Home / Natureza / Biosfera em Geografia e Geo-Fisiologia: Principais Elementos

Biosfera em Geografia e Geo-Fisiologia: Principais Elementos

A biosfera pode ser definida “da maneira mais simples, como a região do planeta em que a vida é possível e que contém todos os seres vivos”. O conceito, assim como o ecossistema, deu à ecologia sua dimensão de ciência global do meio ambiente.

O Conceito da Biosfera

A biosfera refere-se às noções complementares de litosfera, atmosfera e hidrosfera. A biosfera é um sistema dinâmico no qual os organismos vivos, considerados como “transformadores que transformam os raios cósmicos em energia terrestre ativa”, desempenham um papel fundamental.

Em um momento em que a questão social do meio ambiente está sendo formada, o conceito da biosfera tem sido adotado em abordagens holísticas que consideram o complexo sistema assim reconhecido como superior à soma das partes que o compõem. Outros termos foram por vezes preferidos ao da biosfera como a ecosfera ou o amplamente discutido conceito de Gaia, considerando a biosfera como viva.

Biosfera em Geografia

A geografia pode trazer sua capacidade de explicar o arranjo da diversidade biológica, modulações espaciais de mudanças que afetam a biosfera. Convencionalmente, a vegetação que constitui a maior parte da biomassa (a outra parte sendo a fauna) tem sido usada como um indicador desta geografia da biosfera.

A geografia botânica, a “geografia das plantas”, tem atualmente sua hora de glória ao dar à luz de uma só vez à moderna geografia e ecologia. É como se, hoje, a questão da distribuição espacial da vegetação fosse apenas de interesse secundário, uma vez que as principais características e as grandes regras seriam conhecidas.biomas e para a própria biosfera.

A vegetação não é um simples decalque do ambiente: a combinação de ecossistemas que compõem a biosfera não coincide necessariamente com a estrutura espacial da vegetação, seja ela diretamente perceptível na vegetação a fisionomia da vegetação ou a aparência mais sutil que surge do levantamento preciso das espécies da flora.

As duas estruturas são, na maioria das vezes, não da mesma escala e dos processos quem as coloca em prática e as faz evoluir são apenas parcialmente da mesma natureza. Com tais regras redefinidas, a geografia da cobertura vegetal ainda pode ajudar a elaborar a tabela geográfica em redefinição perpétua da biosfera.

Biosfera e Desenvolvimento Sustentável

O conceito de biosfera foi, além disso, popularizado pela criação, a partir de 1976, da criação pela UNESCO da rede de “reservas da biosfera”. Estes ocupam um lugar original na geografia de áreas naturais protegidas na medida em que podem ser definidos como territórios de experimentação das ideias desenvolvidas pela comunidade científica reunida nos organismos ou nos programas internacionais de proteção da natureza.

Eles resultam da reflexão lançada pela conferência organizada pela UNESCO com a colaboração da IUCN em 1968 sobre as “bases científicas para o uso racional e conservação dos recursos da biosfera”, como parte do Programa Homem e Biosfera (MAB-UNESCO).

Conceito de Biosfera
Conceito de Biosfera

O objetivo central do programa MAB-UNESCO tem sido a criação de reservas da biosfera que não seriam “encurraladas”, mas áreas onde as atividades econômicas seriam conciliadas com a natureza renovável dos recursos naturais, embora é concedido aos proponentes de uma natureza protegida das perturbações humanas a necessidade de uma zona “central”, estritamente dedicada à proteção e pesquisa.

Esta reconciliação seria uma garantia de melhorar o bem-estar das populações locais. Aqui reconhecemos o que a IUCN designou em 1980 como desenvolvimento sustentável, uma expressão que desde então é conhecida por ter sucesso no duplo contexto dos desafios ideológicos associados ao colapso do bloco soviético. e crescentes preocupações ambientais.

Para os Proponentes da Geo-Fisiologia

A biosfera é o sistema global ecológico, auto-sustentável, que inclui todos os seres vivos e as relações que tecem entre si e com os compartimentos que são: litosfera (rochas), hidrosfera (água), e atmosfera (ar), em um metabolismo que constantemente transforma a superfície da Terra reciclando ou armazenando os elementos e criando complexidade e sintropia onde, sem vida, só haveria entropia.

O conceito de biosfera e o da noosfera (como constituído pelo fenômeno humano, acima da biosfera) aumentou a compreensão dos conceitos da moderna ecologia científica, popularizou a nomeação e desenvolveu a percepção do ambiente do planeta Terra, hospedeiro da biosfera.

Os Principais Elementos da Biosfera

Exceto em áreas extremas como as calotas polares, os desertos e os picos mais altos, o globo é coberto principalmente de vegetação e coberto por animais. Estes últimos também são quase onipresentes graças à sua capacidade de viajar, em terra, no mar ou no ar. A vida, como elemento fundamental das paisagens, é objeto de estudo da biogeografia.

Esta comunidade viva é uma biocenose. Dentro deste último, são as plantas que mais atraem a atenção do geógrafo, porque, não tendo a mobilidade dos animais, estão mais próximas do ambiente físico do qual não podem ser extraídas.

Esta biocenose está diretamente relacionada com todos os elementos de geografia física previamente estudados: o clima, a natureza das rochas e sua disposição e a de partículas finas, que abrange o solo, que fornece os elementos essenciais para a nutrição das plantas.

Biosfera e Sustentabilidade
Biosfera e Sustentabilidade

O homem é um dos elementos da biosfera, ele intervém constantemente, modifica, molda o mundo físico e o mundo da vida. Sua integração no pensamento dos físicos geógrafos permitiu o surgimento de um novo conceito, o de geossistema, que é o tema da quarta parte.

Sendo assim, a biosfera abrange todo um conjunto de um ecossistema habitável por seres vivos. A biosfera vai além de litosfera, atmosfera e hidrosfera pois engloba todas elas, na medida que seres vivos são disseminados em cada uma destes componentes fundamentais do planeta.

Veja também

Spitz Japonês: Características, Mini, Fotos e Cores

O spitz japonês é uma raça de cachorro relativamente nova, desenvolvida no Japão nos anos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *