Home / Plantas / Mangue Preto: Características e Fotos do Avicennia Schaueriana

Mangue Preto: Características e Fotos do Avicennia Schaueriana


Muitos podem até se confundir, e dizer que não é uma floresta de verdade. Afinal, esse habitat de muitas espécies é bem diferente do que imaginamos quando pensamos em uma floresta grande. Mas, o mangue é sim uma floresta, e muito importante para a biodiversidade. Por ficarem entre as águas salgadas e doce, ela acaba sendo moradia para diversas espécies.

Nela, encontramos plantas muito diferentes do que estamos acostumadas a ver em outras florestas do Brasil e do mundo, uma dessas plantas é a Mangue Preto. De primeira você pode até achar que estamos nos referindo a algum tipo de mangue, mas é uma espécie de árvore muito importante dos manguezais.

E é sobre ela que iremos falar no post de hoje. Contaremos um pouco mais sobre suas características, tanto gerais quanto morfológicas, além de mostrar fotos. Continue lendo para saber mais sobre essa planta tão interessante.

Características Gerais do Mangue Preto

O mangue preto também conhecido popularmente como canoé, siriúba, sereíba, siríba, sarába e mariquita, está bastante presente no território brasileiro. Ele fica nas áreas litorâneas, e vai desde o Amapá, até Santa Catarina. Essa árvore fica no habitat dos manguezais, por isso, recebe esse primeiro nome. O segundo nome é dado por ter uma coloração castanho até preto.

Seu nome na realidade é Avicennia schaueriana, e pode ser encontrada principalmente e majoritariamente nos manguezais daqui da América do Sul, mas também já são vistas em menores quantidades na África, Oceania e no Sudeste da Ásia. Ela é muito utilizada para a construção de canoas, mas também muito utilizada na medicina mais natural. As curandeiras utilizam sua flora para o tratamento de erupções de pele, e outras doenças causadas por bactérias.

Como bem sabemos, todas as árvores ajudam a manter o solo inteiro e evitam o fenômeno chamado de erosão. A mangue preto não seria diferente. Os mangues tem uma alta capacidade de dissipar o excesso de nutrientes e poluentes. A planta acaba restaurando as águas salobras, filtrando todos os sedimentos e poluentes do local.

Elas conseguem aguentar temperaturas inferiores, diferente das outras espécies de mangue. Ela é muito observada por cientistas, porque é uma bioindicadora, ou seja, indica quando há coisas erradas no habitat em que vive. A mangue preto acaba acumulando metais pesados (tóxicos) na ponta de suas folhas, sendo boa para saber tudo que o habitat está passando. Mais do que isso, são berçários de crustáceos e alguns peixes, mostrando realmente como é importante.

Essa planta está dentro do manguezal, que é determinado como Área de Preservação Permanente. Mas mesmo com diversas leis e decretos para ajudar, elas continuam sendo destruídas. A destruição de habitat, a pesca predatória além dos aterros são os principais motivos que a mangue preto vai perdendo sua força.

Características Morfológicas do Mangue Preto

A primeira coisa que podemos perceber nessa árvore, é que ela possui as raízes para fora da terra, como a maioria das outras plantas presentes no mangue. Essas raízes são chamadas de pneumatóforos, e elas crescem para cima, ficando acima do solo. Elas servem para realizar as trocas gasosas entre o meio e a planta. O motivo de existir essas raízes, é que o solo do mangue na realidade é muito pobre em oxigênio. De longe, parecem até mesmo canudos saindo do meio da terra molhada.

Toda essa questão e especialização das mangue preto, é realizada pelo sistema radicular. Para ajudar ainda mais, essas raízes também possuem estruturas chamadas de “glândulas de sal”. Elas fazem com que a planta excrete o sal que é absorvido. A árvore toda vai de 3 metros até 20 metros de comprimento. Seu tronco possui uma casca lisa, de cor castanho claro bem espessa, podendo a chegar em 60 centímetros de diâmetro. Quando ele é raspado, apresenta uma coloração mais amarelada.

Suas folhas são pequenas, não passando de 10 milímetros de diâmetro, e são esbranquiçadas. Elas têm essa coloração porque há a presença de escamas minúsculas. Apesar de pequenas, são bastante perfumadas. Na parte de cima, elas são mais brilhantes, enquanto que embaixo, cobertas com cabelos finos. Também normalmente possuem um crosta de sal. Na ponta, elas dão frutos com um formato assimétrico, formato meio achatado, com coloração verde quando ainda não está maduro, e amarelo, quando já está maduro. Não passa de 3 centímetros de comprimento e possui somente uma semente.

A semente é achatada, e germina dentro do fruto. Ela mede em torno de 30 milímetros de comprimento, e 11 milímetros de espessura. A floração da mangue preto ocorre logo após o inverno chegar ao fim, que é quando a temperatura começa aumentar. Mas, os frutos só amadurecem no verão, que é em torno de dezembro até março.

Fruto do Mangue Preto
Fruto do Mangue Preto

É uma árvore que aguenta muita coisa. Começando por ficar inundada durante um período de tempo. Consequentemente, ocorre uma mudança drástica na salinidade do solo, contendo elevadas taxas de sal, por isso precisam tanto de suas glândulas de sal. Isso ocorre porque quando inunda o local, mistura-se água salgada e água doce, ambas de pH e salinidade bem diferentes. Não é qualquer planta que aguentaria tamanha diferença tantas vezes ao ano.

Fotos do Mangue Preto Avicennia Schaueriana

Agora, veja algumas fotos da Avicennia schaueriana, também chamada de mangue preto, no seu habitat natural: o mangue.

Esperamos que o post tenha te ajudado e ensinado um pouco mais sobre a espécie mangue preto, assim como suas características. Não esqueça de deixar seu comentário nos comentando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em responde-las. Leia mais sobre  árvores de mangue e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Boca-de-Leão

Flor Boca-de-Leão: Significado e Por que do seu Nome

A boca-de-leão é uma planta angiospérmica pertencente à família Plantaginaceae. Seu nome científico é antirrhinum …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *