Home / Animais / O Que é Um Leopardo?

O Que é Um Leopardo?

O leopardo (Panthera pardus) é um predador mamífero da família dos felídeos. Pertence ao gênero Panthera, no qual está classificado como um dos cincos grandes felinos desta classificação, os outros quatro felinos correspondem ao leão, onça-pintada, leopardo-das-neves e à onça-pintada.

Visualmente, olhando de relance, o leopardo pode assemelhar-se bastante à uma onça-pintada, no entanto, é possível diferenciá-lo a partir de uma observação detalhada. A onça-pintada possui manchas em formato de roseta, ao passo que as manchas no leopardo são maiores e com coloração escura mais vibrante. Estruturalmente também há diferenças, pois as onças são mais robustas do que os leopardos.

Leopardos são conhecidos, entre outros fatores, pela habilidade em correr em altas velocidades, podendo atingir a marca de 50 Km/h. Esses animais, quando em hábitat natural, atingem a expectativa de vida de 15 anos.

Neste artigo você conhecerá algumas importantes características sobre o leopardo, seu padrão de vida e curiosidades adicionais.

Então venha conosco, e boa leitura.

Leopardo: Conhecendo as Características Físicas

O comprimento do leopardo varia entre 1,30 a 1,67 metros. Possui de 60 a 70 centímetros de altura ao nível da cernelha (região localizada entre o osso do ombro e base do pescoço de diversos animais). O peso varia entre 30 e 90 quilos. Esses valores dependem das subespécies do leopardo, as quais são em número de 14. Também é importante considerar que as fêmeas são menores que o macho, geralmente possuindo 2/3 do tamanho deste.

Além dos pêlos amarelos e manchas escuras, é importante não desconsiderar a cauda do animal, a qual é um componente essencial na manutenção do equilíbrio durante a escalada em árvores ou nas corridas.

Possui unhas longas e afiadas, além de patas reforçadas com uma excelente musculatura, as quais facilitam o golpeamento das presas.

O leopardo pode ser acometido por um fenômeno genético denominado de melanismo, no qual há produção excessiva e concentrada de pigmento negro sobre a pelagem dos animais, conferindo a mesma um tom escurecido. Neste caso, os leopardos com pelagem escura são conhecidos como panteras-negras, e, ao observar a sua pelagem mais de perto, é possível visualizar pequenas manchas.

Essa mutação de melanismo é comum em áreas como as florestas tropicais, as florestas da Malásia e as encostas de algumas montanhas da África (tomando como exemplo o Monte Quênia). Uma curiosidade é que ao Sul da Índia, este padrão também é bastante comum, e a quantidade de leopardos com melanismo excede a quantidade de leopardos com coloração normal. Também há casos classificados como pseudo-melanismo, nos quais a coloração negra é observada apenas parcialmente.

Leopardo: Conhecendo Sobre o Hábitat e Localização Geográfica

O leopardo é nativo dos continentes africanos e asiáticos. Os habitats nos quais o leopardo pode viver são muito diversificados. Na África, incluem florestas tropicais e savanas; e na Ásia, mais precisamente ao sul, abrange os bosques frios de montanhas e as selvas quentes e úmidas.

No Afeganistão e no Irã, este animal pode ser encontrado em altitudes pedregosas sem vegetação.

Leopardo: Conhecendo Sobre o Padrão Reprodutivo

A gestação da fêmea dura aproximadamente 12 semanas (equivalendo ao total de 3 meses). Dessa gestação nascem, em média, de 3 a 4 filhotes. O período fértil da fêmea se estende durante 6 a 7 dias.

O filhote desse animal possui pêlo claro, em coloração muito semelhante ao bege ou branco.

Leopardo: Conhecendo Sobre a Alimentação

Em razão da diversidade de hábitats, o leopardo também possui um cardápio bem diferenciado. Genericamente falando, leopardos preferem presas de tamanho médio, tais como cães, macacos, cervos e antílopes. Também podem atacar espécies maiores, tais como gnus.

Quando bandos de babuínos invadem o território do leopardo em busca de alimento ou abrigo, estes também podem ser atacados.

Filhotes de leopardo, e leopardos adultos famintos e sem oferta disponível de alimentos, podem comer até mesmo insetos.

Leopardo: Subespécies

Atualmente são conhecidas 14 subespécies de leopardo, no entanto, esse número é bastante discutível entre zoólogos. Resumidamente, entre essas 14 subespécies 4 são nativas da África, 1 da Europa e 10 da Ásia.

Em relação à Europa, considera-se o Leopardo-do-cáucaso (Panthera pardus ciscaucasia). Na África, há o Leopardo-de-zanzibar (Panthera pardus adersi), considerado uma subespécie extinta; o Leopardo-africano (Panthera pardus pardus); Leopardo-do-sinai (Panthera pardus jarvisi); e o Leopardo-do-atlas (Panthera pardus panthera).

Já na Ásia, como falado anteriormente, há 9 subespécies nativas, dentre elas o Leopardo-de-java (Panthera pardus meas), o Leopardo-de-amur (Panthera pardus amurensis), o Leopardo-persa (Panthera pardus saxicolor), o Leopardo-da-indochina (Panthera pardus delacouri), o Leopardo-do-ceilão (Panthera pardus kotiya), o Leopardo-do-norte-da-China (Panthera pardus japonesis), o Leopardo-indiano (Panthera pardus fusca), o Leopardo-árabe (Panthera pardus nimr), e o Leopardo-da-Anatólia (Panthera pardus tulliana).

Leopardo: Curiosidades Adicionais

O leopardo tem uma habilidade incrível para subir em árvores, e a utiliza após capturar uma presa, pois, dessa forma, a mantém livre da concorrência com outros predadores, principalmente do leão e da hiena. Ele também pode subir em árvores para descansar e dormir.

Ele é extremamente ágil e discreto durante a caça/captura. É capaz de se movimentar sem fazer ruído, mesmo em pedras soltas e folhas secas, no entanto, prefere locais com arbusto. Essa movimentação silenciosa deve-se, principalmente, ao fato de ser um animal digitígrado, ou seja, que se movimenta andando sobre os dedos, tal como ocorre com os cães, gatos  muitos mamíferos.

Animais digitrígrados se movem mais rapidamente e silenciosamente que outros animais. Além disso, os leopardos possuem uma passada larga, decorrente da coluna vertebral e das articulações serem extremamente flexíveis.

Leopardo: Uma Espécie em Situação de Vulnerabilidade

A União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) apontou o leopardo como integrante da lista de espécies ameaçadas.                                                      Muitos estão perdendo o espaço territorial em decorrência do desmatamento, das atividades de caça e da diminuição da quantidade de presas. Esses animais já foram declaradamente extintos em 6 países, sendo eles a Tunísia, Kuwait, Arábia Saudita, Líbia, Síria, Singapura e Hong Kong.

Em decorrência desta situação de vulnerabilidade, muitos leopardos presentes na África estão abrigados no interior de áreas de proteção ambiental.

*

Agora que você já conhece as principais características e curiosidades sobre o leopardo, continue conosco e conheça também outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

LANGLEY, L. National Geographic. Você consegue diferenciar uma onça-pintada de um leopardo? Descubra. Disponível em: <https://www.nationalgeographicbrasil.com/animais-selvagens/2017/12/voce-consegue-diferenciar-uma-onca-pintada-de-um-leopardo-descubra>;

Portal São Francisco. Leopardo. Disponível em: <https://www.portalsaofrancisco.com.br/animais/leopardo>;

VIEIRA, C. A. Infoescola. Leopardo. Disponível em: <https://www.infoescola.com/mamiferos/leopardo/>;

Wikipédia. Leopardo. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Leopardo>.

Veja também

Animais Exóticos da Austrália

A Austrália é um país rico nos mais diversos âmbitos e sentidos da palavra. Nele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *