Home / Animais / O que os Pinguins Comem? Qual a sua Dieta?

O que os Pinguins Comem? Qual a sua Dieta?

O Pinguim é uma ave marinha muito simpática que costuma frequentar a região do polo sul. É muito comum encontrar esse tipo de animal na Antártida, Ilhas Malvinas, Galápagos, Patagônia Argentina e na Terra do Fogo.

Esses animais estão acostumados com temperaturas muito baixas, podendo suportar até mesmo -50°. Com a produção de um óleo, a ave mantém suas pernas protegidas e impermeabilizadas do frio.

Existem quase vinte espécies de pinguins no mundo. Mesmo sendo uma ave a sua capacidade de voo é muito pequena. Isso acontece porque as suas asas são pequenas, atrofiadas e funcionam como uma espécie de barbatana.

Se você quer saber como os pinguins se alimentam é só seguir acompanhando:

O que os Pinguins Comem? Qual a sua Dieta?

O pinguim é um animal carnívoro. A base da sua alimentação é formada por peixes, lulas e krills (uma espécie de crustáceo parecido com o camarão). Para complementar, eles também comem plânctons e alguns pequenos animais marinhos. É importante lembrar que existem algumas espécies da ave que se alimentam exclusivamente de plâncton.

Com o auxílio de suas poderosas barbatanas, os pinguins são excelentes pescadores. Com a evolução da espécie o animal ganhou ossos muito fortes nessa região e uma capacidade de se movimentar de forma muito rápida dentro d’água.

Alimentação do Pinguim

Algo que impressiona até hoje os pesquisadores é a velocidade que esse nado dos pinguins pode alcançar e, principalmente, a velocidade que eles conseguem capturar presas e se alimentar. Para se ter uma ideia, eles possuem uma técnica avançada para pegar o krill e ao mesmo tempo distrair pequeno peixes, que também são usados como alimento.

A sua rapidez de mobilidade é impressionante e possibilita uma caça muito diversificada. São espertinhos esses pinguins, hein?

Como Funciona a Digestão dos Pinguins?

O sistema digestivo do pinguim é bem desenvolvido e possui diversos órgãos assim como o dos seres humanos. É composto por boca, esôfago, proventrículo, moela, intestino, bucho, fígado, pâncreas, cloaca.

Uma curiosidade é que os pinguins possuem uma glândula que tem como finalidade a liberação do excesso de sal que eles adquirem ao beber a água do mar. Essa mesma glândula é bem comum em outras aves e permite que os animais consigam viver sem precisar ingerir água doce. Muito interessante, não é mesmo?

Arrisca dizer quantos dias um pinguim pode ficar sem alimentar?  Você pode não acreditar, mas esses animais podem ficam até dois dias sem comer absolutamente nada. Além disso, ficar em jejum durante todo esse tempo não causa nenhum prejuízo ao seu aparelho digestivo.

Reprodução

De forma geral os pinguins são animais muito tranquilos e só costumam atacar quando sentem que os seus ovos ou filhotes estão ameaçados. Outra característica muito conhecida das aves é o seu romantismo e fidelidade já que costumam passar toda a vida com apenas um parceiro.

Você sabia que em algumas praias do Brasil é possível encontrar pinguins durante a estação do inverno? Isso acontece porque alguns pinguins mais novos se perdem do seu bando e acabam sendo arrastados pelas correntes marítimas até as praias.

Não é tão comum, mas é possível ter a sorte de encontrar um pinguim perdido em busca de alimento pela costa brasileira. Eles geralmente são encontrando com muita fome e apresentando enfermidades.

A espécie mais comum que pode ser encontrada nas praias brasileiras é o Pinguim de Magalhães. Essa espécie pode se adaptar em temperatura de 7 ° a 30°. É importante lembrar que se você encontrar na praia algum pinguim nessas condições, você deve avisar as autoridades ambientais responsáveis ou biólogos. O indicado é   esperar a ajuda especializada e não  fazer nenhum procedimento sozinho.

Proteção aos Pinguins

São muitos os fatores que contribuem para que os pinguins estejam aparecendo em menor quantidade na natureza. Dentre eles, a caça, a destruição dos ecossistemas, o derramamento de petróleo e óleos nas águas e as mudanças climáticas.

Segundo uma pesquisa da Rede WWF, existem pelo menos quatro espécies de pinguins que estão ameaçadas. O estudo destaca que o aquecimento global e a diminuição de áreas para a reprodução dos animais então entre as causas principais desta diminuição de indivíduos.

Outro aspecto destacado e que também tem ameaçado os pinguins são as caças ilegais.

Curiosidades Sobre os Pinguins

Os pinguins despertam muita curiosidade das pessoas por estarem sempre retratadas em filmes, desenhos, marcas e até mesmo em sua famosa presença na parte de cima da geladeira. Por esse motivo preparamos algumas curiosidades sobre a espécie. Confira:

  • Os pinguins vivem muito. As aves podem alcançar mais de 30 anos de idade.
  • São aves que nadam muito bem. Para se ter uma ideia, eles chegam a alcançar a velocidade de 40 km/h. Aliás, ficar na água é uma das suas atividades favoritas.
  • No geral, os pinguins são mais ativos durante o dia.

  • Os principais caçadores de pinguins são os tubarões e algumas espécies de foca. As orcas também costumam ser predadores da ave aquática.
  • O processo de acasalamento do pinguim é bem diferente em cada uma das espécies.  Enquanto algumas delas se reproduzem de forma sazonal outras realizam o cruzamento durante todo o ano.
  • Os machos têm um papel determinante no cuidado com os filhotes. São eles que chocam os ovos e cuidam dos pinguinzinhos. Os ninhos são construídos em buracos feitos na terra.
  • Alguns pinguins atingem mais de um metro de altura e podem pesar até 30 quilos.

Para encerrar, confira aqui a ficha científica do Pinguim:

Ficha Científica

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Aves

Ordem: Ciconiiformes

Família: Spheniscidae

Até a próxima! Não esqueça de deixar o seu comentário.

Veja também

Canguru-Cinza-Ocidental

Cangurus São Violentos? Eles São Perigosos Para Humanos?

Para quem não conhece a vida fora do próprio país, conhecer lugares do outro lado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *