Home / Natureza / Canyon Brasileiro no Rio Grande do Sul

Canyon Brasileiro no Rio Grande do Sul

A palavra cânion não é tão incomum para você, certo? O mais famoso deles — O Grand Canyon — já fez parte de diversas animações, documentários, filmes e é até hoje um dos locais mais visitados nos Estados Unidos, sendo uma grande atração turística.

Porém, aquele local não é o único existente. Essas formações rochosas existem em praticamente todo o mundo. E, sabia que aqui no Brasil existem vários deles? E que, inclusive, um dos 10 maiores do mundo (em extensão) está em nosso território?

Pode ser que você nem tinha conhecimento sobre isso, afinal, é muito pouco comum ter conhecimento sobre um assunto tão pouco difundido.

Canyon Brasileiro no Rio Grande do Sul
Canyon Brasileiro no Rio Grande do Sul

Um dos locais onde há a maior concentração de cânions no país é na região Sul do Brasil. Especificamente, entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, existe um lugar chamado de Aparados da Serra. Lá, diversas depredações estão formadas, e, inclusive, fica perto de um dos maiores cânions da América do Sul.

Este artigo está recheado de atrações incríveis. Possui diversas curiosidades para quem tem um espírito aventureiro. Ficou curioso com todas essas informações? Então continue com a leitura e conheça mais sobre os cânions brasileiros!

Cânion Churriado

O nome já trás a vaga memória de que esta beleza da natureza pertence ao sul do país. Localizado dentro do Parque Nacional da Serra Geral, este cânion fica a 23 quilômetros de uma cidade chamada Cambará do Sul.

Seus dados são impressionantes: possui 3 quilômetros de extensão e paredes que possuem entre 250 e 700 metros de altura! Quando você alcança o seu topo, irá se deparar com uma das mais belas vistas de todo o Brasil!

Cânion Josafaz

Este figura entre os maiores cânions do Brasil. Ele possui mais de 16 quilômetros de extensão e está a mais de 1 quilômetro acima do nível do mar. Não é muito visitado, pois o seu local é de difícil acesso. Ele está situado dentro de Aparados da Serra.

Cânion dos Índios Coroados

Ele não é um dos maiores do país, mas, com toda certeza, está entre os mais belos. Apesar de que, quando comparado com outros ele seja pequeno, suas dimensões ainda são surpreendentes: O cânion dos Índios Dourados possui 1,5 quilômetros de extensão e 700 metros de altura.

Seu grande trunfo é a diversidade da fauna, e, principalmente, da flora. Ele também abriga uma vista maravilhosa, e que, inclusive, dá para ver parcialmente outro cânion, o Molha Coco. Sua localização está dentro do Parque Nacional da Serra geral.

Cânion Fortaleza

Sendo o segundo maior do país, ele impressiona por causa do seu tamanho: Sua extensão ultrapassa os 7,5 quilômetros e sua profundidade chegam à 900 metros. O seu destaque se dá por conta da inúmera procura por praticantes de esportes como cavalgada, ciclismo, trekking, mountain bike e trilhas ecológicas.

Cânion Itaimbézinho

Também no Rio Grande do Sul, esse cânion possui 700 metros de altura e mais de 6 quilômetros de extensão. Este, conta com inúmeras quedas d’água e com certeza é um dos visuais mais bonitos para se visitar. Hoje, ele é o mais visitado dentro de Aparados da Serra e também o cânion mais procurado por turistas do Brasil.

Existem diversas trilhas que levam até a borda, e, caso o dia esteja claro, é possível observar o litoral do estado, juntamente com sua praia. Assim, a beleza do local só aumenta!

Nele é onde sai a queda d’água conhecida como “Cachoeira das Noivas”. Um local igualmente procurado pelos turistas.

Uma curiosidade é que ele era habitado por índios guaranis, que deram o nome ao local. “Ita” significa pedra e “Aimbé” tem o significado de cortada.

Cânion Malacara

Localizado entre os cânions Itaimbézinho e Fortaleza, faz parte do Parque Nacional dos Aparados da Serra. Para acessá-lo, você terá que pegar uma trilha com mais de 10 quilômetros de extensão, chamada Borda dos cânions (nome sugestivo, não?).

O Malacara possui uma profundidade de 700 metros e sua extensão é pouco maior que 3,5 quilômetros.

O grande diferencial é sua beleza selvagem, que a maioria dos visitantes não costuma ir. Ele é um dos maiores do Brasil e um dos únicos que possui acesso quase que completo ao público. Porém, pelo seu difícil acesso aliado ao seu tamanho gigantesco, desanimam a maioria das pessoas de percorrê-lo.

Aparados da Serra

Como foi dito no começo do artigo, um dos lugares com mais cânions para se visitar é entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, chamado de Aparados da Serra. A maioria dos turistas que vão para lá estão interessados no turismo ecológico. Afinal, sua beleza natural é incrível e não pode ser encontrada em nenhum outro local do país.

Aparados da Serra
Aparados da Serra

Além dessas depredações naturais, você também pode encontrar cachoeiras, rios e muitas outras riquezas que o nosso bioma possui.

Como se Forma um Cânion?

Você pode estar se perguntando: como que uma depredação dessas é formada? A resposta é simples: Por meio das chuvas, e, principalmente, pela ação dos rios. Como você pode ter notado, todos que foram descritos aqui possuem um rio que ainda colabora na formação da profundidade do cânion.

A criação deles levou milhares de anos para ser concluída, não foi pouco tempo. E, ainda hoje, muitos deles ainda sofrem transformações com o passar dos anos.

Outro modo em que eles são formados é através de terremotos e erupções na terra. Porém, mesmo neste caso, são as ações das águas que o fortalecem e dão sua escultura. Sem as chuvas ou os rios, nenhuma dessas belezas naturais poderia ser contemplada hoje.

Veja também

A Importância do Ar Para a Saúde

A importância do ar para a saúde está no fato de que é nele que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *