Home / Animais / Lobo do Ártico Curiosidades

Lobo do Ártico Curiosidades

O lobo do ártico (nome científico Canis lupus arctos) é uma subespécie do lobo cinzento (nome científico Canis lupus). Além da terminologia ‘lobo do ártico’, também pode ser chamado pelos nomes lobo-polar e lobo-branco.

É uma subespécie relativamente isolada, uma vez que pode ser encontrada no Arquipélago Ártico Canadense, porção mais setentrional da América do Norte, caracterizada por baixíssimas temperaturas. Neste arquipélago, ocupa a faixa que se estende da Ilha Melville à Ilha Ellesmere.

O relativo isolamento deste lobo também traz vantagens, uma vez que a subespécie não está ameaçada em razão da caça ou perda de hábitat.

Neste artigo, você conhecerá importantes características e até mesmo curiosidades sobre o animal.

Então venha conosco, e boa leitura.

Características Gerais do Lobo Cinzento

O lobo cinzento teria evoluído no Pleistoceno Superior (ou seja, a aproximadamente 300.000 anos atrás), sendo um dos sobreviventes do último período glacial do planeta. São animais sociais, caçando em matilhas compostas por cerca de 8 membros. Além de sociais, são extremamente territorialistas.

Possuem um grande porte corporal, cabeça volumosa, orelhas triangulares e até mesmo rígidas; os olhos se dispõem frontalizados, em cor de topázio e formato oblíquo; as patas são bastante largas e os membros, compridos.

A pelagem dos lobos apresenta uma peculiaridade interessante, possui dias fases: a pelagem de inverno e a pelagem de verão. Sendo que na primeira, os pêlos são compridos e fortes; e, na segunda, os pêlos são curtos. A mudança de pelagem ocorre de modo gradual, entre os meses de Abril/Maio e Outubro/ Novembro, em alguns casos, os lobos se esfregam contra superfícies de pedras e galhos para induzir/acelerar a liberação desses pêlos.

Lobo Cinzento
Lobo Cinzento

Outra peculiaridade é que a pelagem possui duas camadas: a primeira, formada por pêlos que repelem água e sujidade; e a segunda, bastante densa e isolante à água.

A distribuição global dos lobos inclui a América Central e América do Norte, Ásia e Europa (mais precisamente na faixa que vai do Mediterrâneo ao Oceano Ártico).

Em algumas áreas do México e de certos países europeus, a população de lobos está reduzida e concentrada em pequenos núcleos de sobrevivência.

A audição e visão noturna dos lobos são bastante aguçadas. No caso da visão noturna, esta é a mais desenvolvida entre os canídeos.

O dimorfismo sexual marca presença na espécie, visto que, as fêmeas possuem 20% menos peso e estrutura corporal do que os machos, além de características específicas, tais como ombros menos protuberantes, membros mais curtos (e revestidos por pêlos lisos) e focinho e fronte mais estreitos.

Filhotes também apresentam diferenciação, visto que, ao nascerem possuem pêlos relativamente escuros e íris dos olhos de cor azul (mudando para a coloração alaranjada ou amarelo-ouro com 8 a 16 semanas de idade). Esses filhotes pesa, 0,5 quilos, após o nascimento, além de serem cegos, surdos e completamente dependentes da mãe.

Algumas Subespécies do Lobo Cinzento

Além do lobo do ártico, outros exemplos de subespécies do lobo cinzento incluem o lobo eurasiático (nome científico Canis lupus lupus), o lobo ibérico (nome científico Canis lupus signatus), o lobo-do-alasca (nome científico Canis lupus pambasileus), o lobo da tundra americana (nome científico Canis lupus tundrarum), o lobo do vale do Mackenzie (nome científico Canis lupus occidentalis) e o próprio cão doméstico (nome científico Canis lupus familiaris).

No geral, são 31 subespécies, todavia, algumas delas apresentam-se em situação de vulnerabilidade, extinção ou dados insuficientes.

Lobo do Ártico Classificação Taxonômica

A classificação científica para o lobo do ártico obedece à seguinte sequência:

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Mammalia;

Ordem: Carnivora;

Família: Canidae;

Gênero: Canis;

Espécie: Canis lupus;

Subespécie: Canis lupus arctos.

Lobo do Ártico Características Físicas

O comprimento desta subespécie é de uma média de 1,5 metros. Ao nível da cernelha, possuem de 63 a 79 centímetros de altura. O peso médio é de 45 quilos.

Lobo do Ártico Curiosidades: Coloração dos Pêlos

Os pêlos do lobo do ártico podem ficar mais brancos com o passar do tempo. Apesar da coloração padrão ainda ser o branco, esta pode variar de acordo com a época do ano. A cor dos pêlos também pode ser um importante indicativo da idade do animal.

Lobo do Ártico Curiosidades: A Finalidade da Pelagem Branca

Como esses lobos habitam ambientes extremamente frios, a pelagem de cor branca permite que os mesmos sejam camuflados na neve, enquanto se defendem do frio e farejam as suas presas a distâncias de até 1,6 Km.

Enquanto o lobo fareja, ele fica imóvel e encolhido. Caso haja aproximação desta presa, é mais fácil surpreendê-la.

As presas deste animal são principalmente alces e bois-almiscarados; com possibilidade de inclusão das focas do Árctico, lebres-árcticas, lagópodes-brancos e aves aquáticas nessa lista.

Lobo do Ártico Curiosidades: Registros Ancestrais

Acredita-se que o lobo do ártico teria vivido na América do Norte a mais de dois milhões de anos atrás, e, por mais incrível que pareça, ele é a única subespécie de lobo-cinzento que mantém toda a sua linhagem original, visto que em seu hábitat quase não há presença de seres humanos.

Lobo do Ártico Curiosidades: Atividade Migratória

Em razão de habitarem locais com escassez de vida vegetal, e consequentemente de animais/ possíveis presas, muitas vezes esses lobos precisam percorrer longas distâncias, estimadas em até 2.600 Km quadrados. Em alguns casos, eles precisam até mesmo seguir as migrações dos alces  que ocorrem durante o inverno. Em razão de não serem exímios corredores, utilizam de sua resistência na captura da presa.

A migração também pode estar relacionada a fatores reprodutivos, uma vez que, ao atingirem a maturidade sexual, abandonam a alcatéia na qual nasceram e partem em busca de seu próprio território e de uma parceira sexual. No entanto, também há casos em que o lobo maduro permanece na sua alcatéia primária e luta pela liderança.

Depois de conhecer um pouco mais sobre esse belo animal de pelagem branca e hábitat reservado, o convite é para que continue conosco e visite outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade sobre diversos temas em zoologia, botânica e ecologia de modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

AMINO. 5 Curiosidades sobre os Lobos do Ártico. Disponível em: < https://aminoapps.com/c/pets-em-geral/page/blog/5-curiosidades-sobre-os-lobos-do-artico/pdxP_nahQuE1a3evXK45wPQo85vr7NpdLp>;

Portal São Francisco. Lobo. Disponível em: < https://www.portalsaofrancisco.com.br/animais/lobo>;

Wikipédia. Lobo-do-ártico. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Lobo-do-%C3%A1rtico>;

Wikipédia. Subespécies de Canis lupus. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Subesp%C3%A9cies_de_Canis_lupus>;

Veja também

Reprodução da Chinchila, Filhotes e Tempo de Gestação

As chinchilas constituem várias espécies de roedores comuns à mesma família taxonômica, a qual é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *