Home / Animais / Centopeia Doméstica é Perigosa? Qual a sua Importância?

Centopeia Doméstica é Perigosa? Qual a sua Importância?

Elas são pequeninos seres, mas são capazes de causar espanto em qualquer pessoa que a veja pela primeira vez. Mas será que tal espanto não é mera imaginação nossa? Realmente, a centopeia doméstica é perigosa?

Ocorre muito de pessoas se sentirem coagidas por animais que não são de nosso conhecimento, e claro, isso não acontece só com a centopeia, mas com inúmeros outros invertebrados, que vivem em meio aos humanos, mas que de tão pequenos, passam despercebidos por nós. E quando são avistados pela primeira vez, por total falta de conhecimento, muitas vezes são esmagados, pisoteados e tem a sua vida interrompida.

Nunca pise em uma centopeia! Não, não é por causa do seu veneno, nada disso. É por que simplesmente elas são fundamentais para os seres humanos. Por quê? Bom, confira a seguir!

O que é uma Centopeia?

Algo precisa ser esclarecido, muitos desconhecem a família das centopeias e acabam achando que elas são insetos, mas a verdade é outra, elas pertencem a outro grupo de invertebrados.

Os insetos não dispõem de tantas pernas quanto as centopeias, eles possuem no máximo 8. Enquanto as centopeias possuem de 15 a 100 pares de pernas. Outro fator que diferencia um ser vivo do outro é que as centopeias não são capazes de fechar seus espiráculos – pequenos furinhos localizados na lateral do corpo de insetos –, que o fecham para evitar a dessecação, e através do sistema de respiração traqueal utilizam para fazer a troca gasosa.

Existem inúmeras espécies de centopeias e lacraias, divididas em diferentes classes, ordem e gêneros. Existem desde as “domésticas” – as quais trataremos aqui –, até as Scolopendras, que são centopeias consideravelmente grandes (tamanho de um pé mais ou menos).

Elas são capazes de movimentar todas as pernas ao mesmo tempo, pois possuem determinadas células nervosas que são diretamente conectadas com os músculos; logo, ela consegue movimentar-se automaticamente, e muito rápido.

Como elas não fecham seus espiráculos, necessitam habitar lugares com alto teor de umidade e também necessitam do calor, sem esses dois fatores, elas são praticamente inativas.

A “centopeia doméstica” é um artrópode, dentro da classe Chilopoda, e é conhecida cientificamente como Scutigera Coleoptrata. Desta maneira, ela faz parte da Ordem dos Scutigemorpha, e do gênero Scutigera, a qual é composta por centopeias anamórficas, com o máximo de 15 segmentos corporais; suas pernas são compridas e finíssimas, além dos diversos tarsos.

Elas tiveram sua origem no Sul da Europa, mas devido ao pequeno tamanho, frequentemente eram transportadas por acidente para diversos outros continentes, que foi o que ocorreu na América do Sul, mais precisamente no Século XVIII, onde elas chegaram, procriaram e tiveram uma ótima adaptação (devido ao calor e a umidade).

Fato interessante é que ela proliferou-se com tanta voracidade e de maneira tão intensa, que hoje ela está em todos os cantos do mundo, em todos os continentes; e sim, elas sobreviveram, pois fazem o seu papel dentro do ecossistema em que vive.

Além de muito rápidas, estas centopeias ainda são capazes de aguentar quedas de alturas consideráveis. Além de possuírem antenas longas, multissegmentadas, juntamente com os olhos compostos. É uma característica das centopeias desta ordem.

E apesar da aparência peculiar, assustadora e nojenta, não se espante, e nem pense em mata-la – neste momento, deixe o chinelo de lado. Elas são fundamentais para o correto funcionamento do ecossistema onde vivem, e como também vivem em nosso meio, são totalmente de nosso interesse. Entenda agora por que você não deve interferir na vida da centopeia doméstica.

Centopeia Doméstica e a Sua Importância

Sim, elas são importantíssimas para todos nós, pois são ótimas reguladoras de ecossistemas, do controle e da quantidade de outros insetos, que se não existirem um predador, multiplicam-se demasiadamente e acabam infestando todos os nossos meios.

Os animais que ela se alimenta variam desde formigas, vermes, pequenos moluscos até baratas, grilos, aranhas e mosquitos.

Ou seja, ela é uma ótima aliada dos seres humanos, não um animal horripilante como muitos pensam. Se você não a deseja dentro de sua casa, coloque-a sobre uma pá, uma jarra, o mesmo um caderno e leva-a para fora, para o seu verdadeiro habitat, onde ela poderá fazer o seu trabalho de predador.

Sendo assim, vale mais uma centopeia inofensiva, que não faz mal para nós, do que milhares de formigas, baratas e outros insetos que afetam diretamente a higiene do nosso lar.

Inofensiva? Mas e o veneno que elas possuem? Então quer dizer que as centopeias domésticas não são perigosas? Explicaremos a seguir! Continue acompanhando.

Centopeia Doméstica é Perigosa?

O fato de elas possuírem veneno é o seguinte: Elas utilizam apenas para imobilizar suas presas e se alimentar. Quando ela libera o veneno na presa, imediatamente ela fica imobilizada e muito mais fácil de ser capturada. Sim, a centopeia degusta de suas presas quando elas ainda estão vivas, mas paralisadas.

E o veneno em contato com humanos? Acontece não podemos comparar o corpo de pequeninos seres como as baratas, grilos e formigas com o nosso. O veneno não nos afeta como nos outros animais. Nosso corpo além de muito maior, possui muitos sistemas de defesa e o veneno da centopeia, de fato, não é nada para nós.

Caso você seja picado por uma centopeia doméstica, logo notará que o local onde ocorreu a picada ficará vermelho e talvez tenha um pouco de coceira. Mas não é nada demais. É como uma picada de abelha ou vespa (só que menos intenso e menos doloroso).

Tal veneno está presente em todas as centopeias, esta é uma arma tanto de defesa, quanto de ataque para elas. É um veneno citotóxico, ou seja, que é capaz de destruir células ainda vivas. Ela injeta o veneno em suas presas através das garras de veneno que possui na parte posterior da cabeça.

Então antes de se assustar e achar que a centopeia doméstica é um animal asqueroso, nojento e que te prejudicará, pense duas vezes, informe seus amigos e familiares. Nós precisamos tanto destes animais quanto eles precisam de nós. E além de sua picada ser inofensiva, ela só ocorrerá caso o animal for incomodado em seu ambiente.

Veja também

Pug Chocolate, Tigrado, Prata e de Cores Exóticas com Fotos

É amplamente contestada às origens das cores não padronizadas presente nos pugs. Estes pugs, no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *