Home / Animais / Características do Cervo: ele é Carnívoro? Simbologia qual é?

Características do Cervo: ele é Carnívoro? Simbologia qual é?

Os cervos são animais mais interessantes do que poderíamos imaginar, indo além dele ter servido como inspiração para a animação “Bambi”, por exemplo. Afinal, ele é herbívoro ou carnívoro? Qual a simbologia que ele tem em algumas áreas do nosso conhecimento?

Essas, e outras dúvidas, responderemos a seguir.

Principais Características do Cervo

Também chamado de veado, o cervo é o único animal conhecido que desenvolve o que chamamos de galhadas, que são estruturas ósseas saídas de sua cabeça. Pertencente à família dos cervídeos, o cervo possui em torno de 30 espécies distintas, e entre elas, podemos citar o veado campeiro, o cervo do pantanal (também chamado de veado galheiro), o alce, o uapiti e a famosa rena (ou caribu).

Sendo nativos da Europa, da Ásia, da América do Norte, da América do Sul e do norte da África, os cervos foram levados para a Austrália, para a Nova Zelândia, e para outras regiões de outro continentes pelo homem. A vantagem desses animais é que eles podem viver em diversos ambientes possíveis, como florestas, pântanos, desertos e até tundras.

Aspectos Físicos

Boa parte dos cervos possuem praticamente as mesmas características quanto aos seus componentes físicos. Basicamente, possuem grandes orelhas, rabos pequenos e pernas muito longas e finas. Já cada um dos seus pés possuem dois cascos pequenos, e mais dois grandes. A pelagem, por sua vez, costuma ser marrom e lisa, com algumas áreas brancas no peito e na região da garganta. Nas estações mais frias, algumas espécies possuem a pelagem um pouco mais espessa.

O menor cervo do mundo vive na Cordilheira dos Andes, na América do Sul, e se chama pudu, possuindo cerca de 30 cm de altura apenas. Já a maior espécie existente de cervo é o alce, podendo chegar a 2,1 m na altura dos ombros. No entanto, as fêmeas costumam ser menores do que os machos.

Características do Cervo
Características do Cervo

Outra característica física que é bem marcante nos cervos é que, na maioria das espécies, os machos desenvolvem as famosas galhadas. De maneira excepcional, as fêmeas das renas podem, eventualmente, desenvolver galhadas também. Os machos usam essas estruturas ósseas, basicamente, para brigarem entre si, com o intuito de conquistarem as fêmeas na época do acasalamento. Interessante que esses animais perdem as suas galhadas, essas mesmas nascem ano após ano.

Mas, Afinal, os Cervos são Herbívoros ou Carnívoros?

Caso você encontre um cervo, não se preocupe em ser devorado, já que esses animais são completamente herbívoros. Eles apenas de alimentam de plantas, como, por exemplo, como líquens, ramos e cascas de árvores. Nesse sentido, são ruminantes, pois mastigam o alimento, engolem, e depois trazem de volta do estômago para mastigarem novamente. É então que eles finalmente engolem a massa de comida em definitivo.

A única preocupação que você tem que ter ao encontrar um animal desses é não ser ferido em decorrência de suas galhadas, principalmente, se for um cervo de grande porte, como os alces. De resto, não oferecem perigo algum aos seres humanos. Ao contrário: nós é que matamos, ano após ano, muito cervos, especificamente, com a caça predatória.

Comportamento dos Cervos e sua Relação com os Humanos

Esses animais até que são sociáveis uns com os outros, vivendo em pequenos grupos familiares, muito embora, certos cervos machos passem algum tempo sozinhos de vez em quando. Inclusive, nos climas mais quentes onde habitam, eles acasalam em qualquer época do ano, independente da estação. Já nas regiões mais frias, eles só acasalam no outono e no inverno. As fêmeas, por sinal, costumam ter de um a três filhotes, que só se tornam adultos entre um e três anos de idade.

Desde a época em que vivíamos nas cavernas, caçamos cervos para nos alimentar de sua carne, além de usar o seu couro e sua galhada para outras finalidades. No entanto, com o passar do tempo, a caça ao cervo passou de necessidade de sobrevivência a “esporte”, especialmente nos EUA, onde a caça a esses animais virou um passatempo popular. Em outros lugares, no entanto, a caça é feita para controlar a população desses animais no lugar. Só lembrando, no entanto, que a caça a animais silvestres no Brasil, por enquanto, é proibida por lei. Não é à toa, portanto, que em alguns lugares do mundo o cervo é um animal ameaçado de extinção, o que se dá também por conta do desmatamento de seu habitat natural.

Simbologias do Cervo

Está aqui um animal repleto de simbologias, nas mais diversas áreas, inclusive, na religião. O cervo (assim como outros seres semelhantes a ele) representa a pureza, a liberdade, a fecundidade e a vida. Ele está diretamente associado à renovação cíclica da natureza, e ao renascimento do universo, do sol e do próprio homem. Não é à toa, por exemplo, que ele é quem conduz à luz divina, sendo um mediador entre o céu e a terra.

A figura simbólica do cervo pode ser encontrada tanto no Cristianismo, quanto no Islamismo, além de muitas doutrinas espirituais do Oriente. As suas galhas são comumente associadas à Árvore da Vida, como ocorre, por exemplo, entre os índios norte-americanos. A pele desse animal, inclusive, é considerada sagrada em muitas culturas, sendo usada para representar divindades, como é o caso do Deus Sol.

Além de tudo isso, o cervo também está ligado à ideia de liberdade e velocidade. Nas Antiguidades clássicas grega e romana, por exemplo, esse era o animal da deusa Diana. Os cervos também estão presentes nas mitologias celtas, simbolizando longevidade e abundância, como acontece na representação do deus Cernunnos, que possui uma cabeça de cervo. Já na Irlanda, conta-se a lenda de que São Patrício se transformou nesse animal para escapara da perseguição de um rei pagão.

Enquanto que no budismo, uma das representações de Buda é justamente um cervo dourado, representando um ser que acalma os desejos e paixões, na China e no Camboja, esse animal tem uma conotação negativa, relacionada à seca e aos incêndios. Até na Bíblia os cervos são citados, sendo muitas vezes associados às gazelas, e que simboliza as qualidades de Cristo.

Ou seja, como se vê, o cervo é um ser com muita história pra contar, não é verdade?

Veja também

Top 5 Canis de Bullmastiff no Brasil Para Comprar Com Segurança

Ao desejar adquirir um cão de raça pura, desde  labradores aos caçadores de trufas Lagotto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *