Home / Animais / Cachorro Passando a Pata no Rosto e no Focinho: o Que Fazer?

Cachorro Passando a Pata no Rosto e no Focinho: o Que Fazer?

Você é capaz de analisar como seu cachorro está se comportando? Algumas condutas podem indicar que algo não está indo muito bem.

Por isso é importante ficar atento a todas as atitudes, mesmo que algumas pareçam engraçadas. Veja como identificar os sinais e saber se seu cão precisa de alguma ajuda.

Você sabe o que fazer com um cachorro que passa a pata pelo focinho e no rosto? Vamos procurar saber o que isso significa e como ajudar.

Passar Pata no Rosto e no Focinho: Seu Cachorro Faz Isso?

1 – Apenas limpar um pouco: Provavelmente, seu cachorro está apenas limpando o rosto. Ele pode fazer isso ou esfregar também o rosto em algum tapete com a mesma finalidade. Isso normalmente é feito após ele se alimentar, para tirar os pedaços de comida que podem permanecer no focinho e no nariz e aliviar uma possível sensação de coceira. Ou ainda, é comum que ele faça isso logo de manhã, para tirar as secreções dos seus olhos.

Para evitar que ele fique esfregando as patas no rosto para sua higiene, você pode ajudá-lo com água filtrada para os olhos ou água boricada também.

2 – Infecções, alergias e ácaros: Talvez o seu cachorro também esteja esfregando a pata no rosto para aliviar a irritação e coceira causada pelos ácaros, alergias ou mesmo infecções, embora isso não seja assim tão comum.

Uma infecção no ouvido pode ser a causa mais comum para esse comportamento acontecer. Caso seu cachorro esfregue suas patinhas dentro das orelhas dele, busque limpar e verificar o local. Caso esteja inchado e vermelho, leve-o para um veterinário.

A coceira extrema pode revelar uma alergia do seu cão. Caso ele coce o rosto com a pata seguidamente, pode indicar uma alergia a um novo produto que está sendo utilizado no ambiente doméstico.

Também, os ácaros, parasitas que se se instalam na orelha do cachorro, podem causar desconforto e infecção intensa, causando também coceira. Em alguns casos, esfregar a pata no rosto acaba sendo um alívio para o animal.

Nem sempre existe uma razão específica para o cão esfregar a pata no rosto, em alguns casos, ele apenas gosta de fazer isso e fazem isso para se divertir.

Outros Comportamentos do Cão

Além do comportamento de passar a pata pelo rosto / focinho, os cachorros podem ter outros hábitos, que são importantes de serem entendidos por nós. Veja a seguir:

1 – O cachorro arrasta o traseiro pelo chão: Possivelmente o cachorro está apenas se limpando, porém, caso isso seja repetitivo e ele também lamber o local, provavelmente haverá uma infecção ou inflamação nas glândulas anais.

Caso isso aconteça, leve seu cachorro ao médico veterinário para o tratamento.

2 – O animal fica correndo sempre atrás do rabo: Apesar de a cena ser divertida, você deve prestar atenção. Quando a ação acontece de forma repetida, algo pode estar errado.

Estresse, tédio e ansiedade podem ser alguns dos motivos para esse comportamento. Caso o cachorro não brinque com os donos ou outros animais e passe muito tempo sozinho, essa é a causa provável.

3 – Esfregar o focinho no dono: Outro sinal que indica um pedido de ajuda.  Um sinal de desconforto pode ser o seu cão esfregando o focinho dele o tempo todo. A causa pode ser uma infecção nos ouvidos ou nos olhos.

A coceira serve para aliviar a dor. Também pode ser que algo esteja preso entre os dentes do cachorro, como restos de comida.

4 – O cão se agacha apenas com as suas patas da frente: De forma repetida, esse comportamento pode indicar que o cachorro sofre com grave dor abdominal.

O animal pode estar sofrendo inclusive com pancreatite, por isso, é recomendado levá-lo o mais rápido possível ao médico veterinário.

5 – O cachorro se coça excessivamente com as patas traseiras: É melhor buscar saber o que está acontecendo caso isso seja repetitivo. Dermatite, pulgas, verrugas ou carrapatos podem ser o motivo do comportamento.

Comportamentos do Cão

Curiosidades Gerais Sobre os Cachorros

Vamos aproveitar e falar sobre fatos super curiosos sobre esses pets, que ajudarão bastante você ir conhecendo melhor o seu cão!

  • Quantos dentes os cães têm? É muita dúvida mais comum do que parece… Bom, a dentição dos cachorros começa realmente a se desenvolver por volta de 2 a 3 semanas de vida. Assim, com cerca de 2 meses de vida, os cães possuem 28 dentes. Mas, também há troca de dentição, quando um cão passa a ter 42 dentes definitivos.
  • Os cachorros são os “campeões” da natureza em variedades, raças, cores, tamanhos.
  • Em relação a gestação das fêmeas caninas, saiba que elas têm 6 filhotes a cada ninhada, em geral. No entanto, cachorros de grande porte podem chegar a dar a luz a 15 filhotes.
  • Sabia que os filhotes nascem surdos? Também nascem sem dentes e cegos. Por outro lado, com cerca de 3 semanas de vida a audição e a visão começa a se desenvolver rapidamente – assim como os dentes.
  • Conhecidos pelo olfato apurado, os cães tem 1 milhão de vezes mais olfata do que os seres humanos.
  • Os cães vivem em média de 10 a 13 anos. A expectativa de vida de um cachorro depende da raça, condições de saúde, etc. Há registros, por exemplo, de cães que viveram até 18 ou 20 anos.
  • Saiba que os cães lambem o próprio nariz para transferir o cheiro que sentem pela boca…
  • A transpiração dos cães é feita pelas patas – assim como a do ser humano é feita, principalmente, pelas axilas.
  • A cauda (rabo) dos cachorros é importante para a sua estrutura. A cauda do cachorro é o prolongamento de sua coluna.
  • Já se perguntou por que os cães uivam? Pois saiba que isso é uma forma de comunicar com outros cães, à distância.
  • A castração dos cachorros deve ser levada muito a sério. Essa intervenção previne doenças, como alguns tipos de câncer. Além disso, evita a reprodução descontrolada.
  • Sabia que os cachorros defecam de maneira alinhada ao  campo magnético do planeta Terra? Isso mesmo.  Isso ocorre porque  os cães sã muito sensíveis até às menores variações de tempo e campo. Por exemplo, os cães costumam fazer as suas necessidades alinhando o corpo com o eixo Norte Sul  – exatamente onde há poucas variações e diferenças magnéticas.
  • Muito se diz que os cães enxergam preto e branco, não é mesmo? No entanto, os cachorros enxergam outras cores, como tonalidades de amarelo e azul.
  • A temperatura canina corporal considerada normal fica entre 38 º e 39 º C. Atenção: variações para mais ou menos representam algum problema de saúde.
  • Estudos comprovam que os cães são proporcionalmente espertos quanto um ser humano de 2 anos de idade.
  • Já reparou que os cachorros se enrolam quando vão dormir? Isso é para se aquecerem e se protegerem de eventuais predadores.

Veja também

Animais que Começam com a Letra O: Nome e Características

Em linhas gerais, os animais são classificados como seres vivos multicelulares, eucariontes e com padrão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *