Home / Animais / Quantos Tipos de Baleias Existem no Mundo?

Quantos Tipos de Baleias Existem no Mundo?

Existem mais tipos de baleia do que você imagina. Esses animais podem ser de diferentes tamanhos e cores. Neste artigo, saiba mais sobre as baleias.

Existem em torno de 40 espécies conhecidas de baleia no mundo. Porém, é provável que ainda existam espécies desconhecidas.

Além disso, dependendo do critério de classificação o número pode variar, visto que algumas baleias são consideradas mais próximas dos golfinhos.

Outro aspecto que dificulta o trabalho dos pesquisadores é que algumas espécies possuem populações muito pequenas que correm risco de extinção, sendo assim a realização de estudos sobre elas um desafio.

Baleias: Características

As baleias são endotérmicas (animais de “sangue quente”). Apesar de passarem boa parte do tempo em águas frias, elas mantêm quase a mesma temperatura corporal dos seres humanos. Além disso, elas também respiram ar, dão à luz e amamentam seus filhotes, sendo essas características comuns a todos os mamíferos.

O termo “baleia” compreende desde o golfinho-de-hector, que possui cerca de 39 centímetros de comprimento, até a baleia azul, o maior animal da Terra.

Cerca de uma dúzia dos animais que se encaixam na descrição de “baleia” se alimenta usando as barbatanas que possui no lugar dos dentes. Os demais possuem dentes em forma de cone ou pá usados ​​para pegar presas, e não para mastigar.

A ordem Cetacea abrange o maior animal do mundo: a baleia azul, que pode chegar aos 30 m de comprimento. Porém, essa espécie se alimenta de peixes relativamente pequenos em comparação ao seu tamanho.

Baleias: Como Vivem

As baleias “dormem” descansando metade do cérebro de cada vez. Enquanto uma parte do cérebro permanece acordada para garantir que a baleia consiga respirar ar e permanecer alerta aos perigos, a outra parte descansa.

Pode parecer que isso não faz muito sentido, porém as baleias não conseguem respirar debaixo d’água, então elas precisam estar acordadas praticamente o tempo todo para ir até a superfície respirar ar sempre que necessário.

As baleias se reproduzem sexualmente, sendo preciso que um macho e uma fêmea acasalem para gerar filhotes. Não se sabe muito sobre a reprodução de muitas espécies de baleias. Apesar de terem sido e ainda serem feitos vários estudos, nunca foi possível observar como se dá a reprodução em algumas espécies.

Mas sabe-se que após o acasalamento, a fêmea pode gerar um filhote por um período de até 12 meses. Na maioria dos casos, nasce apenas um filhote por gestação. As fêmeas cuidam bem de seus filhotes, os amamentando com dezenas de litros de leite por dia. Um filhote de baleia azul, por exemplo, pode mamar mais de 100 litros de leite por dia.

As fêmeas precisam amamentar, ensinar e proteger seus filhotes. Gerar um filhote por vez permite que a mãe desempenhe melhor seu papel de suprir as necessidades e manter sua cria em segurança, protegida dos ataques de predadores.

Baleias: Curiosidades

A audição é o sentido mais importante para as baleias. Seu olfato não é bem desenvolvido e não há consenso a respeito da qualidade do seu paladar. Mas no oceano, uma boa audição é essencial para os animais.

As baleias dentadas usam a ecolocalização para encontrar alimento, ou seja, elas emitem sons que refletem o que está ao redor e então interpretam esses sons para determinar a distância, o tamanho, a forma e a textura dos objetos.

Outras espécies de baleias provavelmente não usam a ecolocalização, mas emitem sons para se comunicar a longas distâncias e também para desenvolver um “mapa” sônico das características do ambiente ao seu redor.

É quase impossível dizer a idade de uma baleia apenas olhando para ela, mas existem algumas maneiras de saber essa informação. É possível contar as camadas de crescimento nos dentes das baleias dentadas e analisar o ácido aspártico presente nos olhos das baleias, considerando as camadas de crescimento para determinar a idade do animal.

Duas Baleias Orcas
Duas Baleias Orcas

A caça às baleias ocorre hoje de maneira bem menos intensa do que antigamente. A Comissão Internacional da Baleia, responsável por regulamentar a caça do animal, permite que ela ocorra para subsistência ou pesquisa científica.

A caça é bastante restrita e motivo de amplo debate em várias partes do mundo, porém apesar dos esforços as baleias continuam sendo ameaçadas por redes de pesca, capturas acidentais e poluição dos oceanos.

A observação de baleias é uma atividade popular em vários lugares, incluindo Califórnia, Havaí e New England. A observação mostra ser mais rentável (e claro, mais sustentável) do que a caça.

Em algumas áreas, é possível observar baleias mesmo estando em terra firme. No Havaí pode-se observar as baleias jubarte durante a estação de reprodução e na Califórnia pode-se observar as baleias cinzentas quando elas passam pela costa durante as migrações sazonais.

Essas podem ser ocasiões emocionantes e impressionantes nas quais é possível não apenas ver, mas também estar perto de algumas das maiores e mais ameaçadas espécies dos mares.

Baleias, Golfinhos E Botos

Na ordem Cetacea, existem quase 90 espécies de baleias, golfinhos e botos. A ordem é dividida em Odontocetos (baleias com dentes) e Misticetos (baleias sem dentes). Esse número continua a crescer conforme novas espécies e subespécies são descobertas.

O termo “baleias” pode incluir todos os cetáceos (baleias, golfinhos e botos), sendo esse um grupo diversificado de animais que variam em tamanho, hábitos e habitat.

Mesmo que os golfinhos e botos estejam na mesma ordem e subordem que as baleias, eles geralmente não recebem nomes que incluem a palavra baleia. Esse termo é mais usado para separar as espécies de acordo com seu tamanho.

Todos os cetáceos têm corpo aerodinâmico e são adaptados para viver somente na água. As baleias são seres mamíferos, não peixes. Elas estão mais próximas de mamíferos terrestres, como o hipopótamo!

Todos os cetáceos levam ar para os pulmões em vez de obter oxigênio da água através de brânquias. Isso significa que eles podem se afogar se não conseguirem chegar à superfície para respirar. Esses animais regulam sua temperatura corporal e têm sangue quente. Além disso, as fêmeas geram filhotes, cuidam e amamentam eles.

Gostou do artigo? continue navegando no blog para ler mais e compartilhe este artigo em suas redes sociais!

Veja também

Quais os Benefícios do Ovo de Marreca? Para que Serve?

Os marrecos são aves aquáticas pertencentes à família dos Anatídeos. Estas aves produzem uma carne …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *