Home / Animais / Papagaio de Finsch: Lista Vermelha e Perigo de Extinção

Papagaio de Finsch: Lista Vermelha e Perigo de Extinção

Quem são os Papagaios de Finsch e Onde Vivem?

Quando falamos sobre aves, muitos ficam na duvida a respeito destes incríveis animais, vamos conhecer um pouco onde habitam, o que comem e suas características.

O papagaio de Finsch, também conhecido como Amazona Finsch, é oriundo da região da Costa Pacífica do México; eles optam por viver em montanhas, ou ainda em colinas que possuem um grande numero de arvores, habitam as diferentes florestas da região, estando presentes na zona tropical, onde estão às florestas de caducifólias, que são aquelas florestas que possuem arvores cujas folhas caem totalmente na chegada do inverno, deixando as arvores “peladas”, é uma região mais úmida, que não passa por frios, nem invernos extremos; habitam também as florestas conhecidas onde estão os pinheiros e os carvalhos, estas, diferentes da outra floresta, fica em regiões mais altas. Eles também gostam dos vales, onde possuem pequenos riachos entre eles para que os papagaios possam ali descansar e tomar água, quando estão em longa jornada.

Estão presentes entre as altitudes de 600 metros até 2.000 metros, ou seja, é um pássaro que gosta de habitar lugares altos, em meio a matas e vegetações, onde ele quase que se “camufla” entre as folhas verdes da árvore. Essa espécie estende-se desde o Deserto de Sonora (Noroeste do México e Sudoeste dos Estados Unidos) até a região do Chihuahua, localizada no Norte do México; podendo se estender até o estado de Oaxaca (México Meridional), em terras mais baixas para efetuar a reprodução.

Características do Papagaio de Finsch

A coloração verde vibrante está presente em quase todo o seu corpo, possui apenas uma pequena mancha vermelha na parte superior da cabeça, aonde vai mesclando com um roxo claro ao chegar ao pescoço; suas asas são arredondadas, onde na ponta delas está outra pequena mancha avermelhada, seu pé é cinza e seu bico amarelado; Se formos analisar seu tamanho da cabeça à cauda, ele possui em média 33 centímetros, mas claro que pode variar de individuo para individuo, alguns podendo chegar até 35 cm, outros ficam com 30 cm; eles chegam a pesar entre 300 gramas e 330 gramas.

Cabeça do Papagaio de Finsch - Lista Vermelha
Cabeça do Papagaio de Finsch – Lista Vermelha

Costumam se alimentar majoritariamente de frutas, como figos e amoras, ou frutas secas; também se alimentam dos frutos da Aroeira, que são fibrosos e cascudos, gostam ainda de arvores como a Castanha-do-Maí; estas que dão pequenos frutos fibrosos e são da mesma família que as os pé de amora e de figo. Ainda alimenta-se dos frutos da Quaxinguba. É um pássaro que se alimenta basicamente de pequenos frutos, mas que também pode caçar alguns insetos, principalmente para alimentar suas crias.

Ele pertence à família das Psitacídeas, onde também estão presentes a arara, periquitos, maracanãs; a característica em comum que todos possuem é de ser monogâmico, o que significa que quando encontram seu par, fica com ele o resto da vida; outro fato interessante é que esses pássaros se dão muito bem quando falamos de som, eles são capazes de fazer milhares de tipos de sons, muitas vez conseguindo imitar até palavras e outros tipos de entonações vocais; eles são das aves mais inteligentes que existem, seu cérebro possui características mais desenvolvidas, por isso é considerado um pássaro raro e especial.

A família conta com cerca de 30 espécies, doze delas são endêmicas do Brasil, onde destas doze, seis estão em extinção; e com o Papagaio de Finsch não é diferente, a espécie sofre ameaças e pode ser extinta se não for bem conservada.

Lista Vermelha

Esses pássaros correm sérios riscos de extinção, eles entraram na lista vermelha da UICN (União Internacional da Conservação da Natureza), pois sua população vem diminuindo drasticamente no México; sua população já foi muito maior, hoje conta com cerca de 4700 a 6500 indivíduos.

Os principais motivos para eles figurarem entre os pássaros com risco de extinção é a exploração insustentável dos indivíduos desta espécie e consequentemente a perda de seu habitat. Eles são capturados com frequência para serem comercializados, tanto em escala nacional quanto internacional; devido a sua exuberância, a sua beleza impar, foi um dos pássaros que mais chamou atenção no começo dos anos 80, sendo consequentemente muito valorizado no mercado ilegal.

O comercio ilícito tomou conta de muitos indivíduos desta espécie, sem dó nem piedade, pensando apenas no lucro que eles dariam, não pensaram no habitat do pássaro selvagem, na sua alimentação e na sua reprodução, o comercio visa apenas o lucro, sem se importar com a saúde e sobrevivência da espécie.

Entre 1980 e 2000, no México, foram registrados mais de 4.000 Papagaios de Finsch no mercado negro internacional, sendo deste total 80% foram exportados diretamente do México, realmente é algo muito triste o ser humano fazer isso com outros seres vivos, tão livres como os pássaros. E ainda está entre as espécies de papagaios do México que sofrem muito com a ação do homem, cerca de 5.400 indivíduos são capturados por ano.

Papagaio de Finsch - Recuperados Pela Polícia do Mercado Negro
Papagaio de Finsch – Recuperados Pela Polícia do Mercado Negro

Algo que atinge diretamente a população do Papagaio de Finsch é o fato de seu habitat estar sendo totalmente destruído e degradado; as florestas mexicanas, que se localizam ao longo da costa do pacífico vêm sendo desmatadas com frequência, foi a região do México onde mais ocorreu desmatamento, esse fato atinge diretamente todas as populações habitantes daquela região, desde pássaros, animais terrestres de pequeno e grande porte até os invertebrados e insetos.

Conservação da Espécie e de Seu Habitat

Percebendo este tipo de ação e vendo os malefícios que estavam causando a estas populações de animais, o governo mexicano deu inicio a um Plano de Conservação, Proteção e Recuperação das espécies Psitácinos (família do papagaio finsch) , onde tem o papagaio finsch como uma das prioridades de conservação, está ação foi tomada há muito tempo atrás (1999), porém podemos perceber que ela não foi tão eficaz, pois continuou havendo o extermínio em massa dos papagaios desta espécie.

Então, em 2004 a espécie entrou no apêndice 1 CITES, que significa que a ave não pode ser comercializada, apenas em situações excepcionais, seu status passou de ameaçado para em perigo em 2007.

O combate ao comercio ilegal é fundamental e a principal medida a ser tomada, é um comercio que gera muito lucro, como foi dito a cima, por isso é difícil de combater, porém, se as investigações e as buscas forem eficientes, dificilmente haverá ainda este comercio ilegal que movimenta e afeta negativamente tantas e tantas espécies de animais. Afinal, vocês já se perguntaram quem lucra tanto com esse comércio ilegal que só prejudica os animais?

Outra medida interessante pode ser tomada para preservação é monitorar os desmatamentos e degradações do habitat dos pássaros, onde eles estão mais presentes. Proteger as matas nativas, principalmente em áreas de altitude elevada, deve ser replantado o que foi tirado para que os animais nativos daqueles locais consigam viver com qualidade e sem nenhum humano tirando a sua paz.

Veja também

Habitat do Monstro-de-Gila: Onde Eles Vivem?

Quando pensamos em répteis, logo pensamos em dinossauros, cobras, jacarés e crocodilos. Apesar de muitas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *