Home / Plantas / Quais os Males que a Chia Pode Causar?

Quais os Males que a Chia Pode Causar?

A chia (nome científico Salvia hispanica L.) é uma semente que vem se tornando bastante popular entre aqueles que desejam emagrecimento e prevenção de doenças. É frequente ver o seu nome em programas de TV ou na próxima matéria da revista Boa Forma.

O vegetal é originário do México, sendo que as sementes já eram utilizadas a muitos séculos atrás por civilizações da América Central.

Os benefícios da inclusão da semente na dieta são inúmeros, mas, em alguns casos, a ingestão da chia ou o seu exagero pode trazer alguns malefícios.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre a chia.

Então venha conosco e boa leitura.

Chia: Informação Nutricional

Duas colheres de chia (no caso, 28 gramas) pode apresentar cerca de  79 calorias; 7 gramas de fibra; 3,8 gramas de proteína e até 126 miligramas de Cálcio (no caso, 13% do valor diário recomendado para o mineral). Outros elementos incluem o Ômega 3, proteínas, antioxidantes e outros minerais.

100 gramas de chia contém 631 miligramas de Cálcio, no entanto, não é recomendável consumir toda essa quantidade por dia, uma vez a semente não é totalmente absorvida. Em 25 gramas da chia, há 112 miligramas de Potássio e 84 miligramas de Magnésio.

Chia

A chia possui grande quantidade de Ferro. Em termos comparativos, 25 gramas da semente possuem 1,93 gramas de Ferro; ao passo que, 65 gramas de espinafre contém 1,77 gramas deste mineral.

Benefícios da Chia

A chia pode ser uma grande aliada no processo de emagrecimento, quanto associada a uma dieta saudável e à prática de atividades físicas regulares, uma vez que contém fibras, proteínas e ômega 3. As fibras são excelentes para proporcionar a sensação de saciedade, e consequentemente reduzir o consumo de alimentos. Um artigo científico internacional da área de nutrição divulgou que o consumo de chia no café-da-manhã é extremamente benéfico dentro deste propósito.

Os antioxidantes auxiliam a retardar o processo de envelhecimento (impedindo a formação dos radicais livres), e podem até mesmo prevenir contra o aparecimento de tumores. Tais antioxidantes quando combinados com o ômega 3, ômega 6 e com as fibras previnem contra o surgimento de doenças cardiovasculares.

As fibras também são excelentes para prevenir contra o aparecimento do diabetes tipo 2, uma vez que auxilia em uma digestão mais lenta e com isso na lenta conversão dos carboidratos em açúcar. Além disso, as fibras previnem quadros de constipação intestinal.

Os minerais como o Fósforo, Manganês e Potássio são excelentes para preservar as membranas celulares, bem como os neurotransmissores; além de inibirem a reprodução de células inflamatórias. Estes minerais também fortalecem o sistema imunológico, assim como os aminoácidos glutamina e ácido aspártico, igualmente presentes na chia.

O Cálcio presente na chia pode prevenir quadros futuros de osteoporose. O Magnésio auxilia no bom funcionamento do cérebro, assim como das funções cognitivas. Da mesma forma, a semente conta com a presença dos ácidos linoleico e alfa-linoleico, os quais são importantes dentro do processo de transmissão dos impulsos nervosos, funções cerebrais e formação das membranas celulares.

O alto teor de fibras e proteína faz com a chia seja ideal para ser adicionada em bebidas ou lanches pós-treino. Segundo a Universidade do Alabama (Estados Unidos), o ômega 3 da chia também melhora o desempenho dos atletas.

Alguns benefícios ainda estão em estudo, como é o caso da redução do colesterol “ruim” (LDL), a qual já foi comprovada apenas através da pesquisa em ratos. Uma pesquisa conduzida com seres humanos ( e publicada em uma revista científica da Europa) mostrou redução no acúmulo de gordura localizada através do consumo de chia, todavia, ainda são necessários mais estudos para tornar a informação oficial.

Quais os Males que a Chia Pode Causar?

Grande parte dos alimentos, ainda que benéficos para a saúde, caso sejam consumidos em excesso, podem ser um pouco prejudiciais. No caso da chia, como ela é muito calórica, seu consumo em exagero pode não ser tão benéfico assim para quem quer perder peso (apesar das fibras descritas acima). A porção diária recomendada é de 2 colheres de sopa, divididas entre as refeições.

Também recomenda-se que a chia seja hidratada antes do consumo. Pessoas que bebem pouca água e consomem chia em excesso podem desenvolver quadros de constipação, inchaço, gases, dores abdominais, e, curiosamente, até mesmo diarreia.

Algumas pessoas podem ser naturalmente alérgicas à chia, como é o caso daqueles que já possuem sensibilidade à mostarda, tomilho, gergelim e orégano.

Mesmo com os benefícios que a semente apresenta pacientes usuários de medicamentos anticoagulantes, ou outros medicamentos de uso contínuo, assim como portadores de diabetes e doenças cardíacas, devem procurar orientação médica, antes de iniciarem o consumo da chia.

Pessoas que já possuem a pressão arterial baixa devem consumir chia moderadamente, uma vez que a semente possui propriedades para redução da pressão.

Outra provável complicação ou malefício decorrente do consumo da chia, embora mais raro, são os problemas na deglutição, principalmente quando a semente é consumida com uma grande quantidade de água. O fato da chia absorver essa água pode resultar em expansão do esôfago durante a ingestão.

Sugestões para o Consumo da Chia

Como a chia possui um sabor neutro, a mesma pode ser utilizada tanto em pratos doces, quanto em pratos salgados. Podendo ser polvilhada em iogurtes, saladas ou saladas de fruta. Também sugere-se sua inclusão em sucos e vitaminas.

A semente pode substituir a farinha de trigo no preparo da massa dos pães.

Outra sugestão é consumir a chia com ovos, tornando-a ingrediente dentro das receitas de omelete.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a chia, incluindo os seus benefícios e malefícios; nossa equipe o convida a continuar conosco para visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da botânica, zoologia e ecologia de um modo geral.

Sinta-se à vontade para digitar um tema de sua escolha em nossa lupa de pesquisa. Caso não encontre o tema desejado, você pode sugeri-lo abaixo em nossa caixa de comentários.

Se esse artigo foi útil para você, seu comentário também é bem-vindo. Ficaremos felizes em ouvir o seu feedback.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

CERQUETANI, S. Uol. Viva bem. Chia emagrece? Confira 10 benefícios da semente. Disponível em: < https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2019/01/02/beneficios-da-chia.htm>;

Minha Vida. Chia: semente emagrece, desintoxica e mais 10 benefícios. Disponível em: < https://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/16638-chia>.

Veja também

Como se Faz Saião com Leite? Para que Serve?

O saião (nome científico Kalanchoe brasiliensis) é uma planta medicinal que também pode ser conhecida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *