Home / Animais / Lobo da Neve: Características

Lobo da Neve: Características

Os lobos são animais verdadeiramente extraordinários. Predadores que se encontram no topo da cadeia alimentar, e que possuem características muito interessantes. Uma das espécies mais impressionantes é o lobo da neve, que também recebe os nomes de lobo do ártico, lobo polar ou, simplesmente, lobo branco.

Não há como não admirar um animal tão imponente, que já virou temática de muitas histórias e lendas ao longo dos séculos, e que, apesar da caça predatória, vem resistindo em seu espaço natural como sendo um dos espécimes mais impressionantes de serem observados e estudados por quem gosta, de verdade, da natureza.

A seguir, portanto, vamos conhecer melhor um pouco mais desse fascinante animal, suas principais características e comportamentos, e porque é tão importante que preservemos essa, e todas as espécies de lobos existentes.

Habitat e Características Físicas

O lobo da neve, cujo nome científico é Canis lupus arctos, é um mamífero canídeo, que é, na verdade, uma subespécie do lobo cinzento. O lugar onde habita é o Arquipélago Ártico Canadense, que compreende desde a Ilha Melville até a Ilha Ellesmere. Bom destacar, claro, que esse é um animal que resiste a temperaturas muito baixas, algumas, abaixo de zero.

A cor da sua pelagem, totalmente branca, é uma excelente forma de se camuflar em meio à neve. Podem chegar a 79 cm de altura, 1,5 m de comprimento, e a pesar cerca de 45 kg. No entanto, já foram encontrados lobos da neve adultos que pesavam aproximadamente 80 kg.

Em seu habitat natural, esses lobos podem chegar aos 10 anos de idade com certa facilidade. Contudo, em cativeiro, alguns espécimes conseguem chegar aos 18 anos de idade. Além disso, em relação a outras espécies de lobos, as suas orelhas são menores, o que ajuda na hora de conservar o calor do corpo.

O lobo da neve, inclusive, é a única espécie de lobo que ainda pode ser encontrada em toda a sua linha original, pois o lugar onde moram raramente possui seres humanos, o que, de certa forma, tem conseguido preservar (em parte) a espécie desses canídeos, pois, ainda continua sendo um animal muito ameaçado de extinção, cuja caça predatória tem diminuído bastante a sua população.

Comportamentos em Geral

Os lobos da neve são monogâmicos, e quando encontram um abrigo bem protegido, formam um casal. Os filhotes que nascem podem ter uma pelagem diferenciada a depender da estação do ano. Portanto, podem ter uma pelagem branca, marrom ou até mesmo cinzenta. Porém, quanto mais velhos ficam, os pelos de todos vão embranquecendo, e daí podemos até descobrir qual a idade de um desses lobos, observado apenas a coloração da sua pelugem.

Assim como outras espécies de lobos, estes aqui caçam em matilhas. As suas presas habituais abrangem alguns animais bem diferentes, como alces, bois-almiscarados, lebres, focas, e até mesmo aves aquáticas e seus ovos. É bom destacar que raramente os lobos atacam seres humanos (somente em caso de se sentirem ameaçados, obviamente).

Casal de Lobos da Neve
Casal de Lobos da Neve

Como a escassez de plantas é algo contante nas áreas onde vivem os lobos da neve, consequentemente, algumas de suas presas podem ficar escassas também. Por isso, muitos deles chegam a percorrer extensas áreas para conseguir comida, e em alguns casos, podem caminhar até 2.600 km quadrados.

Alguns membros da matilha, vez ou outra, abandonam a alcateia. Essa dispersão ocorre em todas as épocas do ano, e geralmente compreende membros que já atingiram a maturidade sexual, e sentem a necessidade de se reproduzirem.

Por sinal, em relação à essa questão de reprodução, um dado curioso: durante a época de acasalamento, os lobos ficam bem carinhosos com as fêmeas, o que, muitas vezes, faz antecipar a ovulação destas. O mesmo não acontece entre os machos, visto que cada lobo maduro se sente na obrigação de lutar pela liderança da alcateia.

Quando as circunstâncias são minimamente normais, uma matilha pode cuidar de até uma ninhada por ano, sendo que cada ninhada é composta, geralmente, de 2 ou 3 filhotes de cada vez. Esses filhotes permanecem junto à mãe até os 2 anos de idade, mais ou menos.

Assim, o domínio das machos alfa acaba sendo benéfico a longo prazo, criando um senso organizacional interessante no grupo de lobos, e fazendo com que eles possam ter segurança e longevidade, sem se preocupar com nenhum possível inimigo natural.

Importância do Lobo da Neve

Os lobos da neve, assim como todas as espécies de lobos, estão no topo da cadeia alimentar. O que isso que dizer? Que eles se alimentam de quase toda espécie de animais, e não possuem predadores naturais. Isso confere a eles um trabalho muito importante: o controle populacional de várias espécies em seu habitat natural.

E, isso já está comprovado cientificamente. Quando um ecossistema qualquer perde uma de suas peças-chaves, acontece o que especialistas chamam de cascata trófica, ou seja, uma espécie de efeito borboleta que prejudica bastante aquele ecossistema específico, e os demais que estão ao seu redor.

Agora, imagine só o número de herbívoros aumentando significativamente devido ao desaparecimento gradativo dos lobos da neve. Em pouco tempo, as plantas do local desapareceriam, e já sabemos bem o quão é prejudicial quando plantas são cada vez mais devastadas, não é mesmo?

E, você sabia também que os lobos, como os da neve, contribuem para a diminuição de doenças infecciosas? Um bom exemplo disso é o que vem acontecendo em algumas áreas dos EUA, de algumas décadas pra cá, quando a doença de Lyme, enfermidade transmitida por carrapatos, começou a se alastrar, e estudos descobriram que o motivo foi justamente o desaparecimento dos lobos na cadeia alimentar daquele ecossistema.

Lobo da Neve Uivando
Lobo da Neve Uivando

Caso esse animal venha a deixar de existir, causará um enorme desequilíbrio no meio ambiente em que está inserido, o que se alastraria para regiões vizinhas. Afinal, o lobo da neve, como um grande predador, é o alicerce de um ecossistema, bem como outros grandes predadores presentes na natureza.

Portanto, é necessário combater a caça predatória de lobos antes que acontecimentos piores aconteçam. É bem melhor observar esses magníficos animais soltos na natureza, do que presos, ou sendo usados como troféu de caça.

Veja também

Reprodução da Irara: Filhotes e Período de Gestação

Irará (lat.Eira barbara) – é um animal que parece estar quase sempre em busca de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *