Home / Animais / Curiosidades Siri Animal e Fatos Interessantes

Curiosidades Siri Animal e Fatos Interessantes

Cada animal possui seu próprio habitat, que se diferencia de diversas formas, desde o clima quanto a sua vegetação. Nas áreas litorâneas, isso não muda muito. É normal que encontremos animais completamente interessantes vivendo somente naquele local, raramente sendo visto fora dele. Alguns deles são mais complicados de se ver, já outros, devido a sua proximidade e naturalidade com os humanos, é completamente frequente.

Um desses animais bem fáceis de serem vistos nas praias de água salgada, é o siri. O conhecemos principalmente pela sua semelhança com seu parente crustáceo, o caranguejo. Além disso, vem se tornando cada vez mais a fonte de renda de pescadores, fora um alimento presente na cultura dessas cidades. A maioria deles, fazendo parte do Nordeste brasileiro. Porém, com a ajuda da importação e de todos os cuidados, essa alimentação está se espalhando para áreas que não possuem praias ou locais habitáveis para esses animais.

E é sobre esses animais que iremos falar no post de hoje. Contaremos um pouco mais sobre as características do siri e também alguns fatos interessantes e curiosidades sobre ele. Continue lendo para descobrir coisas fascinantes sobre esse animal tão curioso.

Os Siris

O siri faz parte do grupo dos crustáceos, que também estão os caranguejos, camarão e lagosta. Apesar de conhecermos em maioria apenas uma ou duas espécies de siris, a realidade é que existem mais de 6.700 espécies conhecidas por todo o mundo, o que é uma quantidade absurda. Cada uma dessa espécies possui diferenciais em sua aparência física e morfológica.

A estrutura dos siris é bem semelhante a dos caranguejos, porém costumam ter um tamanho reduzido. Você pode encontrar siris que não chegam a nem ter centímetros de comprimento. A maior diferença entre eles e seus parentes, é que os siris possuem uma cauda curta, que faz com que eles sejam melhores nadadores que os caranguejos. Essa característica permite que os siris consigam ter uma zona bem maior de movimento.

Uma das principais características para ser considerado um crustáceo é possuir uma carapaça bem grossa feita de quitina. Ela fica em todo seu corpo e os protege de forma bastante eficiente, já que seus corpos costumam ser mais moles. Essa carapaça também é chamada de exoesqueleto. Outra forma de defesa e ataque são suas duas garras, que ficam no primeiro par de patas do animal.

Os siris são decápodes, logo, possuem dez pés, divididos em patas. Enquanto que o primeiro par é em formato de pinça, para pegar alimentos e também se defender, os outros são para conseguirem se locomover, e a cauda para nadar. Esses siris podem ser encontrados em lugares bem diferentes um do outro, e são achados em águas salgadas, doces e na terra. Nas águas, ele ainda prefere as mais rasas, e habitam algumas piscinas rochosas e/ou recifes de corais.

Se você ficou interessado nesse animal, você pode parar para ler mais sobre as características gerais do siri. Temos um post especial para isso, confira aqui: Características do Siri

Curiosidades do Siri animal e Fatos Interessantes

Como já deu para perceber esses animais são bem diferentes e interessantes. Suas características físicas já possuem suas próprias especialidades, mas seu comportamento também diz muito. A seguir vamos listar umas curiosidades e fatos interessantes sobre eles, para que você possa os conhecer ainda mais.

  • Os siris são invertebrados, ou seja, não possuem uma espinha dorsal;
  • Seus corpos são achatados, e possuem duas antenas;
  • A maioria dos caranguejos vive na área tropical;
  • Os siris são animais onívoros. Podem se alimentar de algas, moluscos, outros crustáceos, vermes, fungos, bactérias e até do material orgânico não vivo. Isso varia muito do habitat em que ele está inserido.
  • Os siris possuem respiração traqueal, por isso conseguem respirar tanto embaixo d’água, quanto no ambiente terrestre.
  • Após a reprodução, eles são capazes de depositar mais de 2 milhões de ovos em apenas duas semanas. Infelizmente, a maioria não sobrevive, mas o que sim, se transformam em larvas até alcançar o estágio final e virar um siri adulto.
  • O formato de suas patas que faz com que ele ande de lado. E para ele, isso não é uma coisa ruim, pois permite que vá mais rápido, e em junção da especialização de seus olhos, consiga sobreviver melhor.
  • Quando há um grupo de siris, ou no caso, o coletivo desses animais, o nome certo é cambada, assim como dos caranguejos.
  • A comunicação entre os siris é feita por bateção ou agitação de suas pinças. Raramente eles fazem algum barulho de outra forma.
  • Na época de acasalamento é comum ter muitas brigas entre siris machos, pois eles disputam pelas fêmeas e tocas.
  • Um fato interessante é que algumas espécies de siris são capazes de naturalmente amputar seus membros. Depois de quase um ano, esse membro se regenera como se nada tivesse acontecido.
  • Os seus olhos ficam em talhos, como se fossem pequenas antenas. Dessa forma, eles conseguem visualizar bem mais, aumentando o seu campo de visão.
  • Apesar de aparecerem comumente para os seres humanos, eles são facilmente assustados. Não costumam atacar a não ser que você entre em contato com ele ou algo semelhante. Na maioria das vezes, vão simplesmente correr e se esconder em suas tocas.
Siris Diversos
Siris Diversos

Esperamos que o post tenha te ajudado e ensinado um pouco mais sobre os siris, suas curiosidades e fatos interessantes. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajuda-los. Você pode ler mais sobre siris e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Porco Doméstico Mangalitsa no Brasil: Características e Fotos

No Brasil temos uma grande cultura de alimentação consumindo carne animal. Apesar de termos uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *