Home / Animais / Animais Marinhos Com a Letra Y

Animais Marinhos Com a Letra Y

A maioria dos animais marinhos com a letra Y dessa lista acabou tornando-se popular em outros países. São diversos tipos de peixes, celenterados, esponjas, crustáceos, cetáceos, além daqueles conhecidos animais semiaquáticos, como as ariranhas, lontras, focas, morsas, entre outras espécies da família dos Mustelideos.

São animais, na sua maioria, com corpos anatomicamente adaptados para deslizar magnificamente nas profundezas dos mares – com uma estrutura hidrodinâmica, que envolve um corpo com formato de um torpedo e a presença de escamas e barbatanas.

Mas existem também as espécies de répteis, lagartos, anfíbios, moluscos, até mesmo aves e insetos, que possuem a característica de adaptarem-se bem a uma vida dupla, entre a terra e o ambiente aquático.

Alguns animais utilizam-se de um sistema composto por brânquias, enquanto outros desenvolvem substâncias como a mioglobina nos músculos – substâncias que lhes permitem reservar quantidades maiores de oxigênio, como o que acontece com as focas, morsas, elefantes-marinhos, entre outras espécies da família Phocidae.

Mas, independentemente da espécie, o que as une é, sem dúvida, o desafio de terem que conviver, diariamente, com a caça predatória, que compete com os seus predadores naturais pela primazia de apreciar as suas qualidades.

Números recentes publicados na revista PloS Biology – resultado do Censo da Vida Marinha – apontam que que existam cerca de 250 mil espécies marinhas no planeta. No entanto, apenas 11% são conhecidas – o que mostra o quão misteriosa e enigmática é a vida nas profundezas dos mares e oceanos!

Uma imensidão repleta do “desconhecido!”. Onde minúsculas espécies de zooplanctons e de fitoplanctons servem de alimento para espécies da mesma forma desconhecidas; que, por sua vez, servem de alimentos para os chamados Consumidores Secundários.

Dessa forma, produz-se as inúmeras Cadeias Alimentares, que promovem uma necessária e fundamental troca de energia e de matéria, que é o que garante a manutenção da vida no maior ecossistema do planeta.

Mas objetivo desse artigo é fazer uma lista específica apenas com animais marinhos que começam com a letra Y. Espécies curiosas e enigmáticas; muitas delas conhecidas apenas por um número reduzidíssimo de indivíduos e de culturas ao redor do mundo.

1.Yellow Banded Moenkhausia

YellowBanded Moenkhausia
YellowBanded Moenkhausia

Ele é o Tetra-Olho-de-Fogo, ou simplesmente “Olho Vermelho” – uma das espécies mais populares da Ásia e do Leste Europeu, especialmente para a criação em aquários domésticos ou de estabelecimentos comerciais.

OYellow Banded Moenkhausia é originário das bacias do Paraguai, São Francisco, Uruguai e Alto Paraná. É uma espécie de água doce e muito apreciada pelo seu aspecto frágil e delicado.

Ele possui a parte de baixo da sua cauda na cor amarelada (daí o seu nome “Yellow Banded”) e, diferentemente do que muitos imaginam, pode ser bastante temperamental, especialmente durante o período reprodutivo.

2.Yellow Julie

YellowJulie
YellowJulie

Outro animal marinho com a letra Y é o Yellow Julie ou “Julidochromis ornatus”. Ela é uma espécie de peixe da família Cichlidae, bastante comum no continente  africano, especialmente em países como a Tanzânia, Burundi, República Democrática do Congo, Zâmbia, entre outros países do sudeste da África.

O seu habitat natural são rios, lagos e lagoas; e assim como o Yellow Banded, também é bastante apreciado para a composição de aquários residenciais e comerciais.

Como uma boa espécie de Ciclídeo africano, costuma ser bastante agressivo quando o assunto é proteger os seus filhotes!

3.Yellow King Piranha

Apesar de ser uma espécie típica da América do Sul e ajudar a compor o cenário de alguns dos principais biomas da região Centro-Oeste do Brasil, foi na Europa e nos Estados Unidos que a Serrasalmus ternetzi ou Yellow King Piranha ganhou fama como um dos peixes mais apreciados para a criação em aquários.

Essa espécie não costuma medir mais do que 50 cm, possui um comportamento agressivo (como é o comum entre as piranhas), mas, apesar do seu passado bastante comprometedor (como um dos predadores mais vorazes da natureza), tornou-se uma das espécies decorativas mais populares na Europa.

4.Yellow Lab

Esse é um típico animal marinho, que curiosamente também começa com a letra Y. Ele é originário da África Oriental – especificamente do litoral da região centro-ocidental do Lago Malawi.

É o pacífico e amigável Labidochromis caeruleus, que pode ser traduzido (não se sabe bem por quê) como “laboratório amarelo”- mas também o “príncipe amarelo”.

Ela é considerada uma espécie onívora, apreciadora de vegatais, zooplanctons e fitopanctons; mas também alguns tipos de rações proteicas – como é típico das espécies criadas em aquário.

O Yellow lab macho costuma ser maior do que a fêmea, e ainda com cores mais exuberantes, nas quais destaca-se o amarelo vivo com rajadas pretas nas barbatanas.

Eles dificilmente medem mais do que 10 cm, e por isso mesmo é praticamente um sinônimo de peixes ornamentais.

5.Yellow-Tetra-Hyphessobrycon Bifasciatus

A Yellow treta é a singular “Tetra amarela”, uma espécie da família Characidae, originária do alto da bacia do Rio Paraná. É mais um exemplo de uma espécie típica da região sudeste e sul do Brasil, mas que também pode ser encontrada na Bahia, Uruguai e na Argentina.

A espécie conquistou a Europa pelas suas qualidades como peixe ornamental.

O Yellow treta desenvolve-se melhor (até mesmo em aquários) quando convive em bandos de machos e fêmeas. Por isso eles costumam ser mantidos em aquários com até 12 indivíduos, para que desenvolvam as suas características, inclusive as físicas.

6.Yo-YoLoach-Botia Lohachata

Esse é um outro exemplar de uma animal marinho com a letra Y: O Yo-Yo-Loach. Uma espécie pertencente à família Cobitidae, que dificilmente ultrapassa os 11 cm e possui a característica de ser um animal relativamente agressivo.

Eles são animais oriundos de rios e correntezas paquistanesas, onde habitam grutas, esconderijos e cavernas com outros da mesma espécie.

A sua cor prateada, com alguns frisos pretos, é inconfundível. Mas ele é inconfundível, também, pelos seus barbilhões que pendem da boca, especialmente nas espécies originárias das águas calmas da bacia do Ganges.

7.Yak ou Yaque Leiarius marmoratus

Diretamente das bacias do Rio Amazonas e do Orinoco, surge a Leiarius marmoratus, um siluriforme que pode atingir até 1m de comprimento e cerca de11kg de peso.

Yake
Yake

O seu habitat preferido são as águas mais profundas e densas. Eles costumam reproduzir-se durante o período chuvoso, em migrações constantes entre as bacias do Amazonas, Orinoco e Essequibo.

O Yaque não é um peixe considerado agressivo, e por isso mesmo também costuma ser apreciado como peixe ornamental para aquários residenciais e comerciais.

É uma espécie que caracteriza-se pelos poucos cuidados que exige. Com relação à sua alimentação, por exemplo, ele aceita facilmente uma ração seca (quando adulto) – apenas necessita de um local onde possa ser simulada uma correnteza, devido à sua característica de vencer esse tipo de obstáculo durante a fase reprodutiva.

Esse artigo foi útil? Tirou as suas dúvidas? Deixe a resposta em forma de um comentário. E continue acompanhando as nossas publicações.

Veja também

Araçari-de-Pescoço-Preto: Características, Nome Cientifico e Fotos

As aves são essenciais para todo o mundo, já que a partir das aves as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *