Home / Animais / Ciclo de Vida do Bicho Preguiça: Quantos Anos Eles Vivem?

Ciclo de Vida do Bicho Preguiça: Quantos Anos Eles Vivem?

O Brasil possui muitos animais tidos como exóticos, que têm detalhes muitas vezes desconhecidos ou anormais para muitas pessoas. Dessa maneira, com toda a sua dimensão continental, era de se imaginar que o país tivesse inúmeros animais de destaque. Assim, seja pela sua aparência física diferenciada ou pelo tamanho que chama a atenção, o certo é que o Brasil possui uma longa lista de animais atrativos.

Muitos deles estão presentes em todo o território nacional, mas, em diversos casos, esses animais apenas podem ser encontrados na Floresta Amazônica. Isso porque, com grande parte da sua extensão no Brasil, a Amazônia guarda inúmeros animais curiosos.

Esse é o caso, por exemplo, do famoso bicho-preguiça, que até pode ser visto em outras partes do país, mas se encontra de forma mais vasta na região amazônica. Na verdade, em muitas cidades do Amazonas, por exemplo, é bastante comum que um bicho-preguiça atravesse ruas ou avenidas movimentadas.

Porém, por mais que as pessoas pensem que o bicho-preguiça pode ser charmoso e muito bonito, a grande verdade é que esse animal possui a capacidade de causar muitos danos às pessoas. Isso acontece pelo fato de a preguiça ter unhas muito grandes, capazes de perfurar a pele humana com facilidade. Contudo, na grande maioria dos casos o animal acaba por se manter afastado das pessoas, apenas preocupando-se em buscar alimentos e fugir dos muitos predadores que possui na região, como onças e cobras maiores, que podem ser um grande problema para a preguiça.

Tempo de Vida do Bicho-Preguiça

O bicho-preguiça pode viver muitos anos quando livre na natureza, podendo chegar até mesmo aos 40 anos de idade. Contudo, em linhas gerais é mais comum que o animal viva por cerca de 30 a 35 anos.

Muitas vezes a morte do animal acontece pelas mãos humanas, o que faz com que o número de preguiças mortas precocemente seja grande ao longo dos anos. Porém, não são apenas as pessoas que podem matar o bicho-preguiça, já que esse animal encontra muitos predadores por todo o Brasil. Na Floresta Amazônica, por exemplo, o bicho-preguiça costuma ter as onças como inimigas.

Dessa maneira, por ter movimentos lentos e estar quase sempre em locais acessíveis às onças, o bicho-preguiça acaba por ser uma presa aparentemente fácil. Para se defender dos ataques, a preguiça costuma fazer uso das suas longas unhas, atacando preferencialmente a cabeça dos predadores. Em alguns casos, o bicho-preguiça consegue até mesmo fugir dos ataques e se livrar dos problemas.

Características do Bicho-Preguiça

O bicho-preguiça possui muitas características únicas, o que torna complicado não reconhecer o animal. De toda maneira, ainda assim é bastante positivo estar por dentro de todos os detalhes relacionados ao bicho-preguiça. É importante saber, por exemplo, que a preguiça pesa entre 4 e 6 quilos quando em fase adulta, a depender da oferta de alimentos à sua disposição.

Já em relação a esses alimentos, geralmente o bicho-preguiça gosta de comer folhas, raízes, frutos e alguns brotos que podem dar em árvores da região na qual está inserido. O animal até pode atacar a outros animais, mas, em geral, o faz para defesa. O bicho-preguiça costuma, também, dormir por cerca de 14 horas, o que soma quase um terço do dia apenas dormindo. Também por isso o animal é conhecido por ser preguiçoso e lento, por mais que não se movimente de forma tão lenta quanto as pessoas costumam imaginar.

Bicho-Preguiça Abraçado em Uma Árvore
Bicho-Preguiça Abraçado em Uma Árvore

O bicho-preguiça, ademais, costuma descer do topo das árvores apenas algumas poucas vezes por semana, podendo chegar a descer apenas uma vez a cada 7 dias. Quando o faz, geralmente é para realizar as suas necessidades fisiológicas, não podendo fazê-lo no topo da árvore.

Mais Informações Sobre o Bicho-Preguiça

O bicho-preguiça não possui um sistema de visão muito bom ou complexo, o que faz com que o animal se oriente muito pelo olfato. Dessa maneira, o escuro acaba por não ser um grande problema para a preguiça, que possui hábitos noturnos. Na realidade, os encontros do bicho-preguiça com as onças na Floresta Amazônica acontecem muito pelo fato de o animal possui os tais hábitos noturnos, o que torna mais fácil que ambos os animais se encontrem.

Além disso, a preguiça gosta de viver em grupos pequenos, que podem ser compostos por 4 ou 5 indivíduos. Contudo, o mais comum é ver esse animal praticando os seus atos, como descer do topo das árvores para atender às suas necessidades fisiológicas, sozinho, sem a parceria de companheiros.

Já o período de gestação de um bicho-preguiça pode levar de 120 dias a 180 dias, já que esse tipo de mamífero costuma demorar bastante até finalmente parir o filhote. O tempo é semelhante, por exemplo, ao período de gestação de muitos macacos ou orangotangos, já que o sistema corporal desses animais possuem diversos detalhes em comum. De toda forma, logo após nascer o filhote do bicho-preguiça ainda leva algum tempo até estar pronto para o mundo.

Aparência do Bicho-Preguiça

O bicho-preguiça é sempre tido como um animal bonito, sobre o qual as pessoas gostam de falar. Assim, muitas vezes as pessoas pensam que o bicho-preguiça é dócil e que lida bem com a interferência humana. Contudo, por mais que o animal não seja realmente agressivo, a preguiça pode, sim, machucar os humanos. Quando em condição de fragilidade, sentindo-se ameaçada, a preguiça pode atacar as pessoas a partir das suas grandes e fortes unhas.

De qualquer forma, nem por isso esse animal deixa de ser bonito e muito chamativo, mas uma dica importante é, ao entrar em contato com o bicho-preguiça, respeitar o espaço do animal. Além disso, a preguiça ainda não possui dentes muito fortes, o que dá a impressão de que o animal está sempre sorrindo na direção das pessoas.

Filhote do Bicho-Preguiça
Filhote do Bicho-Preguiça

Portanto, apenas por esse motivo o bicho-preguiça já ganha muitos fãs e faz a alegria de muitas pessoas. Quanto aos seus predadores, além da onça na Floresta Amazônica, há também muitas serpentes ou outros tipos de cobras que podem atacar o bicho-preguiça. Porém, para o animal é mais simples fugir das cobras, que não costumam ser muito efetivas no topo das árvores.

Veja também

Lagarto Chicote- de- Garganta- Alaranjada: Características e Fotos

O lagarto chicote de garganta alaranjada (nome científico Aspidoscelis hyperythrus) é uma espécie nativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *