Home / Plantas / Curiosidades Sobre o Alface

Curiosidades Sobre o Alface

Preferência nacional para a composição de saladas, o alface é uma hortaliça rica em vitaminas e sais minerais. Acredita-se que, desde o ano 500 A.C., este alimento já tenha sido inserido na alimentação humana. Logo, o alface pode ser considerado a hortaliça mais antiga do mundo.

Ele é consumido em larga escala em todo o mundo. No Brasil, estatísticas revelam que 40 % do total de gastos com verduras nos supermercados e feiras livres estão destinados à compra de alface.

Apenas no Estado de São Paulo, estima-se que sejam produzidas 130 mil toneladas de alface por ano.  O cultivo no Brasil é realizado através do cultivo orgânico (mediante à agricultura familiar e de subsistência), cultivo hidropônico e produção em estufa. Essa diversificação aumenta a produtividade e oferece resultados mais satisfatórios aos consumidores. Leia mais sobre o assunto no artigo Cultura do Alface .

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais das curiosidades sobre o alface, sua história, sugestões de uso, benefícios para a saúde e a razão de tamanha popularidade.

Então, venha conosco e boa leitura.

Curiosidades Sobre o Alface: Características Gerais

A palavra “alface” deriva da raiz “lac”, oriunda do latim, que significa leite. Esta nomenclatura refere-se ao suco leitoso encontrado no caule de alfaces maduras.

A alface cultivada recebe o nome científico de Lactuca sativa sp., e apresenta variações de espécies com base no tamanho, cor e sabor das suas folhas.  O gênero Lactuca abrange cerca de 100 espécies conhecidas.

De acordo com a classificação botânica, este gênero está incluso na família Asteraceae, tribo Lactuceae.

Curiosidades Sobre o Alface: Dados Históricos

Acredita-se que esta hortaliça seja de origem asiática. No entanto, há registros que comprovam que ela já foi utilizada por romanos, egípcios e gregos; além de outras civilizações antigas, tal como o povo sumério.

Possivelmente, o movimento mercantil e cultural proporcionou a disseminação do alface para várias partes do mundo.

A definição deste alimento como um produto globalizado pode estar relacionado ao imperialismo romano na Antiguidade, que difundiu a cultura agrícola desta hortaliça.

Curiosidades Sobre o Alface: Variedades da Espécie

Os tipos de alface mais consumidos na atualidade são a alface crespa, alface roxa, alface lisa, alface mimosa, alface romana, alface americana, alface-de-cordeiro, alface repolhuda (também chamada de alface aspargo) e alface galega.

A alface americana tem um valor nutricional inferior às demais, no entanto tem uma relativa resistência ao calor, razão pela qual é frequentemente utilizada para montagem de hambúrgueres.

A alface lisa é a mais consumida, tem folhas macias e com um sabor mais suave. A alface romana tem folhas verde-escuro, e é frequentemente utilizada em saladas do tipo Caesar.

Curiosidades Sobre o Alface: Informação Nutricional

Estima-se que a cada 100 gramas de alface haja de 15 a 17 calorias. Seu aporte energético é baixo, considerando que 95 % do peso da hortaliça é composto por água.

Nas 100 gramas da hortaliça há 2,87 gramas de carboidratos totais; 1,3 gramas de fibra dietética; 1,36 gramas de proteínas totais. Em relação à concentração de minerais, há 194 mg de Potássio; 36 mg de Cálcio; 29 mg de Fósforo; 28 mg de Sódio; 13 mg de Magnésio; 0,86 mg de Ferro.

Tabela Nutricional da Alface
Tabela Nutricional da Alface

Há a presença de vitaminas importantes, são elas: Vitamina K (126,3 µg); vitamina A (370 µg); Vitamina E (0,22 mg); Vitamina C (9,2 mg); Vitamina B1 (0,070 mg); Vitamina B2 (0,080 mg); Vitamina B3 (0,375 mg); e Vitamina B9 (38 µg).

Curiosidades Sobre o Alface: Conhecendo os Benefícios Para a Saúde

A alface, assim como a maioria dos vegetais folhosos, é rica em fibras e contribui significativamente para um bom peristaltismo intestinal. É uma excelente opção para evitar quadros de constipação.

Pode prevenir e controlar a diabetes tipo 2, pois forma um gel que permite que a glicose seja liberada gradualmente, evitando, dessa forma, picos de glicemia no sangue. Outro fator importante é que a alface traz saciedade e diminui o desejo de consumir doces.

A hortaliça, principalmente a região do talo, é um excelente calmante natural, altamente indicada para pessoas ansiosas e que sofram de insônia com frequência. Isto deve-se à presença de uma substância chamada lactulina. Consumir alface à noite é uma excelente pedida para dormir melhor. Uma sugestão é adicionar suco de alface (batido no liquidificador) à alguma bebida quente adoçada com mel.

O ácido fólico (também conhecido como folato, ou vitamina B9), presente no alface, atua otimizando a síntese de neurotransmissores como a serotonina, dopamina e noradrenalina. Esses neurotransmissores, além de regularem a sensação de ansiedade, também são excelentes para aumentar o bem-estar emocional.

Por ser rica em clorofila, a alface pode alcalinizar e desintoxicar o organismo, com atenção especial para o fígado. Nesses casos, é melhor dar preferências ás espécies da hortaliça com folhas verde-escuro que, apesar do sabor um pouco mais amargo, tem uma concentração maior de fitoquímicos, vitaminas e minerais.

Outras finalidades medicinais do alface incluem amenizar os sintomas de bronquite, varizes, gota, acidose, gripe, reumatismo, eczemas, bócios, gastralgia.

Para uso interno, o consumo pode ser realizado através de saladas ou chá. No preparo do chá, adicionar 100 gramas de alface para 1 litro de água. Ingerir o chá de 3 a 4 vezes ao dia. Também existe a opção de fazer suco de alface, no entanto, as propriedades são mais bem aproveitadas através do chá.

Situações de inflamações e edemas externos podem ser aliviadas com o uso externo da hortaliça. Nesses casos, deve-se aquecer as folhas com água quente, e deixa-las a uma temperatura suportável, de modo que possam ser aplicadas de duas a mais vezes ao dia nas áreas inflamadas.

Curiosidades Sobre o Alface: Dicas de Compra e Conservação

Ao escolher a hortaliça, dê preferência para folhas frescas e brilhantes. Evite comprar folhas molhadas.

Principalmente nas feiras livres, muitas vezes os comerciantes podem molhar a folha para dar a falsa impressão de estarem frescas. Observe se elas moles, quebrando com facilidade ao toque.

Para aqueles que pretendem conservar a hortaliça na geladeira, devem mantê-la dentro de um saco plástico transparente ou, preferencialmente, dentro de um recipiente plástico com tampa. À medida que o consumo for realizado, retirar as folhas gradualmente. A alface estraga com rapidez, logo também é necessário remover folhas que estejam estragando.

Para aqueles que não usam a geladeira para conservação, a dica é manter a hortaliça por até um dia dentro de um saco plástico aberto, ou com a parte de baixo em contato com uma recipiente com água.

Gostou das dicas?

Agora que você conhece um pouco mais das curiosidades sobre o alface, continue conosco e conheça outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Beleza e saúde. Conheça os benefícios da alface. Disponível em: < https://belezaesaude.com/alface/>;

Portal São Francisco. Alface. Disponível em: < https://www.portalsaofrancisco.com.br/alimentos/alface>.

Veja também

Como Plantar Cravos por Estaca

A Grande Mudança da Nossa Espécie Os seres humanos, conhecidos cientificamente como Homo sapiens, é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *