Home / Natureza / Cobra Marrom Fina

Cobra Marrom Fina

A cobra marrom fina, também conhecida como cobra cipó, é uma cobra que pertence a família Colubridae e que vive a grande parte de seu dia enrolada em árvores. Pelo fato de ser uma cobra muito fina e possuir a coloração marrom bem discreta e que se assemelha a cor do tronco de algumas árvores, a cobra marrom fina consegue se camuflar muito bem neste meio, e muitas das vezes acaba passando até despercebida nesses locais.

É uma cobra que pode ser facilmente encontrada no continente americano, em países como a Bolívia, o Paraguai e até mesmo no Brasil. Em nosso país, esta espécie pode ser vista na maioria dos estados como Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Goiás e na Bahia.

Esta espécie geralmente não costuma atacar a menos que se sinta muito ameaçada. Caso contrário, se tiver a oportunidade, a cobra marrom fina irá preferir se esconder ou fugir, ao invés de dar o bote.

Características da Cobra Marrom Fina

Como já falamos anteriormente, a cobra marrom fina é uma espécie que pode ser encontrada facilmente em regiões de mata e floresta no Brasil e por este motivo pode ser até que você venha a se deparar com uma caso costume frequentar estes locais.

Embora seja mais conhecida como uma espécie de cobra cipó, a cobra marrom fina possui o nome científico de Chironius carinatus. Esta é uma cobra de tamanho médio e que pode chegar a medir cerca de 1,20 metros. Assim como o próprio nome já diz, o seu corpo é bem fino, que junto a sua cor amarronzada, faz com que este animal realmente se assemelhe a um pedaço de cipó.

Cabeça da Cobra Marrom
Cabeça da Cobra Marrom

Sua cabeça é um pouco maior que o resto do corpo e além disto ela tem como característica olhos pretos bem grandes, com algumas nuances de amarelo. Possuem uma cor bem característica, sendo que apresentam uma cor marrom acinzentada na região superior e a parte inferior de seu corpo as suas escamas possuem um tom bem forte de amarelo com algumas de cor linhas cinza e marrom.

Cobra Marrom Fina e Seus Hábitos

Esta espécie ovípara e que costuma ter hábitos diurnos, ou seja, procuram por seu alimento e realizam a maioria de suas atividades durante o dia e durante a noite se recolhem. Elas costumam habitar locais de mata ou floresta pelo fato de terem o costume de ficar enroladas em galhos e troncos de árvore, em grande parte para poderem se esconder de seus predadores.

São cobras bem ágeis e que conseguem fugir rapidamente quando se veem frente a frente com os seus predadores ou quando estão em alguma situação de perigo.

Preferem ficar em locais mais úmidos e procuram se alojar em lugares que possuem um histórico mais frequente de chuvas. Por este motivo, habitam em grande parte do Brasil e praticamente não podem ser encontradas em outros países que não fazem parte do continente latino-americano e da rota das florestas tropicais.

Do que a Cobra Marrom Fina se Alimenta

A alimentação da cobra marrom fina é baseada na ingestão de pequenos animais em geral como lagartos e pequenos pássaros da natureza, sendo que é muito comum vê-la se alimentando principalmente de pequenos anfíbios, como os sapos, as rãs e algumas pererecas.

Hábitos da Cobra Marrom
Hábitos da Cobra Marrom

Porém, esta não é a sua única fonte de alimentação, uma vez que existem alguns registros deste animal se alimentando de cobras de outras espécies diferentes, exercendo assim, uma espécie de canibalismo.

A Cobra Marrom Fina tem Veneno?

Como já falamos mais acima, a cobra marrom fina é uma espécie que tem como característica o instinto de fuga quando se vê a frente de alguma situação que lhe represente perigo. Porém, quando se veem em alguma situação a qual ela percebe que não conseguirá fugir de nenhuma maneira e que põe a sua vida em risco, a cobra marrom fina tende a atacar o seu possível oponente ou predador dando-lhe o bote.

Embora possua dentes afiados e que certamente causarão certa dor a sua vítima, a cobra marrom fina não é uma espécie venenosa. Ou seja, a única consequência decorrente de sua mordida será a dor, além do susto, é claro.

Preservação da Espécie

Não só a cobra marrom fina, mas qualquer outra espécie de cobra costumam causar certo medo e desconfiança uma vez que são conhecidas por serem animais de peçonhentos e que oferecem certo risco  a vida do paciente. Como na maioria das vezes nós não conseguimos diferenciar qual a raça  da cobra ou se ela tem e a partir disto quando se deparam com este animal acabam por matá-lo e não devolvendo-os para a natureza.

Além disto existe a questão da derrubada desenfreada de árvores, que é algo que interfere diretamente na vida desses animais, fora todas as repercussões que podem haver.

De qualquer forma, é muito importante que haja a conscientização em relação a sua preservação, uma vez que esses animais exercem um papel fundamental na cadeia alimentar, pois devido a sua alimentação que é baseada em pequenos anfíbios e répteis, a cobra marrom fina acaba por exercer um papel muito importante que é o de controladora da população desses animais, evitando assim que haja um aumento da quantidade desses animais em demasia, se tornando assim um problema de pragas, que podem interferir até mesmo no ambiente urbano. Com isto, este animal é capaz de ajudar a manter o ecossistema em que vive totalmente equilibrado.

Cobra Marrom Venenosa
Cobra Marrom Venenosa

Embora seja difícil, devido a perda de seu habitat natural, pode ser que você se depare com este animal em cidades que se encontram mais próximas de matas, sendo assim recomenda-se que caso você venha encontrá-lo, o ideal é se afastar para evitar algum ferimento desnecessário e acionar o corpo de bombeiros de sua cidade. Caso venha a se machucar em decorrência de algum acidente com a cobra marrom fina, mesmo que ela não seja venenosa, o ideal é procurar um atendimento médico o mais rápido possível.

E ai? Gostou de saber alguns hábitos e curiosidades sobre a cobra marrom fina?

Veja também

Estudantes de Ecologia

Técnico em Ecologia

O técnico em ecologia é a pessoa que desempenha várias tarefas técnicas no campo e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *