Home / Plantas / Tudo Sobre a Fruta Morango

Tudo Sobre a Fruta Morango

Segundo pesquisadores do Instituto Americano de Pesquisas para o Câncer, o consumo de morango pode ajudar na prevenção do câncer, pois estes contém entre seus nutrientes, ácido elágico. Vamos entender a dinâmica da doença e como o morango atua, proporcionando benefício:

Simplificando esta dinâmica, podemos afirmar que: células formam tecidos e tecidos formam órgãos. Células crescem, se reproduzem, envelhecem, morrem e são substituídas por células novas. Circunstâncias adversas complicam este processo ordeiro e o DNA passa a formar células novas, antes que as velhas morram, e essas células extras formam um tumor, que tendem a se espalhar para outros tecidos via circulação sanguínea ou sistema linfático.

Ao consumir morangos, o ácido elágico protege o DNA de mutações e evita a formação de tais células extras. O ácido elágico é um polifenol sintetizado por múltiplas espécies de plantas, nas quais tem como função proteger os tecidos contra a luz ultravioleta, vírus, bactérias e parasitas.

Uma fruta maravilhosa e com tal poder, merece ser melhor investigada. Venha pois conhece-la um pouco mais.

Tudo Sobre a Fruta Morango:  Características Botânicas

O nome morango é atribuído ao inteiro conjunto formado por todas as espécies, variedades silvestres, híbridos e cultivares da Fragaria L. (morangueiro), bem como ao seu pedúnculo intumescido e carnoso de cor vermelha intensa, sabor pujante e aroma apaixonante, da família das rosáceas, que encanta humanos desde os primórdios da civilização moderna.

O morangueiro é uma planta de caule macio e maleável, sem a presença de lignina, ou seja seu caule não tem a rigidez dos caules lenhosos. Nesta estrutura aérea, porém rasteira, se desenvolvem os ramos, as folhas, as flores e os frutos que  nesta sustentação encontram a posição favorável para absorver luz solar e realizar a fotossíntese. O caule é uma via de mão dupla, pois transporta água e nutrientes  absorvidas pelas raízes até as folhas e vice versa. O morangueiro forma pequenas moitas, cobrindo o canteiro, a medida que seus estolhos rasteiros produzem gemas que formam novas folhas e raízes ou nova planta, originários da planta-mãe.

O morangueiro possui raízes superficiais, a menos de 5 cm. de profundidade do substrato, radiculadas, fasciculadas e fibrosas. Folhas simples. Flores de 5 pétalas. A parte comestível é o receptáculo carnoso das flores, o que o torna um pseudofruto, ou fruto agregado, não originado no ovário da planta. Os verdadeiros frutos são seus aquênios, que concentra 81% dos antioxidantes ao qual nos referimos no início deste artigo. Aquênios são estruturas minúsculas, que contém as sementes.

Tudo Sobre a Fruta Morango: O Cultivo

O método habitual de iniciar a produção de morangos é através de mudas, fartamente oferecidas no mercado de plantas frutíferas por todos os cantos. Os frutos que consumimos ao natural, passam por fases de beneficiamento, que prejudica a qualidade de suas sementes, inviabilizando que se reproduzam.

A muda deve ser de boa procedência, produtiva e livre de doenças e pragas, preferência por mudas produzidas em regiões altas e frias, deve apresentar pouco viço, cerca de 15 cm., bem enraizada e nenhum resquício de doença ou pragas. Carece de orientação técnica, quanto a melhor época de plantio em cada região, em virtude de sua sensibilidade às condições climáticas. Ao transportar a muda, cuide que a mesma não fique ressecada pela incidência de vento sobre ela, ao chegar na lavoura, providencie que fiquem sob a sombra até o plantio, umedeça a muda para que não desidrate e se assegure um bom pegamento.

O plantio é manual, e dias amenos são os mais recomendados,logo sucedido pela irrigação com água tratada, livre de impurezas, em sistema de gotejamento ou aspersão, ideal cinco seções de irrigação, de 10 min. cada, diariamente, nos primeiros dez dias, fornecendo água ao solo e baixar a temperatura, para que se forme o sistema radicular. Quanto mais alta a temperatura, maior a quantidade de regas. Esta fase exige constante vigilância quanto à presença de grilos, lagartas e formigas, cujo dano inviabilizará o pegamento da muda.

O sucesso do cultivo do morango e sua maior concentração em regiões de clima mais frio no sul de Minas e Rio Grande do Sul, revelam a importância das temperaturas para o exito em seu cultivo, a fim de obter frutos com sabor e aroma mais impactantes. Morangos produzidos em regiões de temperaturas mais altas tendem a produtos mais ácidos, com pouco sabor e menos consistentes.

Tudo Sobre a Fruta Morango:  A Colheita

Menino Com Traços Orientais, Colhendo Morango
Menino Com Traços Orientais, Colhendo Morango

A colheita é uma fase muito crítica no beneficiamento da fruta, em virtude de sua fragilidade , não suportando pressão. A colheita na finalidade de atender o mercado, ocorre quando o morango apresenta mais de 50 % de sua superfície com coloração vermelha, com porcentagens  inferiores sua acidez é mais elevada proporcionalmente. Para atender a agroindústria os frutos são colhidos completamente maduros. Após terem seus pedúnculos cortados, os frutos são selecionados, classificados e padronizados.

Tudo Sobre a Fruta Morango:  Armazenamento

Armazenando o Morango

Os frutos do morango são altamente perecíveis, por isso recomenda-se sua comercialização no mesmo dia em que é colhido, para atender o grosso do seu consumo ao natural, porém em temperatura ambiente, ainda conserva-se até o segundo do dia, a partir do qual inicia seu processo degenerativo. Costumam ser refrigerados logo após colhidos a temperaturas entre 0 e 10 graus, frutos destinados a processos indústrias, como congelamento de polpa,produção de sorvetes, geleia, compotas e sucos.

Tudo Sobre a Fruta Morango:  Benefícios à Saúde

Benefícios do Morango
Benefícios do Morango

100 gr. de morango corresponde a 32 Kcal. Temos uma fruta de baixa caloria, que proporciona benefícios diversos em seu consumo, em virtude de seus nutrientes:

Vitaminas C, A, E, B5 e B6, auxiliam no combate a fragilidade óssea e má formação de dentes. Proporcionam resistência aos tecidos da pele, órgãos do aparelho digestivo e do sistema nervoso contra infecções, promove cicatrização de ferimentos e inibe hemorragias;

Cálcio, Potássio, Ferro, Selênio e Magnésio, são substâncias inorgânicas essenciais a nossa saúde. Estão presentes como eletrólitos em nossos líquidos corporais como o sangue São componentes essenciais em nossas enzimas, hormônios e estruturas como os ossos e dentes. Os sais são originados no solo, então para obtê-los precisamos de uma dieta balanceada, garantindo o bom funcionamento de nosso organismo.

Não falamos tudo sobre o morango, como prometemos, se o leitor quiser acrescentar mais conteúdo a este tema, sinta-se convidado a compartilhar conosco, utilizando o espaço reservado para comentários. Participe.

by [email protected]

Veja também

Agerato: Para Que Serve? Quais Benefícios o Ageratum Pode Trazer?

O Agerato, comumente chamado de flor de fio dental, é um concurso anual de gelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *