Home / Natureza / Curiosidades Sobre Vulcões no Brasil

Curiosidades Sobre Vulcões no Brasil

Os vulcões são estruturas geológicas de grande magnitude. Suas erupções tem impacto significativo, seja nas proximidades (através do fluxo piroclástico) ou a nível global (através de alterações sutis na temperatura do planeta).

O Brasil é um país tropical, conhecido por suas belezas naturais e pela ausência de desastres naturais. Terremotos, furacões e vulcões não são comuns por aqui, e muitos diriam até que são inexistentes.

No entanto, pesquisadores descobriram que, ao longo da história evolutiva do planeta Terra, o território que hoje compreende o nosso país possuía vários vulcões, principalmente ao longo da extensão da Amazônia à Santa Catarina (o que confere um amplo espaço territorial).

Vulcão Mais Antigo do Mundo, Fica na Amazônia
Vulcão Mais Antigo do Mundo, Fica na Amazônia

Apesar da história arqueológica impressionante, as descobertas não param por aí. Acredite se quiser, mas atualmente existe mais de um vulcão no país.

Ficou curioso? Então, esse artigo foi feito para você.

Venha conosco e boa leitura.

Existe Algum Vulcão no Brasil?

Na cidade de Iguaçu, estado do Rio de Janeiro, alguns geólogos encontraram indícios de um vulcão inativo.  Contudo, a existência deste vulcão ainda não foi validada e precisa de estudos mais minuciosos para isso.

Existe um Segundo Vulcão Atualmente no País?

Um segundo vulcão existente no Brasil está presente na Amazônia, e os estudos realizados sobre o tema estão quase completamente confirmados.

No entanto, se engana quem pensa que este seria um vulcão qualquer. Acredite ou não, mas o vulcão da Amazônia provavelmente é o mais antigo do planeta. Estima-se que a sua idade seja de 1,9 bilhões de anos.

A localização do nosso vulcão amazônico é entre o Rio Tapajós e Jamanxim. Ele faz parte de uma área formada por rochas vulcânicas que se chama Uatumã.

Acredita-se que, em tempos pré-históricos, o Uatumã estendia-se sobre o Amazonas, Pará, Mato Grosso, Roraima e território de países vizinhos, como a Venezuela e o Suriname.

Algumas pesquisas apontam a possibilidade de que este vulcão tenha atingido até 400 metros de altura. No entanto, está atualmente inativo e não representa riscos.

Contudo, engana-se quem pensa que este pode ser o único vulcão amazônico, pois o cenário da nossa atual floresta era completamente distinto nos primórdios da vida terrestre. No complexo de Uatumã, outras estruturas geológicas foram encontradas e estão em fase de estudo e análise.

Evidências apontam a existência de caldeiras vulcânicas de até 20 Km de diâmetro. Os geólogos afirmam que a estrutura dos vulcões era semelhante às estruturas hoje encontradas no oeste dos Estados Unidos e no México, mais precisamente na Sierra Madre Ocidental.

Cenário Arqueológico Pré-Histórico do Brasil

Arqueologia Brasileira
Arqueologia Brasileira

Apesar da Amazônia ser caracterizada atualmente pela imensa diversidade animal e vegetal, os cientistas a descrevem a bilhares de anos atrás como um território desértico, inóspito e com muitos vulcões ativos.

Acredita-se que a vegetação amazônica teria se originado a aproximadamente 400 milhões de anos atrás. Na época de atividade vulcânica intensa, a única atividade biológica era a aquática, desenvolvida por bactérias e algas. Apesar do território desértico, ele era úmido e apresentava rios (o que se assemelha em parte à configuração do clima amazônico atual). Mesmo úmido, o clima era quente e apresenta uma taxa de evaporação alta.

Com a intensa atividade vulcânica, muitos pesquisadores investigam (até hoje) se houve a formação de metais preciosos no local. Indícios do depósito de ouro, cobre e Molibdênio já foram encontrados.

É importante saber que o planeta Terra passa por ciclos geológicos, e se atualmente no Brasil não temos mais vulcões ativos e não sentimos o efeito de catástrofes como terremotos e furacões, é provável que, daqui a alguns milhares de anos (ou centenas de milhares de anos), esses eventos naturais possam retornar.

Muitos pesquisadores afirmam que não vulcões ativos na atualidade, em razão do território do país estar situado em uma área continental das placas tectônicas, ou seja, um território afastado da zona de encontro entre uma placa e outra. Um outro fator é o relevo antigo, que provavelmente já foi geologicamente muito desgastado por agentes corrosivos, que possam tem contribuído para o desaparecimento de grande partes das crateras vulcânicas.

Estudos Geológicos Nacionais

Geologia Nacional
Geologia Nacional

No Brasil, a maioria dos estudos que indicam a provável existência de vulcões são realizadas pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e Universidade federal do Mato Grosso (UFMT), em parceria com universidades americanas e europeias.

Ainda existem outras publicações e pesquisas realizadas pela Universidade de São Paulo (USP).

Outros Indícios Vulcânicos

Além do vulcão do Rio de Janeiro, do vulcão amazônico mais antigo do planeta, e das demais evidências em território amazônico, outros indícios apontam para os Estados de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo.

Entre o estado do Mato Grosso do Sul e o Paraguai, há um terreno roxo e basáltico, o qual acredita-se ser resquício de atividades vulcânicas a, pelo menos, 130 milhões de anos atrás. No entanto, neste local não há evidências que apontem para a existência de um vulcão propriamente dito, mas sim de uma erupção fissural.

A erupção fissural é caracterizada por fendas formadas no solo, devido à pressão do magma e dos gazes no interior de solos vulcânicos. A ejeção de lava ocorre através dessas fissuras.

O solo basáltico também é comum no sul e Sudeste do país. Acredita-se que a cor roxa seria resultante da ação da reação química provocada na interação com a chuva, sol e vento. O solo basáltico é considerado um solo extremamente fértil e favorável à agricultura.

Foto de Uma Erupção Fissural
Foto de Uma Erupção Fissural

Em São Paulo, acredita-se que, há pelo menos 1,4 bilhões de anos, onde hoje está situada a cidade de Guarulhos, havia um assoalho marinho repleto de vulcões. Na cidade de Pirapora de Bom Jesus (SP), acredita-se que as estruturas vulcânicas existiram há pelo menos 800 milhões de anos atrás.

Em Minas Gerais, nas cidades de Poços de Caldas e Araxá, foram identificadas evidências do que poderia ser os vulcões mais jovens do território nacional. Estima-se que datem de 60 milhões de anos atrás.

Falsos Vulcões

Vulcão Falso em Caldas Novas
Vulcão Falso em Caldas Novas

Muitos acreditavam (inclusive os geólogos) que na Cidade de Caldas Novas (Goiás) também existisse um vulcão, devido á existência de águas termais na região. No entanto, esta história foi desmentida. As águas termais são resultantes do aquecimento geotérmico, o qual acontece em muitas partes do mundo, inclusive na Antártida.

Na cidade de santos, no litoral paulista, também acreditava-se na existência de um vulcão no Bairro de Macuco. Esta lenda teria surgido quando algumas escavações foram realizadas no local, e provocaram a liberação de alguns gazes quentes. Contudo, após o incidente, descobriram que esses gazes teriam advindo de um poço artesiano.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o passado arqueológico do país, continue conosco e conheça outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Fatos Curiosos. Você sabia que existe um vulcão no Brasil. Disponível em: <https://www.fatosdesconhecidos.com.br/voce-sabia-que-existe-um-vulcao-no-brasil/>;

Mundo Educação. Existem vulcões no Brasil ? Disponível em: <https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/existem-vulcoes-no-brasil.htm>;

SOUZA, M. UOL NOTÍCIAS. Amazônia brasileira esconde vulcões inativos de até 2 bilhões de anos. Disponível em: <https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2017/10/06/amazonia-brasileira-esconde-vulcoes-inativos-de-ate-2-bilhoes-anos.htm?mobile>.

Veja também

Um Solo Argiloso Pode ser Humífero?

Quem mexe com jardinagem encontra alguns impasses pelo caminho. Um deles é justamente este: o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *