Home / Natureza / Heliconia Collinsiana: Classificação Taxonômica e Cultivo

Heliconia Collinsiana: Classificação Taxonômica e Cultivo

As helicônias são plantas arbustivas com centenas de espécies registradas enativas das florestas tropicais do Continente Americano. Essas plantas sãomuito empregadas na decoração de jardins externos. Caso estejam em um solo favorável, com um bom suporte de adubo e de irrigação, produzem flores que persistem ao longo do ano. A sobrevida genérica destas plantas é consideradabastante extensa, pois, em condições favoráveis, pode durar várias décadas.

Mesmo preferindo condições nas quais o clima seja quente e úmido, as helicônias se adaptam a qualquer tipo de solo, no entanto, é importante estar atento a algumasrecomendações, dentre elas, a respeito do plantio dos rizomas, o qual deve ser realizado em local com boa luminosidade, no entanto, protegido da radiação solar direta.

A inflorescência das helicônias é, particularmente, um charme à parte. Isso justifica a grande preferência dessas plantas para os projetos de paisagismo. Formam belos conjuntos à frente de muros e paredes, além de também serem empregadas em arranjos florais.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre a espécie chamada Helicônia collinsiana, originalmente nativa da Guatemala.

Então venha conosco e boa leitura.

Família Botânica Heliconiaceae

A Família Heliconiaceae envolve algumas semelhançasà Família Musaceae. No entanto, a quantidade de espécies da Família Heliconiaceaeé muito maior.

São 200 espécies naturais conhecidas, desconsiderando aquelas que são consideradas híbridas. Essas espécies naturais, aqui no Brasil, contabilizam como 30.

Essas plantas estão presentes nas zonas tropicais da América Latina e América Central, com destaque particular para a Mata Atlântica e Floresta Amazônica. Mesmoque algumas espécies sejam encontradas em algumas ilhas do Oceano Pacífico,essa ocorrência é considerada rara.

Entre as espécies naturais e as variedades híbridas, todas são caracterizadas como herbáceas de porte variando entre médio e grande. São rizomatosas, ou seja, com caule em formato de raiz; com crescimento simpodial. Esta modalidade de crescimento se refere ao brotamento por crescimento lateral, com desenvolvimento a partir da base e não das terminações ou ápices.

https://www.youtube.com/watch?v=ugplYIBjnMQ

Os pseudocaules são de natureza monocárpica, e também são originários das bainhas foliares; eles podem ser eretos ou inclinados. Características gerais dasfolhas as definem como simples, grandes, dísticas (com disposição de nervuras verticais que se entrecruzame com pecíolos de longa extensão. As inflorescências são do tipo cimosa e terminal; estão protegidas por brácteas de formato naviculado, as quais podem estar presentes nas mais variadas cores.  

As inflorescências do tipo cimosa ou simpodial são aquelas nas quais cada eixo termina em uma flor. O tecido vegetal (meristema) finaliza a produção das brácteas e inicia a formação dos primórdios dos apêndices da flor terminal.  

Genericamente, as flores das helicônias são discretas, com coloração amarela ou branca. São bissexuadas, zigomorfas (com simetria bilateral) e diclamídeas. Floresdiclamídeas, também chamadas de diploclamídeas são aquelas que possuem doisenvoltórios (ou verticílios florais), sendo eles o cálice e a coroa.

Helicônia Obscura
Helicônia Obscura

O cálice e a corola são trímeros, isto é, estão divididos em 3 partes, dos quais, há uma sépala (estrutura foliácea menor e mais consistente que as pétalas) livre e duas unidas. O gineceu (aparelho repridutor) é gamocarpelar, o ovário é ínfero. O ovário é trilocular (ou seja, comtrês lóculos ou cavidades internas), uniovulado e de placentação basal. Possui cinco estames (folhas modificadas que dão origem aos gametas masculinos) e umestaminódio (estame modificado e estéril). As antenas são do tipo rimosas, epossuem nectários septais.

Principais Espécies de Helicônias

Além da Heliconia collinsiana, as principais espécies de helicônias, conhecidas aqui no Brasil, são a Heliconia rostrata (considerada como afamosa ‘bananeira ornamental’), Heliconiaangusta, Heliconia aurorae, Heliconia caribaea, Heliconia episcopalis, Heliconiastricta, Heliconia aurorae, Heliconia wagneriana, Heliconia psittacorum,Heliconia lingulata, entre outras.

A Helicônia rostrata é considerada uma das mais belas espécies do gênero Helicônia,e é nativa da Amazônia. Aconselha-se realizar o cultivo da mesma em locais protegidos dos ventos, os quais podem danificar e rasgar sua folhagem.

A Heliconia angusta possui folhagem verde-escuro, sutilmente recurvada e com margemondulada; as flores são de cor branca. A Heliconia aurorae é considerada umaespécie de pequeno porte; e possui brácteas de cor alaranjada. A Heliconia psittacorum é conhecida pela sua tolerância ao sol pleno.

Helicônia Collinsiana: Classificação Taxonômica

A Heliconia collinsiana pertence ao Reino Plantae, Divisão Magnoliophyta, Classe Liliopsida, Ordem Zingiberales, Família Heliconiaceae, e Gênero Heliconia.

Helicônia Collinsiana: Características

As touceiras da Heliconia collinsianapossuem uma altura que varia entre 50 centímetros a 3 metros, no entanto, hárelatos de unidades que atingiram 4 metros. As folhas são grandes e lustrosas,com muita semelhança física às bananeiras.

https://www.youtube.com/watch?v=OGAtUOwSc_k

As inflorescênciassão compridas e, em relação à direção, podem ser consideradas pendentes ou ascendentes. Apresentam uma coloração altamente atrativa e intensa, além disso,o néctar (substância aquosa e açucarada liberada através de glândulasespecíficas) atrai muitos beija-flores, assim como outras espécies de pássaros.

As brácteas em cor vermelho-vivo revestem flores de cor amarelas presentes no seuinterior. Quando maduras, essas flores assumem coloração azulada.

Essas espécies de helicônia possuem uma incrível durabilidade, quando empregadas como flores de corte.

Heliconia Collinsiana: Dicas Para Cultivo

Os solos preferíveis para plantio são aqueles com condições razoáveis de umidade e de oferta de matéria orgânica. A forma de cultivo é através da divisão de rizomas, os quais devem ser plantados com profundidade compreendida entre 5 e10 centímetros.

É aconselhável proteger esta helicônia das geadas do inverno, e mantê-la em umlocal de meia-sombra.

Heliconia Collinsiana - Cultivo
Heliconia Collinsiana – Cultivo

As condições climáticas ideais para o seu cultivo envolvem um clima tropical, subtropical, equatorial ou tropical de altitude. Condições semelhantes à essa são encontradas nas regiões brasileiras do Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul eSudeste. Para as áreas brasileiras com clima menos quente, é importanteproceder ao plantio durante as estações do verão e primavera. Coincidentemente,a floração também pode ocorrer durante essas estações.

Uma recomendação importante durante o plantio é respeitar o espaçamento, o qual deve ser de 3 a 3,6 metros entre cada planta.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre a Heliconiacollinsiana, fique à vontade para continuar conosco e visitar outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

 Anatomiavegetal. Inflorescência. Disponível em: < https://www.anatomiavegetal.ib.ufu.br/pdf-recursos-didaticos/morfvegetalorgaINFLORESCENCIA.pdf>;

CEAP design. Heliconiaceae. Disponível em: < https://www.ceapdesign.com.br/familias_botanicas/heliconiaceae.html>;

Jardim Exótico Mudas. Heliconia Collinsiana– Haste Floral Pendente. Disponível em:< https://www.jardimexotico.com.br/heliconia-collinsiana-haste-floral-pendente>;

Toca do verde. Helicônia Collinsiana. Disponível em: < https://www.tocadoverde.com.br/heliconia-collinsiana.html>.

Veja também

Camelo Australiano: Características, Nome Cientifico, Extinção e fotos

Você sabia que a Austrália possui um grupo de imigrantes que estão no país desde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *