Home / Animais / O Urubu Rei Brasileiro

O Urubu Rei Brasileiro

O Urubu Rei Brasileiro é o maior e mais colorido urubu do Brasil. A ave é admirada pela plumagem e tem como característica uma saliência carnuda amarelo. Este foi o título utilizado pelo Globo Repórter, da Rede Globo, que transmite às sextas-feira um documentário que fala apenas de um assunto.

Sarcoramphus papa  é seu nome científico, popularmente chamado também por  urubu-rei, urubu-real, urubutinga, corvo-branco, urubu-branco, urubu-rubixá e iriburubixá, é uma ave da família Carthartidae.

Aliás, um título mais que merecido diante das características tão diferentes da ave, assunto de hoje no blog Mundo Ecologia.

No estado de São Paulo, tem o status de quase ameaçado, de acordo com a lista dos animais e aves ameaçados, ou seja, em perigo de extinção.

O seu popular nome está associado à sua exuberante coloração presentes na cabeça, em tons de preto, vermelho, laranja e amarelo.

Seu bico forte é o principal responsável pela sua força em abrir animais de grande parte para a sua alimentação e, justamente pelo seu tamanho, o Urubu Rei é capaz de manter afastadas outras aves quando está se alimentando de seu banquete. Afinal, ninguém pode tirar dele o fato de ser um rei, no caso específico, um rei que está se fartando de seu banquete. Quanto aos outros urubus, bem, eles não detém um título nobre, portanto, é normal que se mantenham afastados esperando a sua vez de se alimentar.

Outras Características Físicas Específicas do Urubu Rei Brasileiro

Características Físicas do Urubu Rei Brasileiro
Características Físicas do Urubu Rei Brasileiro

Seu tamanho chega tranquilamente até os 80 centímetros de comprimento. A envergadura de suas asas pode chegar até a 1metro e 80 centímetros de comprimento. A fêmea, também dessa espécie, sempre será maior que o macho, podendo pesar até 3 quilos e 700 gramas.

O urubu adulto apresenta a plumagem quase que totalmente branca, sendo que suas pontas e a cauda apresentam a coloração preta.

A cabeça e o pescoço são nus apresentando a coloração violáceo-vermelhas.

No urubu jovem, as penas são pretas até o sexto mês de vida. Após esse período, começam adquirir plumagem branco-amarelada no corpo. As penas da cauda e das asas continuam pretas. Após quatro anos de vida, esses jovens urubus atingem a plumagem adulta.

Nidificação e Alimentação dos Urubus Reis Brasileiros

Esta espécie de urubu detesta vegetais e flores, mesmo quando está faminto. Ele é carnívoro, mas não se alimenta de animais vivos, salvo se estiver faminto e existir perto dele, uma presa que agoniza. Geralmente, seus pratos favoritos são as carcaças de antas, capivaras, jacarés e qualquer outro animal que esteja morto. As fazendas são bons locais de alimentação, uma vez que podem existir gados mortos.

Seus locais preferidos para nidificação costumam ser o chão das matas, no meio de pedras, mas também em morros e montanhas. Costuma colocar apenas um ovo que tem o período de incubação entre 53 e 58 dias. O casal costuma revezar durante a incubação ou a fêmea faz o trabalho sozinha.

Corte e Acasalamento

No período chamado paradas nupciais, o “charmoso” e “exuberante” urubu rei, o macho corteja a fêmea empoleirado ou no solo, abrindo e fechando as asas e exibindo a vértice vivamente colorido para a fêmea, abaixando a cabeça (é um exibicionista galante).

Normalmente é visto voando alto, sozinho ou aos pares, mas raramente em grupos de vários indivíduos. É um hábito pousar nas árvores mais altas da mata, pois é um lugar calmo para dormir.

Quando sobrevoa uma área, chama a atenção o contraste do negro das asas e da causa com o corpo todo branco.

Na natureza tem poucos predadores naturais, porém, devido a baixa produtividade da espécie e principalmente e lamentavelmente à degradação do seu habitat, já frequentado por humanos, não podemos esquecer que esta é uma ave sensível aos impactos antrópicos, faz parte da lista de animais e aves em extinção, da qual já falamos anteriormente.

Distribuição Geográfica

Possui uma distribuição abrangendo toda a América Latina até o sul do México. Habita florestas, mas principalmente áreas de cerrado. Embora presente em toda a República Federativa do Brasil, é mais comum nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Encontrado também do México à Colômbia, Bolívia, Peru, norte da Argentina e Uruguai. Habita regiões de florestas com clareiras (campos, pastagens) distantes de centros urbanos e nunca é encontrado em regiões desérticas.

Comportamento

Urubu-rei (Sarcoramphus papa) Voando
Urubu-rei (Sarcoramphus papa) Voando

É uma ave de hábitos diurnos que passa a noite empoleirada num galho de árvore alta e sempre no mesmo lugar. O urubu rei levanta voo ao nascer do sol e plana acima do topo das árvores, circulando bem alto. Seu andar pelo solo costuma ser como longos pulos elásticos, suas pernas são relativamente compridas.

Para sua temperatura estar sempre confortável e normal, suas asas servem de proteção para as pernas, além de defecar também nas mesmas.

Seus hábitos são solitários e quando são vistos de cabeça baixa e um pouco inclinada é porque estão desconfiados e observam tudo com atenção.

Quando se sentem incomodados, vomitam e sopram fortemente com a intenção (sempre certeira) de afastar um intruso., a mesma característica é adotada também pelos filhotes, pois estes tentam a todo custo imitar os pais. Quando da intrusão de outros, o urubu rei defende-se com as garras e, principalmente, com seu poderoso bico.

Outras Informações

Além de enfrentar a destruição do seu habitat, outro fator que o coloca na lista de extinção, é a sua captura para tráfico de animais e, devido à sua beleza, geralmente é exposto como troféu.

Considerações Finais

Apenas para registrar a falta de ética, bem como a prepotência do homem frente à vida animal e à natureza de forma mais ampla. No primeiro, homens invadem espaços ou até mesmo reservas ecológicas, obrigando os animais a virem para as cidades em busca de espaço e alimentação, além de matar por matar, apenas para demonstração de sua “superioridade” com relação aos animais.

Quanto à segunda, nessa tentativa egoísta, e até mesmo por tédio e para desafiar a natureza, buscam áreas inexploradas que são habitat de animais que existem para o equilíbrio ecológico.

Nesta disputa, ganha o animal por sua utilidade em manter a ordem natural das coisas, enquanto que o homem nessa mesma disputa, perde feio até mesmo para os inseto que em todas as suas espécies são necessários à vida animal, e até mesmo do próprio homem.

Veja também

Animais Exóticos da Austrália

A Austrália é um país rico nos mais diversos âmbitos e sentidos da palavra. Nele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *