Home / Animais / Habitat do Cervo: Onde Eles Vivem na Natureza

Habitat do Cervo: Onde Eles Vivem na Natureza

Os Cervos, os veados, as corças, o alce e o caribu (renas), pertencem a mesma família, os cervídeos (Cervidae) ou veados (venatu).

É uma família de herbívoros, que  vivem em uma grande variedade de habitat, como florestas, pântanos, desertos e tundras.

O cervos, especificamente são bastante adaptáveis, ao habitat onde vivem.

Veja, onde os cervos vivem na natureza:

Cervo-Almiscarado  (moshus mosehiferus)

É o mais primitivo dos cervos.

Vivem em habitat entre taigas montanhosas da Rússia, Coréia, China e Mongólia.

Traça atalhos, que percorre durante a noite pra pastar, e pra fugir de predadores até penhascos rochosos, atingindo altas velocidades.

A extração de sua bolsa glandular abdominal, que contém altas propriedades cosméticas e farmacêuticas, o faz vítima de “recolhedores de musk”.

Cervo Púdu (pudu mephistophiles)

Este cervo tem um parente próximo, o Pudu puda, ambos vivem na América do Sul.

São os menores cervos conhecidos, com altura de 30 a 40 cm., e comprimento de menos de 90 cm., são de tamanho de um cachorro.

Vivem solitários vagando entre florestas do Chile e da Argentina.

Constroem atalhos em meio a vegetação, para fugir mais facilmente dos predadores.

Cervo-do-Pantanal (blastocerus dichotomus)

Vive em várzeas, áreas brejosas e savanas inundáveis.

É o maior cervo da América do Sul, competindo em tamanho e altura com o alce.

Está muito bem adaptado às condições do pantanal, sendo um hábil nadador.

Possui membranas interdigitais  entre os dedos de seus cascos largos.

Cervo-de-Topete (elaphodus cephalophus)

É um pequeno cervo que vive numa ampla zona no meio da China e nordeste de Myanmar.

Também chamados cervos tufados, e apresentam uma pelagem espessa.

Vivem em zonas florestais em grandes altitudes de 300 mts., sempre próximas de corpos d’água.

Se alimentam de vegetais desde gramíneas até ramos de árvores, fartas em seu habitat.

Veado-D’água-Chinês (hydropotes inermis)

É um pequeno cervo que vive na  China e na Coréia, entre as moitas de cana e junco, onde pasta entre riachos e zonas úmidas.

Possui dois grandes caninos, mas não tem galhadas.

Embora tenha aparência de carnívoro, alimenta-se de ervas e brotos.

Seus dentões servem como arma de defesa contra predadores e em competições contra outros machos da espécie.

Muntjac-Comum (muntiacus muntjak), Muntjac-Indiano ou Muntjac-Vermelho

É um cervo que vive no sul e  sudeste da Ásia, principalmente na China.

Assim como o veado-d’água-chinês, esse cervo também tem dentões.

Além dos dentões, tem também as hastes, tornando seu aspecto curioso.

Seus hábitos alimentares são incomum, o que o torna ainda mais estranho, entre os cervos, pois além de se alimentar de sementes, brotos e ervas, ainda come ovos e até carcaça de animais.

Existem outras espécies do gênero Muntjac:

Muntjac-de-Fea (muntiacus feae), ou muntjac-de-tenasserim

É um cervo raríssimo, vive em matas de folha persistente e matas de arbustos da Ásia.

Muntjac-de-Crina ou Muntjac-Negro (muntiacus crinifrons)

Muntjac-de-Crina
Muntjac-de-Crina

É um cervo que vive na China , como na reserva florestal Nacional de Wuyanling.

Muntjacs de Reeves

Muntjacs de Reeves
Muntjacs de Reeves

Vivem na Índia e em outras regões da Asia.

Mazama Rufina

É um cervo pequeno que vive nos Andes da Colômbia, Equador e norte do Peru.

Vive nas florestas de montanhas entre 1400 e 3600 m de altitude.

Se alimenta de vegetais, a maioria ervas.

Prefere viver nestas áreas em virtude da abundante oferta de alimentos.

São regiões de mata fechada, impenetráveis para espécies maiores.

Vive em pequenos territórios, dominando atalhos que lhe  facilitem a fuga de predadores.

O gênero Mazama, tem outros membros:

O Veado-Mateiro (mazama americana)

Alimenta-se de frutos, folhas, flores, fungos e gramíneas e brotos que encontra, ao longo da Mata Atlântica, entre o México até a Argentina, onde vive.

Prefere ambientes florestais e de matas secundárias com farta oferta de alimentos, preferindo a proximidade com corpos d’água.

Frequenta ambientes de mata fechada, podendo se refugiar dentro de rios, pois sua adaptação o habilita a nadar.

Veado-Mão-Curta (mazama nana)

Este cervídeo vive em cativeiro em algumas áreas de preservação no sul do Brasil, como o Parque Nacional do Iguaçu e outras.

Pouco se sabe do comportamento desta espécie, dada a dificuldade de ser avistado e detectado, o que justifica seu status de animal “criticamente em perigo de extinção”.

Veado-Catingueiro (mazama gouazoubira)

Vive no Brasil e está presente em todos os seus biomas.

Dependendo da região em que vive, recebe outros nomes, como: veado-virá, virá, virote, guaçutinga, guaçucatinga, cabra silvestre, guaçubirá.

Vive em áreas de floresta secundária, com muita vegetação arbustiva.

Adaptou-se em viver, mesmo em áreas com intensa atividade agrícolas, como canaviais e plantios de Eucalyptus e Pinus.

Vejam onde vivem outros cervídeos:

Alce (Alces alces)

É o maior dos cervídeos, vive na Finlândia, na Suécia e na Noruega.

Grandalhão, sua altura chega a 2 mts.

Além de grandalhão, suas galhadas são espalmadas e largas.

Não consegue se alimentar de gramíneas, porque possui membros compridos mas seu pescoço é curto.

Pra se alimentar de brotos de plantas aquáticas tem que se meter na água.

Corça (capreolus capreolus)

Corça
Corça

É o cervídeo mais comum da Europa.

São encontradas nas montanhas e nas planícies, onde haja floresta fresca.

Parece ter preferência por regiões alagadas com vegetação baixa.

São encontradas desfilando pelas planícies no inverno e quando as temperaturas aumentam elas preferem as montanhas.

Na Sibéria são vistas migrando regularmente para áreas de pastagens.

Na França são adaptadas a viver em bosques próximos de florestas, e até em regiões de cultivo, principalmente no verão, quando são encontradas em meio as culturas de cereais.

São nômades, vivem mudando de moradia, de alimentação e de companhia.

Tem um parente asiático:

Corça-do-Oriente (capreolus pygargus) ou corça-siberiana

Corça-do-Oriente
Corça-do-Oriente

É um cervídeo que vive na China, na Mongólia e outras regiões asiáticas.

Caribu ou Renas (rangifer tarandus)

São cervídeoss que vivem nas regiões árticas do norte do Canadá, Alaska, Rússia, Escandinávia e Islândia.

Gosta de viver em lugares de frio intenso.

Foram abatidas nestas regiões para fornecer carne e peles.

Machos e fêmeas possuem galhadas.

Ervas e folhagens são sua alimentação preferida.

No inverno alimentam-se de fungos liquenizados e se acasalam.

Sua gestação dura sete meses,  e após dois meses as crias já se alimentam de ervas.

Veado-Vermelho (cervus elaphus)

Veado, Vive nas florestas do Velho Continente, onde ingere ervas, brotos e frutos.

Sua pele muda de cor conforme a estação do ano, tons anis escuros nas épocas mais frias e vai clareando até o verão.

Começa a exalar um tipo de perfume na época do acasalamento, costuma a anunciar sua chegada com um longo bramido grave.

Veja também

Furão Tourão: Características, Filhotes, Nome Científico e Fotos

O furão tourão é um nome muito comum usado para se referir ao furão, um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *