Home / Plantas / Para Que a Canela Era Usada Antigamente?

Para Que a Canela Era Usada Antigamente?

Nativo do Ceilão (Sri Lanka), a canela verdadeira, Cinnamomum zeylanicum , remonta aos escritos chineses do ano 2800 antes de Cristo e ainda é hoje conhecida como kwai na língua cantonesa.  Seu nome botânico deriva do termo hebraico e árabe amomon, que significa planta de especiarias perfumada. Os egípcios antigos usavam canela em seu processo de embalsamamento.  De sua palavra para canhão, os italianos chamavam de canela, que significa “tubo pequeno”, que descreve apropriadamente paus de canela.

Características da Canela

Canela é uma especiaria aromática originária da casca de uma árvore do sudeste asiático. A casca é seca e, muitas vezes, é moída em pó, mas também é usada em tiras enroladas. É usado em alimentos doces e salgados. Esta especiaria vem da canela (existem dezenas de espécies desta árvore), que são pequenas sempre-vivas que contêm casca e folhas aromáticas.

Canela Características

 

Essas árvores podem crescer até uma altura de 18 metros, embora a maioria seja cortada regularmente e mantida como grupos de arbustos, a fim de facilitar o cultivo da casca de canela. A canela produz flores verde-amareladas e uma pequena baga.

Para Que a Canela Era Usada Antigamente?

A canela é considerada uma das primeiras especiarias comercializadas no mundo antigo. Existem muitas referências bíblicas a esse tempero e ele é mencionado na Bíblia por sua palavra hebraica, canela, nos Salmos, Provérbios, Ezequiel e Revelações. A Bíblia hebraica faz referência específica a essa palavra muitas vezes.

A canela foi considerada tão valiosa durante esse período como o ouro e o marfim. No primeiro século, Plínio, o Velho, escreveu que 350 gramas de canela valiam mais que cinco quilos de prata, cerca de quinze vezes o valor da prata por peso.

A canela era considerada um presente adequado para os monarcas e para os deuses. Médicos da Idade Média usavam canela para ajudar a tratar doenças do resfriado e da garganta, como tosse, rouquidão e dores de garganta.  Como sinal de remorso, o imperador romano Nero ordenou que fosse queimado um ano de canela depois que ele assassinou sua esposa.

A especiaria também foi valorizada por suas qualidades preservativas para a carne devido aos fenóis que inibem as bactérias responsáveis ​​pela deterioração, com o bônus adicional sendo o forte aroma de canela mascarando o cheiro de carnes envelhecidas.

Guerra Comercial Pela Canela

As jangadas indonésias transportavam canela em uma “rota de canela” para o leste da África, onde os comerciantes locais a carregavam para o norte, até o mercado romano.  Comerciantes árabes trouxeram o tempero através de rotas comerciais para o Egito, onde foi comprado por comerciantes venezianos da Itália, que detinham o monopólio do comércio de temperos na Europa.

No início do século XVI , os comerciantes portugueses chegaram ao Ceilão (Sri Lanka), onde essa especiaria crescia e era o maior produtor de canela da época. Eles assumiram o controle da área e começaram seu próprio monopólio sobre a especiaria. Eles estabeleceram um forte na ilha em 1518 e protegeram seu controle sobre essa mercadoria valiosa por mais de cem anos.

Canela da China

Durante o século XVII, os holandeses assumiram o controle da ilha do Ceilão e o monopólio do comércio. Mais tarde, quando souberam que existia canela ao longo da costa da Índia, garantiram que isso fosse destruído para preservar seus altos lucros com esse tempero.  Em 1795, a Inglaterra tomou o Ceilão dos franceses, que o haviam adquirido com a vitória sobre a Holanda durante as Guerras Revolucionárias.

Em 1833, a queda do monopólio da canela havia começado quando outros países descobriram que ela poderia ser facilmente cultivada em áreas como Java, Sumatra, Bornéu, Maurício, Reunião e Guiana. Agora, a canela também é cultivada na América do Sul, nas Índias Ocidentais e em outros climas tropicais.

Para o Que Serve a Canela

O aroma picante de canela melhora os alimentos doces e salgados. Você encontrará canela em cozinhas de todo o mundo e seu sabor arrojado e distinto adiciona profundidade a muitos pratos. Existem possibilidades quase infinitas para usar esse tempero. Pode ser usado em sobremesas e doces, como pães, biscoitos e tortas. É um elogio maravilhoso para bebidas como chá, cidra, cacau quente e café. A canela também é um bom complemento para carnes, como porco, frango ou cordeiro.

Muitos reconhecem que a canela é boa para a nossa saúde. Os chineses usam canela como suplemento diário, porque acreditam que ajuda a melhorar a aparência e isso lhes dá uma aparência mais jovem. Um dos tratamentos chineses para febre é uma dose de canela.

Na Índia, a canela às vezes é usada como analgésico natural. É considerado um tipo aceitável de medicação menstrual sem receita. Os chineses também o usam como tratamento para a TPM e como forma de promover a menstruação regular e fácil.

O óleo de canela exibiu atividades antifúngicas, antivirais, bactericidas e larvicidas. Acredita-se que os ingredientes da canela possam ajudar a impedir o crescimento e a propagação de certos tipos de bactérias e vírus.Também é amplamente utilizado para ajudar com dores de estômago e dores digestivas.

Lendas Sobre a Canela 

Apesar de seu amplo uso, as origens da canela foram o segredo mais bem guardado dos comerciantes árabes até o início do século XVI. Para manter seu monopólio no comércio de canela e justificar seu preço exorbitante, os comerciantes árabes criaram contos coloridos para seus compradores sobre onde e como obtiveram o tempero de luxo. Uma dessas histórias, relatada pelo historiador grego Heródoto do século V a.C., dizia que enormes pássaros levavam os paus de canela até seus ninhos, empoleirados no alto de montanhas que eram intransponíveis por qualquer ser humano.

Segundo a história, as pessoas deixavam grandes pedaços de carne de boi abaixo desses ninhos para os pássaros coletarem. Quando os pássaros traziam a carne para o ninho, seu peso fazia com que os ninhos caíssem no chão, permitindo que os paus de canela armazenados dentro fossem recolhidos. Outro conto relatava que a canela fora encontrada em cânions profundos guardados por cobras aterrorizantes, e o filósofo romano do primeiro século Plínio, o Velho, propunha que a canela vinha da Etiópia, transportada em jangadas sem remos ou velas, alimentada por “um homem sozinho e sua coragem”.

Veja também

Para que Serve a Folha de Bambu? Benefícios do Bambu

O bambu é uma planta multifuncional bem conhecida. As folhas são usadas para fins medicinais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *