Home / Plantas / Flor Margarida: Como Plantar

Flor Margarida: Como Plantar

Com suas belas pétalas brancas, a margarida é uma excelente opção para quem deseja trazer vida à sua casa, ao seu jardim.

Fácil de cuidar, rápido desenvolvimento e ótima adaptação ao clima tropical, as margaridas animam e embelezam o qualquer ambiente.

Elas podem ser cultivadas tanto dentro, quanto fora de casa, em um jardim, por exemplo. Planta-la em vaso ou jardineira também é uma ótima opção para quem deseja cultivar dentro de casa.

Neste artigo vamos trazer algumas curiosidades e características destas belíssimas flores, as margaridas; além de dicas de como plantar esta obra de arte da natureza que você pode ter no seu jardim.

 A Margarida e Seus Significados

A margarida também é conhecida como bem me quer, mal me quer, bonina, olho de boi, margarita, e alguns outros nomes populares.

É uma planta presente em grande parte do território brasileiro, porém, ela é de origem europeia. Inclusive, na Idade Média, as mulheres faziam colares com pétalas de margarida e colocavam nos escudos dos seus companheiros; tinham a intenção demonstrar o seu amor e protege-los nas guerras e batalhas, e eles retribuíam com coroas e colares da mesma flor.

Além disso, foi muito usada como planta medicinal pelos antigos, por seus poderes para baixar a febre, curar a visão e  diversos tipos de ferimentos.

Quem nunca arrancou as pétalas da margarida dizendo “bem me quer, mal me quer”? Elas são desde a antiguidade símbolos do amor. Nos casamentos, no pedidos de casamento, sempre haviam coroas feitas de margarida.

Por ser uma planta de origem muito antiga, ao longo dos anos foi ganhando diversos significados, e em todos, sempre era vista de maneira positiva, de afirmação. Significados como sensibilidade, pureza de espirito, a jovialidade, paz e cura eram significados atribuídos a esta planta.

 Margarida – Características.

Elas são plantas herbáceas, ou seja, possuem o caule maleável e macio, juntos às folhas finas e espessas de coloração verde.

Estão presentes na família das Asteraceae, que é a mesma dos girassóis, do crisântemo, do absinto e de muitas outras espécies; geralmente são ervas, arbustos ou subarbustos – no caso da margarida é um subarbusto.

A margarida floresce principalmente na primavera, e dura até o outono. São belíssimas flores, e muito fáceis de cuidar.

Elas nascem em espécies de verticílios, que são o conjunto de folhas ou flores, se formam ao redor de um caule em comum, deixando suas folhas compactadas e próximas uma a outra.

Dependendo do plantio, dos cuidados certos e de alguns fatores do clima, elas podem apresentar floração constante durante toda a primavera; desta forma, as folhas e flores podem ser grandes, pequenas e de diferentes colorações, como vermelho, amarelo, branca e rosa; porém, a mais comum e popular são as belas margaridas de pétalas branca com o miolo amarelo.

E não a toa, pois são plantas muito bonitas e encantam qualquer jardim que for colocada. Então está esperando o que para ter algumas margaridas animando a sua casa?

Margarida – Como Plantar

Primeiramente, é fundamental que você se atente ao preparo e manejo do solo. Isso dependerá de onde você irá plantar – em jardim ou vaso.

Elas adaptam-se muito bem em qualquer um dos dois lugares, apenas precisam receber Sol uma parte do dia. Mas fique atento para não deixa-las muito tempo expostas a luz solar, pois isso pode afetar drasticamente o desenvolvimento da planta. O ideal é que o espaço seja ensolarado apenas um período do dia.

Flor Margarida
Flor Margarida

Desta forma, escolhendo um local ideal, você pode preparar a terra; adubos, compostos orgânicos e húmus de minhoca são bem-vindos para que a floração aconteça mais intensa e radiante.

Você pode adquirir sementes ou mudas para o plantio, que podem ser encontradas em feiras, com pessoas que já possuem a flor, em jardins ou mesmo na internet.

Caso você adquira sementes e deseja iniciar do zero a sua plantação de margarida, siga estas dicas:

  • Plante as sementes a aproximadamente o,5 centímetros de profundidade. Elas podem demorar um tempo para germinar.
  • Faça regas diariamente, mas cuidado para não enxercar a terra.
  • Procure por terra de fácil drenagem, evita o acumulo de água e facilita o desenvolvimento da planta
  • Para germinação, o tempo médio é de 15-20 dias, então tenha paciência. Cuide, plante com carinho, que a margarida irá encantar o seu jardim após alguns meses, cerca de 200-250 dias é o ideal para ela começar a florir.

Uma outra maneira muito utilizado para o cultivo de margarida é a partir das mudas. Você pode encontrar facilmente mudas de margarida.

Muda é uma parte da planta retirada do caule principal, mas que se plantada e bem cuidada, desenvolve e cria suas próprias partes adjacentes e torna-se uma bela planta independente.

Quando for plantar a partir das mudas, a atenção com o solo e com a temperatura devem ser as mesmas das sementes, porém a diferença é que elas podem crescer mais rápido. Confira estas dicas:

  • Para fazer uma muda de margarida, você pode arrancar a touceira da planta, separar algumas mudas e corta-las com uma tesoura ou canivete.
  • Depois basta transplanta-las em um solo adequado, rico em matéria ogânica.
  • É importante que você faça um buraco médio no solo para colocar a muda, lembre-se de fixa-la bem na terra.
  • Não se esqueça de rega-las diariamente.

Como podemos perceber, é simples o processo do plantio. Mas atente-se aos cuidados. Elas apreciam o Sol e a água, mas não em exagero.  Ao longo dos anos, a margarida sempre foi muito utilizada para o uso decorativo de ambientes.

Experimente fazer vasos, compoteiras, jardineiras ou canteiros com as margaridas, elas são ótimas para enfeitar e decorar qualquer ambiente. Com suas diferentes colorações, cabe a nós – e a nossa criatividade – usa-las da maneira em que ela trará alegria, paz e harmonia para nossa casa.

São plantas fáceis e praticas de serem cultivadas, como muitas outras que já falamos aqui no site. Confira outros artigos e dicas para embelezar e deixar sua casa e seu jardim mais bonitos.

Veja também

Acerola Não se Desenvolve? O que Fazer?

A acerola (nome científico Malpighia emarginata) é uma fruta cítrica vermelha e pequena, amada pelos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *