Home / Plantas / Ficha Técnica Da Flor Jasmim-Estrela: Raiz, Folhas E Caule

Ficha Técnica Da Flor Jasmim-Estrela: Raiz, Folhas E Caule

Existem muitas espécies de flores com características super excêntricas, algumas são resistentes ao frio, outras ao calor intenso, enfim, cada uma delas possui as suas peculiaridades e assim se tornam únicas.

Você conhece algum tipo de flor que exale aroma? Isso não é algo comum de se ver, acredite!

Bom, tudo o que eu quero lhe dizer é que hoje eu estou prestes a te apresentar uma flor incrível chamada Jasmim-Estrela, ela é uma espécie totalmente surpreendente e que vai nos render uma matéria superinteressante e cheia de descobertas e novidades! Vamos começar?

As Raízes E Folhas Da Jasmim-Estrela

Não adianta ficar tentando encontrar algo igual a ela, sem dúvidas a Jasmim-Estrela é uma das flores mais belas que existem, suas raízes são finas e bem fixas ao solo, esta é uma característica de todas as plantas arbustivas e ela faz parte de tal categoria.

Não exagerei em nada quando disse que a Jasmim é uma espécie de flor super linda, cada detalhe dela não passa despercebido por ninguém, onde quer que você vá, ao vê-la seus olhos provavelmente ficarão presos em algo tão belo e formoso quanto esta planta incrível!

Eu sei que a maioria das flores possuem as suas folhas na cor verde, isso é algo bastante comum, mas por acaso você já viu folhas verdes de tom brilhante? Agora eu acho que te deixei meio surpreso hein!

O Caule E As Flores Da Jasmim

Excentricidade é o que não falta nesta flor e olha que já vi muitas espécies bastante curiosas por aí, saiba que o caule da Jasmim trata-se de um composto meio molenga, isso dá a planta uma certa flexibilidade que não se vê muito em outros tipos de plantas, mesmo aquelas que são também arbustivas.

Se algum dia você puder ver esta flor vai confirmar tudo o que estou dizendo aqui, pois ela é mesmo bem incrível e bela!

Quando se fala nas folhas da Jasmim não dá para imaginar algo menos do que o esperado, afinal de contas, já enfatizei tanto o quanto ela é linda que nem chega mais ser possível ter uma imaginação medíocre a seu respeito!

As flores desta linda plantinha possuem uma cor tão branca que chega a ser brilhosa, da mesma forma como ocorre com as suas folhas. Elas mais se parecem neons transmitindo uma intensa luz em nossos olhos!

Algumas Outras Coisinhas Sobre A Jasmim-Estrela

A nossa querida florzinha brilhosa é daquelas que adora se fixar em muros, paredes e outros lugares com tal característica, estes objetos são como uma espécie de apoio para ela fazendo com que consiga crescer, se desenvolver e também se estabilizar em um local fixo.

Se você estiver pensando em plantá-la em sua casa, como incentivo eu posso lhe dizer que o crescimento dela ocorre bem rápido, isso significa que o tempo no qual ela necessita de cuidados mais intensos é relativamente pequeno. Isso é um bom incentivo não e verdade?! Nada como ter uma espécie de flor fácil de cuidar!

Por mais que eu possa lhe afirmar que os cuidados com a Jasmim-Estrela não precisam ser nada exagerados, ainda sim há condições mínimas para que a espécie possa se desenvolver de maneira saudável.

Cuidando de Jasmim-Estrela
Cuidando de Jasmim-Estrela

Primeiramente você precisa saber que esta planta deve ser fixada em solo fértil e com boa drenagem, lembrando que ao realizar o processo de regar a sua flor, tome bastante cuidado para não encharcá-la de vez, isso com certeza vai acabar matando ela e todos o seu esforço e dedicação vai acabar indo por água a baixo. Fique bem atento(a) a esta dica para não perder o seu tempo!

Quando for cavar o local no qual onde deseja deixar a sua Jasmim, não se esqueça de que deve colocar um pouco de areia no lugar da cova, nela também deve ter adubo NPK formulação 10-10-10, este componente ajuda muito no crescimento da sua flor.

No momento em que for colocar o adubo você deve saber que não pode deixá-lo entrar em contato direto com as raízes da planta, para fazer a separação entre este componente e a planta basta colocar um pouco de terra por sobre o adubo. Não se esqueça de observar cada detalhe!

O adubo colocado para a sua Jasmim deve ser trocado com certa frequência, o tempo em que isso precisa ocorrer é de ano em ano e sempre no inverno, você precisará retirar a planta do solo, ao fazer isso é necessário um cuidado extremo com as raízes, elas são frágeis e podem ser danificadas com o mínimo impacto ou mal manuseio.

Jasmim-Estrela no Canteiro
Jasmim-Estrela no Canteiro

Um ponto muito importante é a troca do composto do adubo, a partir do momento da troca você precisará usar um adubo animal de aves juntamente com composto vegetal, este processo parece meio cansativo, mas é necessário para dar continuidade ao crescimento da planta.

Fixar a planta diretamente na terra é algo bem simples, mas quando o assunto e fixá-la em um vaso o processo já é diferenciado, primeiramente você deve encontrar um recipiente com bastante espaço para expor a Jasmim.

O adubo colocado no vaso deve ser dissolvido em água antes de ser despejado na terra a qual a Jasmim está.

Viu como é fácil?! Agora quero lhe mostrar outra planta arbustiva super legal!

Mil Cores: Outro Tipo de Planta Arbustiva

Já ouviu falar na Mil Cores? Esta espécie de planta possui tal nome por causa das diversas tonalidades que pode ter!

A Mil Cores tem a sua origem nas distantes terras das ilhas do Pacifico e também na Polinésia, nestes ambientes espaçosos e abertos esta flor consegue se desenvolver tranquilamente e atingir seus 1,20 metros de altura.

Apesar de ter o seu local de origem, esta planta super curiosa pode ser encontrada em outros locais do mundo e ainda ter outros nomes como: arbusto da neve, folha de seda e outras nomenclaturas. Agora sabendo disso, você não vai mais confundi-la com outras espécies e nem pensar que ela se trata de uma flor nova e desconhecida!

Então meu(a) caro(a) amigo(a), gostou de conhecer a Jasmim-Estrela? Espero que sim!

Muito obrigado pela sua visita e até a próxima oportunidade!

Veja também

Papel de Fibra de Algodão: Vantagens e Desvantagens

O papel é famoso pela sua origem através da madeira, ou melhor, das fibras de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *