Home / Animais / Leopardo Características

Leopardo Características

Também conhecido como pantera, o leopardo é um animal da família dos felinos e seu nome científico é Panthera pardus, nativa da África, atualmente a espécie está presente também em algumas partes da Europa, na Ásia e na África, já que possui grande capacidade de adaptação.

Classificação Científica

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Carnivora

Família: Felidae

Gênero: Panthera

Espécie: P. pardus

Além dessa espécie, é importante citar que no continente africano podem-se encontrar outras 11 subespécies do animal; enquanto no Oriente Médio existem mais 6 e na Ásia 8; esses são números médios, já que os cientistas não entram em um acordo sobre o número exato de subespécies.

Características Físicas do Leopardo

Pode-se dizer que a estrutura do corpo do leopardo é robusta: ele possui patas curtas porém com unhas afiadas e extremamente longas para um carnívoro, e uma cauda comprida que pode chegar a ter mais de 1m, além de que seu pescoço é longo; elemento que pode facilitar muito na hora da caça.  

Levando em consideração sua cauda ele pode medir até 3 metros de comprimento e pesar entre 80kg e 90 kg;  seus dentes também são muito afiados como suas unhas, e ambos servem como fortes e poderosos instrumentos de ataque na hora de caçar outros animais.

Seu pelo é amarelado e cheio de pintas escuras conhecidas como rosetas (que são geralmente laranjas e contornadas de preto), é impossível encontrar 2 leopardos com o mesmo pelo já que as manchas possuem tamanho e formato diversos.

Porém, uma coisa que não muda é o brilho e suavidade de seu pelo; por conta disso a pele do leopardo é extremamente cobiçada pelos caçadores e cara no comércio.

Alimentação do Leopardo

É difícil definir exatamente qual a alimentação do leopardo já que ele vive em muitos habitats diferentes e em 3 diferentes continentes, porém, por se tratar de um carnívoro ele se alimenta dos animais que caça, que são variadoas mas em sua maioria macacos, antílopes e servos; por conta da vulnerabilidade dessas espécies.

Os antílopes são seus animais preferidos porque o leopardo tem uma visão noturna muito melhor que os antílopes, portanto, eles se tornam vulneráveis durante a noite; e pesam pouco, o leopardo prefere caçar animais que ele consiga levar para cima de uma árvore para comer.

Para caçar, o leopardo pode atingir 50km/h para conseguir alcançar sua presa e geralmente a atinge pela cabeça; porém seus métodos e alimentação são tão variados que já se tem notícia de leopardos que atacaram crocodilos em tempos de má caça.

Big Five

O leopardo é um dos participantes do grupo dos Big Five (os 5 grandes) da África, diferente do que o nome sugere, o Big Five não classifica os animais pelo tamanho físico, mas sim pela dificuldade de caçá-los.

Os 5 animais mais difíceis de caçar são: leão, elefante, búfalo, rinoceronte e, claro, o leopardo. Dentro desse grupo, o leopardo é considerado o mais eficiente na caça e o mais esperto, já que ele caça sozinho e em períodos noturnos, sendo quase impossível vê-lo.

Reprodução do Leopardo

A única época em que o leopardo é visto acompanhado é na época de acasalamento, durante o resto do ano ele vive e caça sozinho. Essa época pode ser em qualquer parte do ano em que há abundância de alimentos para os filhotes.

Após a época de acasalamento o macho abandona a fêmea com os filhotes, na média nascem 3 filhotes e o período de gestação é de 90 dias. Quando nascem, não abrem os olhos nos 10 primeiros dias e não comem carne nos 3 primeiros meses; os leopardos podem viver até 22 anos em cativeiro ou em 8 anos na mata.

Curiosidades Sobre o Leopardo

Agora que comentamos fatos científicos sobre esse animal tão peculiar que é o leopardo, vamos ver algumas curiosidades que o tornam mais peculiar ainda!

  • O nome leopardo vem do latim e é a junção de leão + pantera;
  • Eles possuem a audição 5x mais potente que os seres humanos;
  • Eles possuem a capacidade de saltar 3 metros para cima e 6 metros para frente;
  • Suas manchas se chamam “rosetas” porque possuem formatos parecidos com o de uma rosa;

Risco de Extinção

No sudeste da Ásia, a população de leopardos já diminuiu em mais de 70% nos últimos 5 anos; a subespécie leopardo-da-Indochina também teve 95% da sua área natural ocupada e já foi extinta em alguns países como Vietnã e Laos.

Por conta da grande capacidade de se adaptarem a novos habitats, as pessoas pensam que os leopardos nunca entrarão em risco de extinção; mas a verdade é que no sudeste asiático existe apenas 1 leopardo a cada 100km², o que é muito pouco e o coloca em situação de extinção.

Além da perda de habitat natural, a caça ilegal também é um fator muito forte na extinção da espécie; já que como dito anteriormente, a pele do leopardo tem um valor alto no mercado de roupas por conta de seu pelo único e macio e atrai muitos caçadores em todo o ano.

Ao mesmo tempo que o leopardo-da-Indochina está em situação de risco, o leopardo-das-neves saiu da classificação de “em perigo” no ano passado e passou para a lista de “vulnerável”; é um avanço que parece pequeno mas na verdade tem muita importância para a continuação da espécie; essa mudança ocorreu por conta de uma maior fiscalização da área habitada pela espécie e maior controle sobre a caça ilegal.

Leopardo-da-Indochina
Leopardo-da-Indochina

É importante lembrar que apesar de algumas espécies estarem teoricamente “melhores” e com menos risco de extinção, esse risco ainda é iminente; a caça ilegal não para nunca e a fiscalização não consegue dar conta do número de caçadores; além disso, o desenvolvimento desenfreado de áreas urbanas está deixando os animais sem seus habitats naturais.

É de extrema importância que essas subespécies sejam protegidas, o leopardo é um animal único e extremamente importante principalmente para a cadeia alimentar, portanto, sua conservação é importante também para outras espécies de animais menores e para a diversidade da fauna mundial.

Gostou do leopardo e quer saber mais sobre esse animal tão interessante? Leia também as Espécies de Leopardo

Veja também

Top 10 Raças de Cachorros Mais Cheirosos Que Existem?

Há ocasiões em que os cães amados emitem odores desagradáveis, e isso é especialmente verdadeiro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *