Home / Animais / Que Tipo de Animal é a Tartaruga? Réptil, Anfíbio ou Mamífero?

Que Tipo de Animal é a Tartaruga? Réptil, Anfíbio ou Mamífero?

As tartarugas são animais que fazem parte do dia-a-dia de muitas famílias brasileiras, já que no país esse tipo de animal foi domesticado. Ademais, por diversos fatores que condicionam essa análise, a tartaruga é muito popular no Brasil e todos amam o animal, que possui diversas ONGs (Organizações Não Governamentais) em prol da sua conservação.

Um ponto que pode ajudar a responder esse questionamento de por que a tartaruga é tão importante para o brasileiro é o fato de o animal ter a sua fase de desova entre novembro e dezembro, o que faz com que os filhotes deixem os ovos entre janeiro e fevereiro, fazendo com que muitas pessoas possam ver essa maravilha de acontecimentos.

Isso porque, nesse período, muitos brasileiros estão de férias e, assim, podem aproveitar para ver o quão bela pode ser a fase de nascimento de um filhote. Fosse em outra época do ano, por exemplo, não seria tão simples fazer com que tantas pessoas fossem capazes de ver o acontecimento.

As Peculiaridades das Tartarugas

Dessa forma, a tartaruga foi se tornando cada vez mais próxima das pessoas, de maneira que atualmente esse animal já é tido como um animal domesticado. Algumas espécies de tartarugas, portanto, já têm mais exemplares presentes nas casas das pessoas do que na natureza, algo que mostra muito bem como o animal soube se adaptar ao ambiente urbano.

Contudo, para ter uma tartaruga é importante ter atenção redobrada, já que esse animal não consome todo tipo de alimento e, para satisfazer as suas necessidades, é preciso entender o modo de vida dele. Portanto, é muito importante que se entenda como a tartaruga gosta de comer, o que faz parte da sua dieta na natureza, em qual intervalo de tempo o animal se alimenta e, algo muito importante, quais animais podem ser vistos como predadores pela tartaruga.

Pois, considerando espécies marinhas de tartarugas, por exemplo, não é recomendado deixar uma tartaruga e um peixe no mesmo aquário, independentemente do tamanho de ambos.

De qualquer maneira, o certo é que, apesar de toda essa proximidade com as pessoas, a tartaruga ainda não é plenamente conhecida por todos.

Assim, é comum que perguntas apareçam, sendo missão de todos que presam pelo avanço da biologia responder a esses questionamentos. Um deles é: afinal, a tartaruga é réptil, mamífero ou anfíbio?

Tartaruga Marinha
Tartaruga Marinha

Só existe tartaruga no mar? Perguntas desse tipo, por mais que pareçam fáceis de responder para quem já conhece o mundo da tartaruga, podem ser complicadas e complexas na cabeça de quem ainda está começando a entender como funciona o universo desse animal. Assim, é importante ter a paciência necessária para responder a essas questões da forma mais adequada possível.

Veja abaixo mais informações e detalhes sobre a tartaruga, compreendendo melhor como o animal interage na natureza, qual o seu papel biológico e, algo também importante, como a tartaruga se enquadra no mundo animal.

Tartaruga é Réptil, Anfíbio ou Mamífero?

A tartaruga é considerada um réptil, já que a sua estrutura corporal e o seu modo de vida enquadram o animal de forma muito clara nessa lista. Assim, a tartaruga é famosa pela sua locomoção lenta e pausada, algo que muitas vezes é um problema na luta pela sobrevivência.

Pois, para fugir de predadores, é preciso que a tartaruga seja capaz de se movimentar com alguma velocidade, algo que dificilmente se vê quando se está com contato com esse animal. Assim, a tartaruga acaba por ser um prato cheio para alguns predadores, considerando que muitos animais enxergam a tartaruga como uma presa.

Contudo, o seu mecanismo de defesa está mais atrelado ao casco resistente, já que a partir do casco a tartaruga é capaz de suportar mordidas, por exemplo, sem sequer se ferir em outras partes mais vulneráveis do corpo. Ademais, calcula-se que haja cerca de 250 espécies de tartarugas em todo o mundo, já considerando as marinhas e também aquelas tartarugas terrestres.

Isso porque, enquanto algumas tartarugas são marinhas ou aquáticas e dependem do ambiente com água para sobreviver, há também aquela tartaruga que não depende da água de forma tão direta e sobrevive muito bem fora de rios, lagos ou mares. Essa é a chamada tartaruga terrestre.

Predadores da Tartaruga

A tartaruga não é um animal capaz de resistir tão bravamente contra ataques de predadores, sendo que existem muitos animais capaz de matar essas tartarugas para se alimentar. Assim, há uma lista imensa de animais que podem atacar a tartaruga, sendo importante saber para que a tartaruga não seja colocada no mesmo ambiente que esses outros animais. Contudo, se a tartaruga adulta já está exposta, os filhotes presentes nos ovos se encontram em situação ainda mais arriscada, já que são mantidos em ninhos em terra firme e, assim, ficam à disposição de ataques de predadores.

Dessa forma, entre os predadores desses filhotes estão formigas, besouros, ursos, ratos, pessoas, gatos, porcos, cachorros, raposas, felinos em geral, cobras e caranguejos, por exemplo. Assim, essa variabilidade toda mostra como o filhote de tartaruga é vulnerável a ataques de outros animais, sendo importante construir ambientes adequados para que os filhotes possam se desenvolver no ovo e nascer sem ter de enfrentar esses problemas.

Já os adultos podem ser presas de tubarões e orcas, por exemplo, além de cachorros e raposas quando fora do ambiente aquático. O certo é que, de qualquer maneira, a tartaruga não é capaz de se defender de forma tão eficaz.

Alimentação da Tartaruga

A tartaruga é um animal de alimentação bastante variada, embora os itens do mar sejam os preferenciais para o animal. Assim, a tartaruga possui em sua dieta peixes pequenos, vermes, esponjas, corais, insetos marinhos, fungos, algas e planas em geral, ovos flutuantes de outras espécies e lulas, por exemplo.

Por mais que possa não parecer, a tartaruga possui uma mordida firme e bastante forte, o que a torna muito eficiente na luta pelo alimento.

Assim, apesar de não usar isso para se defender predadores, a tartaruga consegue atacar as suas presas de forma muito eficiente e fazer com que sua dieta alimentar seja bastante variável.

Veja também

Lagarto Chicote- de- Garganta- Alaranjada: Características e Fotos

O lagarto chicote de garganta alaranjada (nome científico Aspidoscelis hyperythrus) é uma espécie nativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *