Home / Animais / Por que a Anta é o Maior Mamífero do Brasil?

Por que a Anta é o Maior Mamífero do Brasil?

A anta brasileira é um animal que você verá principalmente no Brasil, mas seu habitat abrange a maior parte das florestas tropicais da América do Sul. Eles podem ser do norte da Argentina até a Venezuela, mas não há ninguém no Chile nem em lugar algum a oeste dos Andes. A palavra “anta” vem de itapiré, uma palavra específica do local que significa um chifre (piré) tão duro quanto uma rocha (ita). Nesse caso, a palavra se refere à sua pele dura e dura. Algumas culturas indígenas, como os maias, os consideravam um animal sagrado.

Habitat

Esses animais preferem áreas montanhosas em florestas tropicais, mas você também pode encontrá-los em pântanos e florestas de várzea. Isso significa que eles vivem em locais ao nível do mar e em locais a 4.500 metros acima do nível do mar. Eles são bons escaladores e às vezes acabam criando trilhas para grandes massas de água.
A maioria das antas gosta de estar perto da água. Eles gostam especialmente de rios rasos, embora também sejam bons nadadores. A maior densidade populacional da anta brasileira está em áreas de alta vegetação e cerca de 2000-4000 mm de chuva por ano.

Os adultos podem pesar entre 150 e 250 quilos. Seus corpos podem ter até 22o cm de comprimento nas fêmeas e 205 cm nos machos. Os crânios têm uma grande crista sagital que vai dos olhos ao pescoço. Eles também têm cabelos que crescem ao longo do pente.

As antas adultas geralmente são marrom-escuras ou avermelhadas. As antas mais jovens tendem a ser marrons com linhas brancas horizontais que desaparecem após sete meses. Esta espécie possui cascos e focinho muito pronunciado.

Este focinho consiste apenas em tecidos moles. Possui ossos e cartilagem ainda menores do que outras espécies equinas.

Anta Fotografada de Frente
Anta Fotografada de Frente

Reprodução

Ainda não temos certeza dos seus hábitos de acasalamento. O que sabemos é que as fêmeas são sexualmente suscetíveis e que os machos lutam pelos direitos de acasalamento mordendo-se nos cascos. Algumas pessoas pensam que são políginas, o que significa que os machos podem ter mais de um parceiro de acasalamento.
O período de gestação de uma anta brasileira geralmente dura cerca de 380 dias. Em outros casos, pode ser de apenas 335 ou 439 dias. Eles estão pegando fogo a cada 50-80. dia e dura 48 horas. A maioria das mulheres atinge a maturidade sexual aos 2-3 anos de idade.

Filhote de Anta
Filhote de Anta

A gata brasileira mais antiga já documentada para dar à luz em cativeiro tinha 28 anos. Eles também podem se reproduzir a qualquer momento do ano. Eles só têm um bebê de cada vez e pesam de três a seis libras no nascimento. A amamentação ocorre após 6-8 meses, e a maioria das crianças é independente após 18 meses.

Comportamento

A anta brasileira é geralmente solitária. Embora não sejam exclusivamente ativas à noite, tendem a se esconder na floresta durante o dia e sair e comer à noite. Você costuma vê-los em pares durante o acasalamento e quando as mães se mudam com seus filhotes.

As antas brasileiras têm pouca visão, mas um forte olfato. Eles tendem a ficar um pouco assustados, mas também são agressivos ao lutar por um parceiro ou defender seu território. As antas podem emitir sons diferentes para expressar medo, ansiedade ou dor.

Eles também emitem vários sons durante o tempo de acasalamento. Eles mostram agressão rindo e grunhindo quando irritados. As antas também usam formas químicas de comunicação. Por exemplo, eles fazem xixi e usam as glândulas faciais para marcar seu território.

A anta brasileira sai em busca de comida à noite. Eles comem frutas, folhas e outras vegetações. As coisas que eles amam são as spondias amarelas, um tipo de planta pequena que produz frutos que se assemelham a uma ameixa chamada mombrini.

Eles são comedores de frutas e potenciais dispersores de sementes de algumas das árvores frutíferas mais importantes em seu habitat. Seus processos digestivos geralmente processam a semente inteira intacta.
As pessoas caçam esse animal porque sua carne adiciona muita proteína à dieta da população rural em que vive. As pessoas também os domesticaram no Brasil, ensinando-os a arar e deixando as crianças subirem de costas.
Além dos humanos, seus principais inimigos são os Jaguares, embora os crocodilos possam ocasionalmente surpreendê-los. Quando um predador os assusta, as antas tendem a fugir para a água. Por outro lado, se sentir-se preso, uma anta brasileira corre diretamente contra o atacante.

A Anta e David Bowie

É improvável que David Bowie alguma vez tenha pensado que seu nome viveria na forma de um dente fossilizado. Mas a descoberta de um dente velho que se acredita pertencer ao mamífero mais antigo conhecido no Brasil foi chamada de Stardusti do Brasil em homenagem ao falecido cantor britânico. Ele viveu 70 milhões de anos atrás e é a primeira indicação de que mamíferos e dinossauros existiam no continente sul-americano.
O dente foi descoberto em dezembro de 2015, um mês antes da morte de David Bowie em janeiro de 2016, e os cientistas decidiram nomeá-lo em sua homenagem. Uma equipe liderada por Max Langer, professor da Universidade de São Paulo Ribeirão Preto, foi descoberta em maio de 2018. O mamífero foi nomeado Stardusti do Brasil em homenagem ao icônico alter ego de Bowie, Ziggy Stardust, como a estrela criada para seu álbum de 1972.

O dente fossilizado foi descoberto no estado de São Paulo e acredita-se que remonta ao período mesozóico entre 70 milhões e 87 milhões de anos atrás. Apesar de ter apenas 3,5 mm, o dente fornece dados suficientes para descrever o tipo de mamífero e seu tamanho. Ao longo de milhões de anos, os ossos dos mamíferos se desinfetam, mas os dentes costumam ser fortes o suficiente para serem fossilizados. Os mastigadores de mamíferos devem ser fortes para resistir a anos de mastigação e trituração, ao contrário de répteis e peixes que perdem e regridem regularmente. Como resultado, cientistas e cientistas costumam usar os dentes de mamíferos extintos para classificar e identificar as espécies. “Embora pequeno, o dente brasileiro é três vezes maior que qualquer mamífero mesozóico conhecido”, diz a paleontóloga Mariela Cordeiro de Castro, do Science Daily. “Na era dos dinossauros, a maioria dos mamíferos era do tamanho de ratos. O do Brasil era muito maior, do tamanho de um gambá. ‘

David Bowie
David Bowie

Bowie teve um impacto significativo no Brasil. Ele se apresentou pela primeira vez no Brasil em 1990, onde cantou Sound and Vision no Rio de Janeiro e depois se apresentou em várias apresentações novamente no Rio de Janeiro, além de Curitiba e São Paulo em 1997. A música de Bowie era imensamente popular e suas músicas se tornaram hinos para muitos brasileiros que cresceram nos anos 90. Em 2005, o músico brasileiro Seu Jorge, que era um grande fã de Bowie, embora nunca tenha tido a chance de conhecê-lo pessoalmente, produziu o álbum The Life Aquatic Studio Versions com Seu Jorge com versões em português das músicas de Bowie. Em alguns casos, Jorge mudou as traduções para se adequar à música, que Bowie apreciou. “Se Seu Jorge não tivesse gravado minhas músicas em português, eu nunca teria ouvido esse novo nível de beleza com o qual ele as imbuiu”, diz Bowie. Seu Jorge mais tarde fez uma homenagem a Bowie em novembro de 2016, tocando suas versões do trabalho de Bowie no Brasil, que incluíram apresentações posteriores em outubro de 2017 no Broward Center for the Performing Arts em Fort Lauderdale, Flórida.

Veja também

História da Harpia e Origem do Animal

Você já ouviu falar da harpia ? Pois bem, essa ave é o mesmo conhecido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *