Home / Animais / História da Mosca e Origem do Animal

História da Mosca e Origem do Animal

Não se sabe ao certo o ano exato em que a primeira mosca apareceu na Terra, por não se tratar de um inseto se torna difícil um estudo específico sobre o seu surgimento, porém suas primeiras espécies foram encontradas nas savanas africanas, devido ao grande número de animais nesses locais. As moscas que se alimentam de sangue, carnes putrificadas, frutas e vegetais estragados encontraram nesses locais um verdadeiro estoque de comida, chegando aos animais mortos primeiro que urubus e hienas.

Surgimento das Moscas

Sua larva também tem um papel principal nesse processo ajudando a decomposição desses animais em seu solo, assim como hoje em dia as mesmas são encontradas em cemitérios. Sua relação com os humanos se iniciou junto a exploração e armazenamento de comida em períodos coloniais e de descobrimento de continentes. Junto a esse estoque de comida e também de cozimento de alimentos, as moscas acompanharam os novos hábitos das pessoas, sendo facilmente encontradas em lares até nos dias atuais. A agropecuária também aproximou as moscas da vida doméstica, conforme a criação de gados e outros animais foi aumentando, a quantidade desse inseto também foi proporcional a esse crescimento, pois a mosca depende de alguns mamíferos para sobrevivência, sendo considerada de certa forma um inseto parasita.

Mosca Em Cima de Um Galho em Zoom

Doenças Transmitidas pelas Moscas

Embora a mosca tenha papel fundamental na decomposição de carnes e frutas, ela também pode ser muito perigosa principalmente para animais de agropecuária onde elas utilizam dos mesmos para colocar seus ovos, transmitindo doenças como berne (conhecida cientificamente como miíase). Essa doença nada mais é que as larvas dentro da pele de animais de sangue quente, desde animais bovinos até mesmo humanos, causando muita dor ao local infectado, pus, chegando algumas vezes até destruir alguns tecidos e com isso prejudicando alguns órgãos. Além dessas doenças, elas também propagam bactérias, ao pousar em fezes ou carnes podres e depois em um alimento saudável, ela leva as bactérias de um local para o outro, e a comida contaminada sendo ingerida pode causar diarreia, febre e em alguns casos mais graves leva o indivíduo até mesmo a morte.

No caso de miíase, sua cura é feita por meio operatório, sendo feita uma cirurgia para retirada dessas larvas dos tecidos de animais, ou por meio de medicamentos, em todo caso evitar que a doença ocorra novamente é muito importante, por isso o local que se iniciou a infecção deve ser tratado sendo fechado e cicatrizado corretamente independentemente do método final para eliminação das larvas. No caso de outras doenças é necessário combater a bactéria no corpo por meio de medicamentos, ingestão de líquidos, principalmente água para evitar a desidratação e ajudar a eliminação de toxinas. Manter um ambiente limpo, fechar os alimentos após serem consumidos, utilizar telas nas janelas para não entrar insetos dentro de casa, cuidar dos ferimentos encontrados nos animais agropecuários e domésticos, e o uso de repelentes ajudam no combate de doenças trazidas pelas moscas.

Tipos de Moscas

Existem cerca de cento e cinquenta mil espécies de moscas, e embora seu reconhecimento no geral não seja positivo, algumas delas são usadas de forma benéfica para controle de pragas na agricultura e também para experimentos científicos. Veja abaixo algumas delas:

  • Mosca Doméstica

Vive e é encontrada facilmente em cidades e grandes centros urbanos, circula sobre lugares com alimentos ou detritos para colocar seus ovos e ao pousar sobre o local deixa diversas bactérias e vírus que transmitem doenças aos seres humanos. Seu ciclo de vida é de trinta dias.

Mosca Domestica Comendo Restos de Comida Na Mesa
  • Mosca Varejeira

É a mais perigosa pois é parasita dos mamíferos e utiliza dos mesmos para depositar seus ovos, geralmente em feridas abertas. Seu ciclo de vida é de trinta a sessenta dias.

Mosca Varejeira Em Cima de Uma Folha Verde e de Olhos Vermelhos

Existem outras espécies de moscas menos conhecidas como mosca da fruta, de areia, de outono, de estábulos e moscas pequenas (geralmente encontradas em lixões) tem hábitos similares de se alimentar de carnes putrificadas e em decomposição e por conta desse hábito transmitir bactérias e outros males quando se locomove para um ambiente limpo. Em algumas espécies os machos se alimentam de folhas e frutos e não de fezes e alimentos mais comuns para moscas. As fêmeas conseguem colocar de cento e cinquenta até dois mil ovos de uma só vez e por isso sua reprodução é tão rápida embora seu ciclo de vida seja tão pequeno, na maioria das espécies seus dias de vida se resumem de vinte e oito a trinta dias no total. No caso das moscas, as fêmeas são maiores que os machos. E sua evolução geralmente é ovos, larvas, pupa e por fim adulto. Em alguns casos não existe os ovos, as moscas depositam diretamente as larvas e em todas as espécies a reprodução é sexuada.

Curiosidades sobre as Moscas

Uma das maiores curiosidades sobre as moscas é sobre sua rapidez, mesmo sendo um inseto quase sem inteligência e muito pequeno, é muito difícil de matá-la de forma manual devido a sua visão diferenciada.

  • A mosca tem uma visão de trezentos e sessenta graus, consegue mover cada olho separadamente e enxergam em câmera lenta, ou seja, elas conseguem se desviar de nossos movimentos pois para elas estes estão em menor velocidade e em ângulos bem maiores, sendo cerca de quatro vezes mais rápido que para nós humanos de acordo com a velocidade da luz. Além disso ela consegue ver raios ultravioletas e também tem uma visão do que ocorre atrás de si, como se tivessem olhos na nuca. Obviamente, sua inteligência é adaptada para esse tipo de visão embora pareça bem confuso para nós.
  • Seu jeito de se alimentar também chama bastante atenção. Moscas conseguem sentir por onde estão pisando e com isso saber se o alimento é doce, podre, enfim, se agradará seu paladar, além de escolherem alimentos com cheiros fortes que também facilita na escolha de suas refeições. Por isso elas esfregam antes de jogar sua saliva, as patinhas.
    Como as moscas não tem dentes, elas jogam sua saliva junto com os ácidos digestivos, amolecendo o alimento e o deixando líquido, e depois disso o sugam por um cano pequeno, uma espécie de canudinho que fica no mesmo local que para nós é a boca.

Veja também

História da Harpia e Origem do Animal

Você já ouviu falar da harpia ? Pois bem, essa ave é o mesmo conhecido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *