Home / Animais / Vinagre Faz Mal Para Cachorro? E Cloro? E Pinho Sol?

Vinagre Faz Mal Para Cachorro? E Cloro? E Pinho Sol?

À medida que os donos de animais se tornam mais instruídos e curiosos sobre os efeitos de várias exposições químicas no dia-a-dia de seus animais de estimação, é natural que as pessoas se perguntem se o envenenamento por produtos químicos, como os produtos de limpeza, é possível em animais. Mas será que vinagre, cloro e pinho sol estão entre esses produtos?

Vinagre Faz Mal Para Cachorro?

É possível que faça mal, mas na maioria das vezes não faz. Embora muitos alimentos humanos sejam perigosos ou inadequados para os cães consumirem, a sidra de maçã como ingrediente não é um deles. Por si só é desagradável, todavia, em combinação com a água, com comida de cachorro fabricada, ou “comida de pessoas segura e não processada”, é até palatável. Além de provar também ser um remédio natural saudável.

Antes de dar qualquer coisa ao cachorro para comer, é bom se certificar de ter comprado o tipo certo. O tipo que é mais frequentemente sugerido como suplemento alimentar para cães devido às suas propriedades nutricionais únicas é o vinagre de maça, pois ele possui minerais e vitaminas, incluindo magnésio, potássio e ferro.

Ao adicionar vinagre de maçã à dieta do seu cão, seja na água ou na comida, trás ótimos benefícios nutricionais, como: ajudar a estimular seu apetite, apoiar sua digestão e estimular as bactérias estomacais que promovem a quebra de proteínas e gorduras.

Como aditivo às refeições do seu cão, este vinagre contribui para a absorção de nutrientes. O ácido acético ajuda a extrair mais dos minerais valiosos e vitaminas que seu cão precisa dos alimentos que ele come.

O vinagre de maçã também é bom para o sistema imunológico do cachorro e equilibra o nível de pH dele. Equilíbrio pH adequado é importante, pois está associado com a saúde geral do cão. Ela afeta os níveis de açúcar no sangue, pH na urina e a capacidade de combater infecções.

Como agente desintoxicante, ajuda a limpar os órgãos internos; fígado, rim, bexiga, permitindo-lhes funcionar melhor. Como resultado, seu cão terá mais facilidade em combater as toxinas ambientais com as quais ele entra em contato, seja ele ingerido através de seu corpo ao longo do dia. Essas toxinas não se limitam ao sal da estrada, fertilizante de gramíneas e produtos de limpeza domésticos quimicamente infundidos.

Vinagre Para Cachorro

Contudo, apesar de tudo isso, é verdade que nem todos concordam que o vinagre de maçã deve ser usado como um suplemento dietético para um cachorro. Inclusive, muitas pessoas o consideram até veneno para cães. Mais especificamente, o vinagre claro ou branco, que é processado e anulado das propriedades nutricionais encontradas no vinagre de maçã, é ainda menos eficaz.

A principal preocupação é que o vinagre afeta adversamente os níveis de pH de alguns cães, o que influencia sua saúde geral e a capacidade de seus órgãos internos. Há também preocupação com cães que têm condições pré-existentes, como diabetes, distúrbios gastrointestinais, ou que estão em uso de diuréticos ou outros remédios.

Alguns cães também podem ter uma reação alérgica à ingestão de vinagre branco e/ou de maçã. Uma das pequenas preocupações é que o cão pode beber ou comer vinagre e ficar com dor de estômago. Nesses casos, o cachorro pode ficar com coceira, gases, pode vomitar e ter diarreia.

Então, em suma, o vinagre, seja cidra de maçã ou vinagre branco, é prejudicial para o seu cão? Poderia ser. Portanto, para descobrir a resposta certa para essa pergunta, seria bom consultar o veterinário do seu cão sobre qualquer mudança que integre na dieta dele. Certifique-se de que tudo o que ele come é apropriado, e certifique-se de que o cão não interfira com quaisquer condições existentes, incluindo medicamentos.

Cloro Faz Mal Para Cachorro?

O maior contato que cachorros podem ter com cloro é numa piscina. E a maioria deles, é um fato, amam nadar.
À medida que as temperaturas sobem e os pensamentos de uma criatura peluda se transformam em natação de verão, os donos podem se perguntar: será que o meu animal de estimação pode dar um mergulho na piscina da família?

Como muitos produtos químicos com potencial para serem perigosos, os perigos da exposição ao cloro são dependentes da dose. A água da piscina contém níveis muito diluídos de cloro e é improvável que cause intoxicação por cloro em humanos ou animais. Do ponto de vista de gerenciamento de risco, é mais provável que um animal de estimação adoeça em uma poça de água parada ou em um lago cheio de micro-organismos desconhecidos, como a ameba, do que em uma piscina adequadamente mantida cheia de água clorada.

O maior risco para animais e pessoas está relacionado ao manuseio do cloro em sua forma concentrada antes de ser colocado na piscina. O cloro gasoso pode ser perigoso se inalado, e o contato direto com o cloro não diluído pode danificar a pele e os olhos.

Os comprimidos de cloro devem ser sempre armazenados em seus recipientes originais e mantidos em local seguro e inacessível para animais de estimação e crianças. Seria muito incomum para um animal de estimação ingerir comprimidos de cloro, pois o cheiro é muitas vezes desagradável para cães e gatos, mas o armazenamento adequado deve eliminar completamente o risco de envenenamento por cloro.

Beber água clorada pode causar pequena irritação, mas não deve causar sérios problemas ao animal de estimação. Cachorros que gostam de engolir água enquanto nadam devem ser desencorajados. Felizmente, a maioria dos sintomas relacionados ao cloro é menor.

Animais de estimação que nadam por longos períodos em água com água clorada podem exibir alguns sinais de sensibilidade, como olhos vermelhos ou comichão na pele. Piscinas com altos níveis de cloro podem causar irritação nas vias aéreas devido à liberação de cloro gasoso, particularmente em áreas mal ventiladas.

Cães que nadam regularmente podem ter infecções de ouvido mais freqüentes. Embora os donos possam se perguntar se isso está relacionado à exposição ao cloro, as infecções recorrentes estão mais relacionadas a ouvidos úmidos do que o próprio cloro. Um veterinário pode recomendar uma solução de secagem para usar depois de nadar, caso seu cão esteja propenso a infecções recorrentes no ouvido.

Pinho Sol Faz Mal Para Cachorro?

O Pinho Sol é uma alternativa que as pessoas usam para acabar com as pulgas dos seus cães, por ser um desinfetante elas acreditam que pode exterminar esses bichos ao aplicar o produto no animal. No entanto, O produto não é seguro e na verdade não evita que as pulgas voltem a acumular as áreas do animal, além de não exterminar todas as pulgas e seus ovos.

O produto contém fenol, que é o principal ingrediente presente no agravante que pode provavelmente apresentar riscos para o cachorro, um ingrediente que pode causar danos sérios e fatais ao fígado, problemas respiratórios e renais se ingerido, inalado e/ou absorvido pela pele. O agravante é corrosivo e irritante das membranas mucosas. Essa substância também causa queimaduras severas, afetar o sistema nervoso central e provocar uma variedade de tipos de câncer ao cachorro e muitos outros animais.

Por isso, não aplique quaisquer solução ou produto de limpeza à base de fenol como o pinho sol em seu cachorro ou em áreas próximas do animal. Independente do produto ser diluído, pode causar de qualquer jeito danos ao cão ou qualquer outro animal de estimação por um longo período de tempo.

Veja também

Alimentação do Cachorro Pinscher: O Que Eles Comem?

Enérgico, curioso e perspicaz, tem muita gente que considera o pinscher uma raça divertida. Sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *