferocidade guerreira dessa raça era muito apreciada.

Apesar do pitbull ser tenaz e determinado num combate, os criadores daquela época tiveram o cuidado de selecionar cães pitbull que também apresentassem qualidades e traços amorosos. Isso porque eles mesmos tinham medos de ser atacados pelos cães na hora de alimentá-los, por exemplo.

Por isso nos momentos de reprodução seletiva ou abate, a preferência invariavelmente era para aqueles cães que demonstrassem maior inibição ao confrontar humanos. O interesse é que fossem agressivos só com outros animais mas com humanos se retraíssem ou se comportavam amistosamente. Cães pitbull que contrariassem essa regra eram geralmente abatidos.

Principalmente depois que as lutas começaram a ser proibidas por todo o mundo, o cão pitbull teve a oportunidade de mostrar sua índole dócil e grandemente amistosa. O pitbull é tão amoroso e simpático que chega a ser um cão não recomendado como guardião de propriedades, por exemplo.

Isso porque o pitbull tende a ser simpático demais até mesmo com estranhos, o que não é exatamente uma boa característica pra quem deseja um cão alerta com possíveis aproximações ameaçadoras de estranhos em sua propriedade. A natureza agressiva do pitbull é quase que restrita apenas a outros cães e não a humanos.

Existe Pitbull Manso?

Principalmente no início dos anos de 1840, quando as lutas de cães quase foram erradicadas, os cães pitbull começaram a assumir papéis diversos na sociedade. Foram usados no pastoreio e proteção de rebanhos e passaram a ser cães de casa. Acompanhavam os homens nas caçadas ou no abate de porcos e gado. O comportamento leal e amoroso do pitbull com os seres humanos, especialmente as crianças era muito apreciado.

Para exemplificar, pode se encontrar diversos situações na história e mesmo na mídia em que esse cão se revelou simpático. Para exemplificar, talvez você conheça uma aventura infantil chamada ‘Os Batutinhas’. Os mais antigos talvez já conheçam desde a série televisiva da década de 50 (já existia no cinema antes disso).

Os Batutinhas
Os Batutinhas

Os mais novos talvez saibam do que estamos falando pela regravação feita pra o cinema em 1994 produzido pela Universal Pictures. Tanto o filme como a série conta a história sempre muito hilária de uma gangue de crianças que se envolvem em uma série de situações aventureiras e divertidas, a maioria delas protagonizada pelo menino ‘Batatinha”, o líder do grupo, e seu melhor amigo “Espeto’.

Porque estamos falando disso? Porque em todas as produções dessas histórias, para o cinema ou para a televisão, havia um personagem inusitado pouco destacado mas não menos simpático e fofo: o cão Petey (ou Pete the Pup). O que tem isso de importante? Em todas as produções, mesmo na mais recente, o cão dócil e engraçado com a marca circular envolvendo o seu olho direito era sempre um cão da raça pitbull.

Como Criar Um Pitbull Manso?

Baseado no que relatamos até aqui, portanto, não há motivo nenhum pra uma família, mesmo com crianças pequenas obter uma espécie dessa raça como animais de estimação. Não importa o quanto cresçam fortes e musculosos, com aquela cabeça pesada e de mandíbulas firmes, esse cão é um amor.

O ideal aconselhado é que escolha sempre um filhotinho, para que assim você já possa discipliná-lo em um ambiente amoroso e carinhoso desde pequeno, e assim moldar sua personalidade para desenvolver essas características. Esse conselho já é assim oferecido ao se adquirir quaisquer espécies de cães.

O cão tende a desenvolver características que lhe forem condicionadas no ambiente em que vive. Se você criar seu pitbull, portanto, num ambiente de crianças regado de amor e carinho, é assim que seu cão irá crescer. Amoroso, carente de carinho e atenção e sempre muito manso e amigável.

Se a opção for somente de já adquirir um pitbull mais adulto, use todo o seu tempo disponível pra conhecer o cão e seu ambiente de criação. A aquisição de um animal já desenvolvido sempre envolve diversos critérios que precisam ser analisados como situação de saúde, comportamento, ambiente de criação, etc.

Como Adestrar Para Ataque?

Como já dissemos, o cão pitbull tende a ser muito simpático mesmo com estranhos e isso o desqualifica como um cão guardião. Mas isso não quer dizer que ele não possa ser um cão protetor, um cão de guarda. O pitbull é um cão muito inteligente e foi condicionado para obedecer ordens.

Sua estrutura corporal invariavelmente leve e musculosa o transforma num cão de combate perfeito, tanto que é muitas vezes usado como cão de táticas militares ou controle de rebanho. No quesito atacar, o pitbull revela-se um cão incansável e persistente, qualidades muito apreciadas mas que precisam de treinamento disciplinar.

Recomendamos o adestramento sempre com profissionais experientes, de preferência especialistas na raça. São eles que estão habilitados para lhe fornecer as diretrizes e comandos de domínio necessários para seu pitbull agir como ordenado. O pitbull é destemido e resistente. Ao atacar, o pitbull não recua facilmente.

Por isso, conseguir o controle de sua agressividade e mantê-lo submisso mesmo quando com sua adrenalina no auge da ferocidade é imprescindível e isso só quem realmente entende dessa raça pra lhe fornecer as orientações necessárias e infalíveis para treiná-lo. Em se tratando de ataque e combate, situações de risco, não procure o mais barato. Ofereça a seu cão treinamento de excelência pois há vidas em jogo!

Veja também

Pelicano

Quais São os Predadores do Pelicano e Seus Inimigos Naturais?

Pelicanos Nome científico: Pelecanus onocrotalus Classe: Aves Ordem: Pelacaniforme Família: Pelecanidae Países: América do Norte, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *