Home / Animais / Lobo Euro Asiático: Características

Lobo Euro Asiático: Características

A principal característica do lobo euro-asiático é ser a subespécie de lobo-cinzento mais conhecida e abrangente no mundo. Ele também é conhecido como lobo-da-eurásia, e como o seu nome logo nos leva a supor, é originário das distantes e enigmáticas regiões da Eurásia.

É o Canis lupus lupus! Habitante de uma região limitada por outras não menos exóticas, como o Himalaia, o Cáucaso, os Alpes, o Mar Negro, entre outras regiões que passeiam apenas no imaginário popular da maioria dos ocidentais.

Hoje, os lobos euro-asiáticos estão entre as espécies do gênero Canis com a maior distribuição no planeta. Eles espalham-se essencialmente pelo norte da Europa, dominam as florestas abertas, prados, estepes e campos da Ásia. Além de serem um dos principais representantes desse gênero na Rússia (e nos demais países que compunham a antiga União Soviética).

O Canis lupus lupus é mais do que uma espécie animal, ele é um verdadeiro patrimônio cultural da Eurásia, uma expressão simbólica da fauna do lugar e uma das grandes personagens das tradições folclórica de regiões como a Mongólia, Rússia, China, Escandinávia, Europa Ocidental, entre outras civilizações do planeta.

Eles eram soberanos na Eurásia até por volta do ano 6 d.C.; período que sedimentou as suas reputações como símbolos de nobreza, força, perspicácia, entre outras qualidades, para povos como os turcos, bálticos, gauleses, gregos, celtas, eslavos, trácios, entre outras culturas que se perderam no tempo.

Não há registro de espécie do gênero Canis mais robusta e imponente do que os lobos euro-asiáticos na Europa, com seus exuberantes 70 ou 80kg, pelos cuidadosamente distribuídos pelo corpo, com uma combinação entre o castanho e o avermelhado e com alguns detalhes mais claros em seus ventre – que lhes conferem um ar majestoso.

O que se diz é que, em noites excepcionalmente belas, o uivo dos lobos euro-asiáticos possuem a característica de um lamento, uma melodia demorada e sombria, que já inspirou inúmeras obras, ajudou a compor outras inúmeras lendas, forjou muitas histórias e alimentou (e alimenta) crenças que se sustentam até os nossos dias.

Principais Características do Lobo Euro-Asiático

O peso de um lobo euro-asiático costuma variar de acordo com a sua região de origem.

Na Rússia, por exemplo, estão os maiores e mais exuberantes! Lá já foram registrados exemplares com assustadores 1,5m de comprimento, entre 80 e 84cm de altura e entre 30 e 50kg – com destaque para uma espécie encontrada na Ucrânia, em meados dos anos 50, com nada mais nada menos do que 86kg.

Mas também em regiões como Noruega, Finlândia, Dinamarca e Suécia é possível encontrar verdadeiras maravilhas da natureza, com os seus impressionantes 70kg, 1,3 m de comprimento, além de outras características bastante particulares dessa espécie.

Já na Europa Central, os lobos euro-asiáticos possuem, digamos, características mais “modestas”. Eles costumam pesar entre 25 e 30 kg, medir entre 1,1 e 1,5m (com uma pequena diferença de tamanho entre os gêneros), além de outras singularidades e hábitos típicos dos habitantes dessa região do planeta.

Lobo Euro-Asiático na Neve
Lobo Euro-Asiático na Neve

Juntamente como o lobo-cinzento, o lobo-ibérico e o lobo-do-ártico, os lobos euro-asiáticos ajudam a compor o quarteto essencial desse gênero, e, assim com eles, possui a singular característica de não medir esforços na hora da caça.

Eles, por exemplo, são capazes de predar espécies bem maiores, como algumas variedades de veados, cervos, o original iaque, o assuntador bisonte europeu, além de algumas espécies de javalis, saigas, muflões, entre outras variedades.

Na hora da caça, eles costumam reunir-se em bandos velozes, perspicazes e oportunistas. Eles utilizam-se da técnica de perseguir os membros que considerem mais frágeis, menos rápidos ou menores e separá-los do resto do bando, perseguindo-os, avidamente, até que os vençam pelo cansaço e façam deles o seu banquete do dia.

Habitat e Características Reprodutivas dos Lobos Euro-Asiáticos

Como vimos, os lobos euro-asiáticos são espécies típicas de trechos entre a Europa e a Ásia, especialmente da Turquia e Rússia, mas também do Himalaia, Cáucaso, do entorno do Mar Negro, entre outras regiões, como o norte da Europa (especialmente a Escandinávia), onde estão algumas das mais exuberantes variedades dessa espécie.

Em todas elas, os lobos euro-asiáticos costumam habitar as florestas temperadas, tundras, taigas, florestas abertas, campos, entre outras regiões com vegetação não tão densa, e onde eles possam encontrar as suas presas favoritas, entre as quais, espécies de javalis, cervos, bisontes, veados, roedores, entre outras variedades típicas dessas regiões.

Em períodos de escassez, eles não demonstram o menor escrúpulo na hora de atacar o gado e as criações de galinhas da região – o que causa uma verdadeira (na verdade lendária!) guerra entre lobos e criadores de animais, que já se estende há séculos.

Uma das características mais marcantes do lobo euro-asiático é a sua pelagem apropriada para o clima frio dessas regiões da Europa Ocidental, norte da Europa e Rússia.

Nelas, eles costumam andar em bandos, como típicos seres sociais, com hábitos crepusculares, atitudes oportunistas, e por isso mesmo sempre à espreita de uma boa caça, principalmente as que demonstrem serem mais distraídas, frágeis; as de menor porte, retardatárias nos bandos dos quais fazem parte, e que, portanto, possam ser mais facilmente atacadas.

Eles também possuem a singularidade de avaliar as condições do dia. Eles avaliam, por exemplo, a ocorrência de presas em grandes quantidades em uma determinada região.

Nelas, eles certamente recorrerão ao ataque em bandos, enquanto, nas regiões com escassez de alimentos, o mais comum é ver, aqui e ali, alguns indivíduos perambulando, solitários, cada qual na busca pelo seu alimento.

Quanto às características reprodutivas dos lobos euro-asiáticos, o que se sabe é que o período de acasalamento ocorre no período que abrange o inverno e a primavera na Eurásia.

Após a cópula, a fêmea deverá aguardar um período de gestação que costuma durar em torno de 2 meses, para dar à luz entre 3 e 6 filhotes, pesando entre 400 e 600g, totalmente cegos, e que só atingirão a fase adulta após 24 meses de vida.

Desde o seu nascimento, eles farão parte de um bando! E como tal, deverão sair para a vida, à caça das suas presas favoritas, lutando, como qualquer outra espécie, pelas suas sobrevivências, até que possam dar, também eles, as suas contribuições para a preservação da espécie.

E com isso garantir a existência dessa fascinante variedade Canis lupus lupus. Garantir que ela possa ser admirada e preservada para a apreciação das gerações que virão no futuro.

Caso queira, deixe o seu comentário sobre esse artigo. E continue compartilhando as informações do blog.

Veja também

Comportamento Da Galinha, Hábitos E Modo De Vida Do Animal

As galinhas são aves bem interessantes, mesmo que na maior parte das vezes, a gente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *