Home / Animais / Ficha Técnica do Bull Terrier: Peso, Altura e Tamanho

Ficha Técnica do Bull Terrier: Peso, Altura e Tamanho

O Bull Terrier é um cão único, graças à sua cabeça “ovo”. Alegre, fidedigno, e um verdadeiro atleta praticante de atividades se devidamente estimulado. Um cão com uma musculatura tão poderosa, mas que exige educação e socialização adequadas para ser um ótimo companheiro de família. De qualquer forma, o Bull Terrier pode ser um excelente cão de estimação, com sua propensão a brincar e seu caráter forte. No entanto, antes de adotar um Bull Terrier, é melhor aprender sobre seu caráter, vamos começar por sua ficha técnica:

Ficha Técnica do Bull Tterrier

Origem: Grã-Bretanha.

Tamanho: Miniatura sendo 35,5 cm e padrão 53 a 56 cm.

Altura: Vai de 45 a 55 cm.

Peso: Miniatura com 10 a 14 kg e padrão com 20 a 27 kg.

Expectativa média de vida: 10 a 14 anos.

Pelagem: Curto, plano, difícil de tocar e brilhante.

Cor: alvo pleno ou branco com algumas manchas pretas ou tigradas, amarronzado, preto tigrado, vermelho, tricolor. Em cães mais coloridos, a cor base predominante será geralmente o branco.

Características do Bull Terrier

Os Bull Terriers são terriers robustos e de ossos grandes que se movem com um passo alegre sugerindo agilidade e poder. A marca registrada da raça é uma cabeça longa e em forma de ovo, com orelhas eretas e pontudas e pequenos olhos triangulares que brilham com bom humor. Seus pelos vêm em dois tipos: branco; e qualquer outra cor (incluindo uma atraente faixa tigrada), sólida ou com marcas brancas.

Um Bull terrier bem feito é o retrato da determinação e do equilíbrio muscular. Existem quatro chaves para a felicidade Bull terrier: socialização precoce com cães e pessoas; treinamento firme, mas amoroso; amplo exercício; e muito tempo de qualidade com seus adorados humanos. Se esses requisitos forem atendidos, não haverá companhia mais leal, amável e divertida. Esta é a melhor “raça da personalidade”.

Características do Bull Terrier
Características do Bull Terrier

E é classificado em uma das seguintes categorias de tamanho: padrão e miniatura. O padrão é de aproximadamente 55 de altura e 56 de comprimento, pesando no máximo 27 kg. A miniatura tem uma altura máxima de aproximadamente 35 cm e pesa no máximo aproximadamente 15 kg.

Comportamento e Socialização da Raça

O Bull Terrier é brincalhão, amigável e carinhoso. Resultante de cruzamentos entre Terriers e Bulldogs, ele manteve desde suas origens uma vivacidade cheia de resolução. Embora ele goste de brincar, ele deve se acostumar com crianças pequenas muito cedo, porque ele não gosta de ficar irritado.

Esta raça de muito poder e vigor é mais adequado para pessoas elétricas e mais ativas porque deve ser gasto diariamente. Ele adora e precisa ser sempre estimulado em atividades com seus donos: caminhadas, corridas rápidas, jogos de bola ou outras atividades atléticas.

Bull Terrier com seu Companheiro
Bull Terrier com seu Companheiro

O Bull Terrier basicamente precisa de companhia humana. Leal, ele tem uma admiração ilimitada por seu dono e seus familiares. Se for deixado sozinho e não se mover o suficiente, ficará turbulento (mastigar objetos, cavar, perseguir a cauda, etc.)

Apesar de sua aparência imponente, esta raça de cães são muito amigáveis e recebem estranhos de modo alegre e entusiástico, embora tenha obviamente suas exceções. Quanto mais cedo acostumá-lo a receber docilmente outras pessoas e animais melhor para ensiná-lo em uma socialização adequada.

Esta raça de cão tem grande dificuldade de adaptação com cães da mesma raça ou com gatos. Além disso, costumam ser extremamente possessivos com sua alimentação. Evite terminantemente que seja molestado por qualquer um, pessoas ou outros animais, durante a sua hora de comida, mantendo uma distância segura.

Esta raça é conhecida por produzir cães obstinados. Seu dono tem de ser uma pessoa firme e de autoridade seguramente reconhecida por seu bull terrier. Do contrário, o cão demonstrará grande facilidade de conseguir sempre o que quer. Mais uma vez, um treinamento adequado desde bem filhote será de grande valia.

Apesar de toda a sua boa aparência, o Bull Terrier continua sendo um cão poderoso, reservado para professores com bons conhecimentos e habilidades no treinamento de cães.

Problemas Comuns e Cuidados com o Bull Terrier

Este cão pode estar sujeito aos seguintes problemas:

  • Surdez unilateral ou bilateral – defeito hereditário;
  • Problemas de pele – especialmente em cães brancos (carrapatos, pioderma, demodicose, dermatite atópica);
  • Problemas cardíacos congênitos (sopro cardíaco, estenose subaórtica, displasia da válvula mitral);
  • Problemas renais;
  • Luxação da lente cristalina – defeito hereditário;
  • Problemas articulares (displasia do quadril, luxação da rótula).

Para evitar problemas de surdez, peça ao criador que lhe forneça os resultados do teste de PEA (Potencial Evocado Auditivo) do seu filhote, bem como o dos pais. E ara prevenir sempre, leve-o no veterinário sempre que possível para avaliar suas condições.

Alimentação do Bull Terrier

O Bull Terrier tem um bom apetite. Como é atarracado, deve-se tomar cuidado para não alimentá-lo demais, pois pode facilmente se tornar obeso. É simplesmente necessário manter seu peso de forma por uma digestibilidade muito boa dos alimentos, sem ingestão excessiva de gordura. Sua dieta deve ser adaptada à sua musculatura poderosa, aos seus altos requisitos de energia e ao seu revestimento brilhante. É necessário um período de descanso antes e após cada refeição para evitar dores de estômago.

Alimentação do Bull Terrier
Alimentação do Bull Terrier

Observe bem que a quantidade e o tipo de alimento para o Bull Terrier depende de seu peso, idade, saúde e nível de atividade física.

Lembretes Sobre o Bull Terrier

O Bull Terrier desfrutará de uma família ativa, pronta para envolver seu cão em suas atividades.

Geralmente, não é recomendado para famílias com animais de estimação ou crianças pequenas.

O dono do Bull Terrier deve ser do tipo esportivo, pois é um cão que precisa se exercitar todos os dias.

Ele deve estar disponível várias horas por semana para realizar muitas atividades com seu cão: longas caminhadas, jogos, corrida, aulas de agilidade, etc.

Bull Terriers com seus Donos
Bull Terriers com seus Donos

O Bull Terrier não tolera a solidão; seu mestre deve ser alguém presente, que não deve estar ausente constantemente.

Este cão é feliz quando está se movimentando e quando está cercado pela sua família .O Bull Terrier tem uma personalidade forte e muitas vezes é teimoso.

Seu dono deve ser autoritário e pronto para investir em sua educação. Um Bull Terrier pouco educado e pouco socializado rapidamente se tornará doloroso de cuidar para seu dono, sua família e sua comitiva, pois ele tenderá a suspeitar de estranhos e ser agressivo com outros animais.

E por último é bom lembrar que esta raça não é recomendada para proprietários iniciantes.

Veja também

Como Cuidar de um Bull Terrier Filhote: Cuidados e Doenças

Os primeiros exemplares do Bull Terrier eram todos brancos e se originaram na Grã-Bretanha por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *