Home / Animais / Quando o Buldogue Francês Entra no Cio?

Quando o Buldogue Francês Entra no Cio?

A menos que você tenha castrado sua buldogue francesa, ela entrará no cio. Pode ser confuso e preocupante também, especialmente se você nunca teve uma cadela antes. É muito importante saber quantas vezes por ano um buldogue francês entra no cio, quais são os sinais, quanto tempo sangram e quanto tempo dura o ciclo de calor.

Buldogues franceses tendem a entrar no cio duas vezes por ano, aproximadamente a cada 6 meses. Alguns mais de duas vezes por ano, mas isso é improvável. O ciclo geral dura várias semanas e é um período em que a fêmea é receptiva à reprodução.

Os buldogues franceses atingem a maturidade sexual entre 6 e 9 meses de idade, que é quando a fêmea geralmente tem seu primeiro cio. Alguns então começarão, se não forem esterilizados, a entrar no cio a cada  seis meses, enquanto outros podem levar de 1 a 2 anos para desenvolver um ciclo regular e irão entrar no cio irregularmente até esse momento.

O Cio do Buldogue Francês

O início do cio é um período conhecido como proestro, que dura de 4 a 20 dias e é caracterizado por um corrimento vaginal e os machos sendo atraídos pela fêmea, mas a fêmea não está disposta a acasalar. Pode ser um processo longo.

O próximo período é o estro, que dura de 5 a 13 dias. É quando a fêmea pode engravidar. A vulva está inchada, o corrimento vaginal torna-se amarelado e aguado, e ocorre acasalamento.

Buldogue Francês no Cio

Diestrus é o período após o estro ou o acasalamento e dura de 60 a 90 dias. Se a fêmea estiver grávida, o ciclo durará cerca de 63 dias.

Anestrus é outro longo período do ciclo. É considerado um período de inatividade entre as fases do estro e dura de 2 a 3 meses antes do proestro recomeçar.

Quanto Tempo um Buldogue Francês Permanece no Cio

O cio ou estro geralmente dura três semanas, embora alguns animais de estimação tenham um ciclo mais curto de aproximadamente 2 semanas e outros durem um mês. O primeiro sinal é quando a vulva começa a inchar e o ciclo termina quando o sangramento cessa.

Comportamentos de montagem podem ocorrer a qualquer momento durante o cio, com muitas fêmeas procurando machos mais tarde.

Embora o sangramento ocorra antes que uma fêmea tenda a ser capaz de se reproduzir, os machos costumam ser atraídos pela fêmea no início do proestro.

O momento mais provável para as fêmeas serem fecundadas é quando o corrimento vaginal fica aguado. O esperma pode viver no trato reprodutivo por até uma semana, para que sua fêmea possa realmente engravidar durante praticamente qualquer momento do estro.

Sinais do Cio do Buldogue Francês

Os sinais de que seu buldogue francês está entrando no estro incluem mudanças físicas e comportamentais. Uma das séries mais notáveis ​​de mudanças é o inchaço da vulva, tornando-se maior e mais túrgido, além de uma descarga de sangue proveniente da vulva.

Ao mesmo tempo, ela pode urinar com mais frequência do que o habitual, o que é uma maneira de marcar e sinalizar para outros cães que ela está no cio.

Comportamentalmente, seu francês pode ficar distraído ou até nervoso.Enquanto este filhote ainda é jovem, ela pode começar a mostrar sinais de cio em breve, com sangramentos e alterações comportamentais.

Ela pode começar a montar outros cães ou até a sua perna, ou pode se permitir ser montada. Eventualmente, durante o cio, ela se tornará receptiva aos machos.

Um sinal do cio do buldogue francês é conhecido como “sinalização”, onde ela ergue a retaguarda em direção ao cão macho e move a cauda para um lado.

Surante o cio, ela começará a mostrar interesse pelos machos e pode até começar a cortejá-los, o que dura até perto do final do ciclo.

Sintomas de cio a serem observados:  mamilos e seios inchados;  mudanças comportamentais;  vulva inchada;  cães machos tendo interesse;  elevação da sinalização de garupa ou cauda e corrimento sangrento da vulva.

Buldogues Castrados Podem Entrar no Cio

Castrando o seu buldogue, você deve impedi-lo de entrar no cio.  No entanto, se perceber que seu buldogue ainda está sentindo os sintomas do ciclo, mesmo após a esterilização, entre em contato com os veterinários, pois eles podem diagnosticar o problema de duas maneiras:

Buldogue Castrado

Citologia vaginal: eles pegam um cotonete e verificam se há estrogênio.

Ultra-som: ainda pode haver algum resíduo de tecido ovariano.

Quando Castrar seu Buldogue Francês

Se você não vai reproduzir o seu buldogue francês, definitivamente planeje castrá-la. Pode ser difícil decidir quando castrar o seu francês, como antes ou depois do primeiro ciclo.

Não deixe para tarde demais, mas também não o faça cedo demais. O problema de esterilizar seu cão muito cedo é que pode levar mais tempo para que suas placas de crescimento se fechem, o que pode levar a anormalidades nas articulações e outros problemas.

A boa notícia é que, como outros cães de raças menores, o buldogue francês termina de crescer bastante cedo em comparação com um cão de raças grandes, como o dinamarquês.

Portanto, planeje castrar seu buldogue francês entre seis e nove meses de idade, antes que eles entrem no primeiro ciclo. Isso é útil porque o risco de câncer mamário aumenta após o primeiro e subsequentes ciclos.

Idealmente, você terá seu filhote esterilizado quando não estiver no cio, pois esse período está associado a maiores riscos de cirurgia, compreensíveis, pois os vasos sanguíneos estão mais ingurgitados e há uma maior probabilidade de os tecidos se romperem.

Castrar seu buldogue francês, se você não planeja criá-lo, é útil para minimizar o risco de outros problemas de saúde. Um grande problema que as fêmeas não castradas podem desenvolver é uma piometra, que é uma infecção que se desenvolve dentro do útero e está quase completamente associada a animais de estimação que não foram castrados ou que não foram castrados adequadamente.  Esta infecção pode ser fatal e geralmente deve ser tratada com antibióticos e cirurgia.  Os franceses vêm com riscos à saúde. É por isso que se aconselha a castração e tentar evitar a gravidez.

Veja também

Pato Mergulhão: Características, Nome Científico, Habitat e Fotos

Você conhece o pato mergulhão? Quer aprender tudo sobre essa famosa e belíssima ave? Continue …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *