Home / Plantas / Flor-Trombeta-de-Anjo: Nome Científico, Ficha Técnica e Imagens

Flor-Trombeta-de-Anjo: Nome Científico, Ficha Técnica e Imagens

A droga mais potente do mundo, mais perigosa do que a mistura de álcool com cocaína, mais mortífera do que a heroína com LSD, mais fatal do que o crack com Extasy ou do que haxixe com Coca Cola, é extraída de uma flor angelical. A fama é da pobre papoula, que posou de vilã, por muitos anos.

A flor que produz a droga temida até na Colômbia é o inocente e insuspeito lírio. A escopolamina é uma droga sem cor, sem cheiro e sem gosto, conhecida como hyoscina e  classificada como um Alcalóide tropano. Esta droga pode ser sintetizada a partir de plantas da família das Solanáceas. A maior parte da escopolamina vem da erva de Nome científico: Datura suaveolens L., popularmente conhecida como trombeta de anjo, entre outras denominações regionalistas. Esta inocente plantinha é o tema de nosso artigo:

Flor-Trombeta-De-Anjo: Nome Científico, Ficha Técnica E Imagens

Um dos gêneros da família das Solanáceas, é o gênero Brugmansia, que por sua vez conta com sete espécies de pequenas árvores e arbustos, entre as quais a Brugmansia suaveolens, a verdadeira Trombeta-de-Anjo, consideradas extintas em estado selvagem. Trombetas de Anjo são comumente cultivadas como plantas ornamentais em clima tropical e em estufas, e vários cruzamentos geraram flores de cores belíssimas ao longo dos anos.

Como dissemos na introdução de nosso artigo, a erva ao qual se atribui a produção da escopolamina é a Datura suaveolens. É comum a confusão envolvendo as duas plantas, pois ambas produzem uma flor com formato de uma trombeta, sendo que a Datura só floresce uma vez por ano. A brugmansia são plantas perenes de vida longa com flores que apontam para baixo e têm uma fragrância doce, enquanto Datura produz flores na maioria das vezes apontando para cima e uma fragrância descrita como picante ou limão.

Flor-Trombeta-De-Anjo: Praga

As belas flores, em forma de trombeta, seduziram muitos paisagistas a introduzirem as Brugmansia suaveolens, uma pequena árvore com origem na América do Sul, em seus países como planta ornamental. Sua proliferação descontrolada nestas terras, ameaçando o equilíbrio dos ecossistemas a levou a ser considerada uma praga, tendo escapado do cultivo, especialmente no Pacífico, mas ocasionalmente em outros lugares.

Espécies exóticas, ou que não são originais de determinado bioma, ao serem transplantadas para aquele novo ambiente, podem se adaptar de tal forma, que em virtude de não existirem predadores naturais, os leva a se proliferar descontroladamente, desequilibrando todo o meio ambiente, em virtude de sua vantagem na competição pelos seus recursos.

Flor-Trombeta-De-Anjo no Vaso
Flor-Trombeta-De-Anjo no Vaso

O transplante da espécie Brugmansia suaveolens para o leste da Austrália, onde a planta se adaptou de forma notável, entretanto descontrolada, levou a formação de enormes colônias da planta bloqueando cursos d’água, provocando importantes danos a fauna e a flora nativa. Outros países na África e na Ásia empreendem campanhas educativas de controle e monitoramento da planta usadas extensamente como cercas vivas.

Flor-Trombeta-de-Anjo: Toxidade

Como parente próximo do gênero Datura, que produz a droga mais perigosa do mundo, as espécies Brugmansia suaveolens contêm alcaloides que são usados ​​como narcóticos e são responsáveis ​​por casos de envenenamento acidental. Todas as estruturas da planta são consideradas venenosas e contém alcaloides, como: atropina, escopolamina e hiosciamina. A ingestão de partes da planta pode causar alucinações perturbadoras, paralisia, taquicardia, perda de memória e até óbito.

Suas propriedades espasmolíticas e espasmogênicas, são exploradas para uso medicinal num medicamento fitoterápico do Nordeste da Índia; Seu uso na Tanzânia inclui sua adição a cervejas, podendo partes da planta serem fumadas, comidas, bebidas como chá ou introduzidas via retal para lavagens intestinais; Curandeiros tradicionais adicionam suas folhas secas ao tabaco para induzir visões diagnósticas para o tratamento de várias doenças; Os shuaras e outros grupos étnicos da Amazônia, utilizam suas propriedades alucinógenas em seus rituais. Várias espécies foram usadas ritualisticamente e como fitoterapia pelos povos indígenas e seus xamãs , particularmente nos Andes do norte, um ato considerado muito perigoso. Existem muitos relatos de envenenamentos envolvendo a flor-trombeta-dos-anjos.

O Sistema de Controle de Intoxicação da Califórnia é o maior provedor individual de serviços de controle de envenenamento nos Estados Unidos e a principal fonte de aconselhamento e informações sobre tratamento em caso de exposição a veneno para residentes e profissionais de saúde, classifica a espécie Brugmansia como Classe 1, sua categoria de planta mais tóxica, com a seiva causando problemas de visão, confusão e freqüência cardíaca elevada. Em Taiwan, a ingestão de B. suaveolens selvagens causou tontura, boca seca, vermelhidão da pele, palpitações, náuseas, sonolência, taquicardia, visão turva e midríase após um período de incubação de apenas 15-30 minutos. Sendo tóxico, todas as partes da planta são evitadas pelo gado e por animais selvagens, e é muito improvável que as sementes sejam ingeridas.

Flor-Trombeta-de-anjo: Ficha Técnica

Flor-Trombeta-de-Anjo Amarela no Vaso
Flor-Trombeta-de-Anjo Amarela no Vaso

As flores são extraordinariamente bonitas, docemente perfumadas, com cerca de 30 cm de comprimento e com a forma de trombetas. A corola tem cinco pontos ligeiramente recurvados. As flores geralmente são brancas, mas podem ser amarelas ou cor-de-rosa e são pendentes , quase pendendo para baixo. As frutas são ásperas, não espinhosas, com protuberâncias ou com espinhos mais longos

A flor-trombeta-de-anjos é bastante tolerante com uma variedade de situações climáticas, do solo e do local, mas prefere condições úmidas e locais férteis. É nativa das florestas tropicais da região amazônica da América do Sul central. É um arbusto semi-lenhoso ou uma pequena árvore, com 3 m de altura ou 4,5 m de altura ou mais, em condições ideais, e geralmente com um tronco único de ramificações variadas. Embora seja uma planta extremamente venenosa também pode ser usada de forma medicinal.  Possui propriedades antiasmáticas, anti convulsionantes e cardiotônica. A trombeta-dos-anjos produz a escopolamina, bastante usada para o fabrico de medicamentos para o mal de Parkinson, infecções urinárias, cardiopatias e para síndrome pré-menstrual.

O “ sopro do diabo”, droga cujo efeito alucinógeno, parece transformar pessoas em zumbis, tem causado preocupação as autoridades policiais em todo o mundo. Os casos registrados até então sugerem que o indivíduo pode ser drogado por um pó lançado no ar que penetra pelos olhos da vítima, o qual perde a consciência e age normalmente como se estivesse “limpo”, possibilitando que seja manobrada para agir conforme a vontade do traficante, e uma vez passado o efeito a pessoa não lembra do que aconteceu.

Veja também

Flor da Romã ou Româzeira: Caracteristicas Botanicas e Fotos

Romã é um fruta abundante no Brasil, principalmente na região Sul do nosso país nos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *