Home / Animais / Características do Boi: Alimentação e Ficha Técnica

Características do Boi: Alimentação e Ficha Técnica

O boi (Boas taurus) é um mamífero ruminante do sexo masculino pertencente à família taxonômica Bovidade, na qual também estão presentes as cabras, antílopes, ovelhas e bisontes. A domesticação da espécie teria iniciado a cerca de 5000 anos tendo como uma das finalidades o fornecimento de leite pelas vacas (seu correspondente feminino). Todavia, a comercialização e consumo de sua carne, bem como couro, sempre foram muito apreciados.

Atualmente, as criações de gado podem ser encontradas em muitas partes do mundo, sendo que o Brasil é detentor de um dos maiores rebanhos. Além das finalidades de consumo/ comercialização de leite, carne e couro, por aqui, o gado foi muito importante dentro da época do Brasil Colônia- tendo por finalidade trabalhar na moenda dos engenhos de canade-açucar.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre este grande mamífero.

Então venha conosco e boa leitura.

Características do Boi: Classificação Taxonômica

A classificação científica para esses animais obedece a seguinte estruturação:

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Mammalia;

Ordem: Artiodactyla;

Família: Bovidae;

Subfamília: Bovinae;

Gênero: Bos;

Espécies: Bos taurus.

Os bovinos, de modo geral, estão categorizados na subfamília Bovinae. Ao todo, são aproximadamente 24 espécies e 9 gêneros. Todos possuem casco (sendo classificados como ungulados) e porte entre médio a grande. Essas espécies incluem o búfalo, o boi doméstico, o bisonte (espécie europeia com ‘juba’, chifres curvados e ombros elevados), o iaque (espécie encontrada na Ásia Central e Himalaia), assim como os antílopes de 4 chifres.

O gado-bovino-doméstico (nome científico Bos taurus) possui 2  subespécies, sendo elas o gado-europeu (nome científico Bos taurus taurus) e o gado zebu ou indiano (nome científico Bos taurus indicus). As raças de origem indiana demonstram maior resistência ao clima tropical, logo, essas são as raças mais encontradas no Brasil (com nomes de Nelore,Guzerat, Gir e outros); assim como as raças mestiças com o gado europeu (como é o caso do Canchim).

Características do Boi: Alimentação e Ficha Técnica

O macho da espécie Bos taurus é conhecido como boi ou touro. A denominação para fêmea é vaca. Já o animal mais jovem pode ser chamado de bezerro, e, posteriormente, novilho.

Existem muitas raças de gado, logo há certa variação em características como a coloração, pesagem e presença (ou ausência de chifres). As cores mais frequentes da pelagem são branco, preto, cinza, amarelo (ou bege), castanho ou ruivo. Geralmente também possuem manchas com tom diferente da coloração predominante.

O peso médio dos machos varia de acordo com a espécie, mas pode estar compreendido entre 450 a 1.800 quilos. No caso das fêmeas, esta variação está compreendida entre 360 a 1.000 quilos.

Tanto as espécies de gado selvagem quanto o gado doméstico alimentam-se de pasto e outros vegetais. São classificados como animais ruminantes, logo, após o alimento ser engolido, ele retorna do estômago à boca para ser engolido novamente. O processo de ruminação auxilia na digestão das fibras de celulose e hemicelulose.

Animais ruminantes possuem vários compartimentos gástricos (no caso, 4), sendo eles o rúmen, retículo, omaso e abomaso. Esses animais também podem ser chamados de poligástricos. A recolhida do alimento é realizada através da língua, a qual manifesta um formato de foice.

As vacas domesticadas desenvolvem um comportamento muito gregário, logo são vistas com frequência em rebanhos. Podem interagir dentro desses rebanhos, estando em curtas ou longas distâncias. Tal interação ocorre através de vocalizações. O curioso é que a mãe e o seus filhotes podem interagir de modo específico, mantendo certa peculiaridade.

Conhecendo Outros Animais da Família Bovinae: Os Búfalos

O búfalos são herbívoros de grande porte que apresentam o corpo em formato de barril. O peito é largo, as pernas são robustas, o pescoço é largo, porém curto. A cabeça é descrita como massiva, contando com dois chifres que podem se recurvar para cima ou para baixo- os quais estão unidos no ponto de início. Normalmente, as fêmeas possuem chifres mais curtos e mais finos do que o macho. É natural que o pelo vá escurecendo na medida em que estes animais envelhecem.

São animais gregários e vivem em bandos que possuam entre 5 a 500 indivíduos, dependendo da espécie. Esse valor máximo pode aparecer exorbitante, porém, certos pesquisadores relatam já terem visto bandos com 3.000 indivíduos. Todavia, em bandos gigantescos como esse, não há muita coesão social.

Ao todo, existem 4 espécies de búfalos pertencentes ao principal gênero (Bubalus). São elas o búfalo Anoa (nome científico Bubalus depressicornis); o selvagem búfalo asiático (nome científico Bubalus arnee); o Bubalus bubali (derivado da domesticação da espécie citada anteriormente); e o Bubalus mindorensis.

O búfalo Anoa vive apenas na Indonésia. No caso Bubalus mindorensis, a restrição é maior ainda, uma vez que estão presentes apenas na ilha de Mindori, nas Filipinas.

Também existem outras espécies e gêneros de búfalos, a exemplo do búfalo africano (nome científico Syncerus caffer), o qual, normalmente, é encontrado em savanas e áreas protegidas.

Conhecendo Outros Animais da Família Bovinae: O Iaque

O iaque ou yak (nome científico Bos grunniens ou Poephagus grunniens) é um herbívoro de longos pelos encontrado no Himalaia e outras áreas da Ásia.

Indivíduos machos e selvagens podem atingir até 2,2 metros de comprimento (desconsiderando a cabeça). Os longos pelos representam uma forma de proteção contra o frio. O peso pode alcançar a marca de 1.200 quilos. A cabeça e o pescoço são bastante destacados e podem corresponder a uma média de 3 a 3,4 metros.

Poephagus Grunniens
Poephagus Grunniens

Curiosamente, são capazes de secretar uma substância no seu suor que é capaz de manter os pelos de baixo entrelaçados, de modo que possa proporcionar um isolamento térmico adicional.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre a família Bovinae, os bois e a ua alimentação ruminante, que tal continuar por aqui para visitar também outros artigos do site ?

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral. Sinta-se à vontade para digitar um tema de sua escolha em nossa lupa de pesquisa no canto superior direito. Caso não encontre o tema desejado, você pode sugeri-lo abaixo em nossa caixa de comentários.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Brasil Escola. Bovinos (Bos taurus). Disponível em: < https://brasilescola.uol.com.br/animais/boi.htm>;

Brittanica Escola. Gado. Disponível em: < https://escola.britannica.com.br/artigo/gado/480928>;

Multirio RJ. A criação de gado. Disponível em : < https://www.multirio.rj.gov.br/historia/modulo01/criacao_gado.html#>;

Mundo Educação. Boi (Bos taurus). Disponível em: < https://mundoeducacao.uol.com.br/biologia/boi.htm>;

Wikipédia. Iaque. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Iaque>;

Wikipedia em English. Bovinae. Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Bovinae>;

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *