Home / Animais / O Urubu de Cabeça Preta

O Urubu de Cabeça Preta

O Urubu de Cabeça Preta é uma ave que pertence à família cathartidae, e seu nome científico é Coragyps atratus, nos países de língua inglesa ele recebe o nome de Black Vulture.

Ele não é apenas mais conhecido por ser a espécie de urubu mais comum encontrado em território brasileiro, isto é, ele é a ave mais comum no Brasil.

Ele é conhecido também pelos seguintes nomes: urubu-comum, urubu-preto, apitã, abutre e corvo.

Como é uma ave que apenas emite barulhos e não um canto propriamente dito, pesquisas comprovaram que isto ocorre porque ele não possui siringe (trata-se do órgão vocal das aves que é localizado na extremidade posterior da traqueia).

O Urubu da Cabeça Preta pode ser encontrado em vários outros países da América do Sul, assim como na região central dos Estados Unidos.

Seu habitat natural são os locais com pouca vegetação, sendo os mais comuns:

·         às margens dos bosques,

·         beira de rios,

·         beira do mar,

·         zonas urbanas

·         aterros sanitários.

Onde existe presença humana, sendo em qualquer dos locais citados acima, existe o Urubu de Cabeça Preta.

Características Físicas do Urubu de Cabeça Preta 

Urubu de Cabeça Preto No Meio do Mato
Urubu de Cabeça Preto No Meio do Mato

O Urubu de Cabeça Preta possui de 56 a 76 cm de comprimento com um peso variável entre 1,6 a 3 kg com envergadura de 150 a 170 cm, sendo uma das menores entre as aves.

A fêmea supera o macho em tamanho, peso e envergadura. A cabeça e o pescoço são livres de penas. Quanto ao restante do corpo, as penas são predominantemente pretas, porém, abaixo das asas as penas são brancas e podem ser observadas durante o voo.

Os pés, assim como as pernas e o bico são de um tom de cinza claro, e seus olhos, castanhos.

Os filhotes de Urubu de Cabeça Preta possuem a penugem bege escura, bico reto na cor azul-escuro.

Após 3 até 4 semanas sua plumagem adquire uma cor branco rosado, destacando uma faixa negra em torno da cabeça, e com pernas azuis. Geralmente, com um mês de vida, sua plumagem vai adquirindo uma cor castanho escuro, porém, destacando algumas penas pretas.

No segundo mês, sua plumagem já é completamente da cor que os Urubus de Cabeça Preta adultos.

A Alimentação do Urubu de Cabeça Preta

O Urubu de Cabeça Preta pertence a espécie saprófaga, se alimentando de animais mortos e em decomposição, sementes de palmeira pupunha, além de cocos. Ninhos descuidados sofrem ataques dessas aves que não hesitam em comer os ovos ou filhotes existentes. Nem mesmo os filhotes de tartaruga estão livres de seus ataques. Na ausência dessas presas, ele pode ainda, se alimentar de frutas.

O sistema digestório do Urubu de Cabeça Preta é muito eficaz, pois o ácido estomacal dessa ave é capaz de digerir nervos, cartilagens e ossos.

Como tudo na natureza tem um papel de grande importância, essa espécie de urubu ajuda na remoção das carcaças deixadas por outros animais.

A Reprodução do Urubu de Cabeça Preta

A procriação ocorre uma vez por ano, quando 2 ovos brancos azulados e manchados de marrom são chocados.

Seus ninhos são feitos em buracos ocos de árvores mortas, porém, o solo em meio ao mato, assim como entre pedras e outros locais abrigados, também pode servir para construir ninhos. A incubação realizada demora de 38 a 48 dias.

Tanto a fêmea como o macho alimenta o filhote regurgitando o alimento e ele recebe cuidados até que esteja preparado para alimentar-se sozinho, o que pode levar de 10 a 12 semanas.

Comportamentos e hábitos do Urubu de Cabeça Preta

O Urubu de Cabeça Preta tem grande facilidade para adaptar-se com a presença humana. Muitas vezes, em locais por onde se cria galinhas ou quaisquer outros tipos de aves domésticas, é fácil encontrar esse tipo de urubu. Vale lembrar que ele se destaca pela forma de andar.

Na presença ou próximo de outros urubus sua cauda estará ereta e aparecendo entre as asas.

É comum, em dias muito quentes, pousar nas margens de rios e lagoas, seja para beber água ou até mesmo para resfriar as pernas.

Um hábito muito comum entre esses urubus é o allopreening (comportamento social onde indivíduos de determinada espécie executam a limpeza em outro indivíduo pertencente ao seu grupo social), os estudiosos da espécie acreditam que eles utilizam essa prática para remoção de ectoparasitos, estabelecer a hierarquia e um bom convívio.

Urubu Cabeça Preta Limpando o Outro
Urubu Cabeça Preta Limpando o Outro

Outro comportamento comum encontrado é a formação de bandos mistos (quando duas ou mais espécies se misturam), uma vez que todas as partes podem ser beneficiadas. No caso do Urubu de Cabeça Preta, ao se misturar com os carcarás, é que o primeiro, não tendo a vocalização do segundo, pode se proteger de algum tipo de perigo.

É importante saber que o Urubu de Cabeça Preta é necrófago, enquanto o Carcará é predador. Apesar de pertencerem a grupos diferentes de urubus, a interação entre ambos pode acontecer mesmo sendo difícil, porém, este fato, torna a relação ainda mais bela.

Curiosidades sobre o Urubu de Cabeça Preta

O Urubu de Cabeça Preta é conhecido como o mais agressivo entre as outras espécies. Ele nunca perde uma disputa por comida. O olfato pouco apurado é compensado por uma acuidade visual extraordinária.

Essa espécie pode ser identificada pelas asas, pois durante o voo, com um formato mais curto e arredondado e a ponta mantida sempre um pouco à frente da cabeça, essa ave se diferencia das outras.

Com grande habilidade para planar, o Urubu de Cabeça Preta, utiliza as correntes de vento mais quente para levantar voo, alcançando até 2.800 m de altitude.

A expectativa de vida dessa espécie de urubu é de 30 anos se criado em cativeiro, enquanto que em seu habitat natural, consegue sobreviver apenas por um pouco mais de 5 anos, devido à forte disputa por alimentos.

Veja também

Escorpião Preto Andando em Terras Asiáticas

Habitat do Escorpião Preto: Onde eles Vivem?

Os escorpiões, ao mesmo tempo que parecem ser animais assustadores, são seres fascinantes também. Obviamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *