Home / Natureza / Pantera Negra Reprodução E Filhotes

Pantera Negra Reprodução E Filhotes

A pantera negra é um animal de porte único na natureza, possuindo uma alta dose de melanina que faz seus pelos cresceram completamente negros.

Entretanto, a pantera negra não é uma espécie exclusiva de felino, como muitos pensam.

A pantera negra nada mais é do que um felino comum, porém, negro.

Em outras palavras, a pantera negra pode ser uma onça pintada, uma onça comum, um jaguar ou um leopardo, por exemplo.

O termo pantera negra é utilizado para englobar todas essas variações de felinos que possuem a pigmentação negra.

O que faz esse processo melânico ocorrer tem tudo a ver com a reprodução dos grandes felinos, que através de combinações genéticas, darão origem aos filhotes comuns e os filhotes negros. Esse processo também ocorre com os raros casos de animais brancos.

Quando o filhote de pantera negra nasce, ele não é essencialmente negro, e muita coloração pode ser vista em seus pelos.

Uma onça-pintada, por exemplo, quando nasce com a genética de uma pantera negra, consegue, mesmo através da forte cor negra, mostrar todas as suas pintas.

Para conhecer mais sobre a pantera negra, acesse aqui em nosso site FICHA TÉCNICA DA PANTERA NEGRA.

Reprodução Da Pantera Negra

O acasalamento da pantera negra pode ocorrer durante qualquer época do ano, e o pai e a mãe convivem juntos até o desenvolvimento pleno dos filhotes.

Geralmente, a pantera negra põe de 2 a 4 filhotes, num período de gestação que varia entre 90 a 100 dias.

A pantera negra, como foi abordado anteriormente, nada mais é do que um felino de cor negra, e por isso a convivência com demais felinos é normal, isto é, a pantera negra pode cruzar com qualquer outro felino da mesma espécie, independente de cor.

Pantera Negra Acariciando Onça Pintada
Pantera Negra Acariciando Onça Pintada

É possível que uma pantera negra cruze com um leopardo comum e tenha filhotes comuns e filhotes de coloração negra.

Tudo tem a ver com os alelos genéticos que compõe a estrutura orgânica dos animais, onde alguns serão mais suscetíveis a receberem alelos dominantes e outros os alelos recessivos.

Os felinos que acabam por conter mais alelos dominantes, adquirem a coloração negra, onde a melanina é o fator principal nesse caso.

A melanina é muito mais presente nos alelos dominantes, por isso os felinos que possuem um maior número de alelos dominantes irão nascer completamente negros.

Em cruzamentos entre felinos com alelos respectivamente recessivos, isto é, dois leopardos que não são negros, a tendência é que nasça filhotes comuns, no entanto, alguns leopardos comuns possuem uma estrutura genética dominante, que pode, consequentemente, resultar em filhotes negros.

Comportamento Dos Filhotes Da Pantera Negra

Os filhotes de pantera negra não nascem completamente negros, e dependendo da espécie de felino, é possível identificar vários aspectos físicos distintos, pois além das combinações dos genótipos, as características dos fenótipos também ficarão evidentes.

Por exemplo, um filhote de pantera negra da espécie leopardo, nascerá com todas as pintas do leopardo por debaixo de uma pelagem completamente escura.

Portanto, é possível que um filhote de pantera negra seja cuidado por um pai ou uma mãe de coloração completamente diferente, assim como um casal, que não precisa, necessariamente, ser da mesma cor, deixando evidente que na natureza não existe nenhum tipo de distinção.

O filhote de pantera negra convive ligado com os pais durante os primeiros meses de vida (entre 5 e 6 meses), até aprenderem a caçar por conta própria, período esse em que os mesmos começam a se afastar dos pais, quando os mesmos possuem por volta de 2 anos de idade.

Atingindo o terceiro ano de idade, a pantera negra atinge sua maturidade sexual, começando a procurar por parceiros para dar continuidade à espécie.

Na selva, uma pantera negra pode atingir uma expectativa de vida de 20 anos, enquanto em cativeiro elas chegam a atingir de 25 a 30 anos.

Alimentação Da Pantera Negra E Dos Filhotes

A pantera negra é um felino distribuído por várias regiões do mundo, e no Brasil é possível encontra-la na Mata Atlântica, na Floresta Amazônica, no Cerrado e no Pantanal, os principais biomas do Brasil.

É possível, ainda, encontra-la em regiões retiradas, longe ou perto do convívio humano.

Dependendo da região onde a pantera se encontra, ela irá se alimentar de toda a carne que encontrar.

Em regiões como o Cerrado, a pantera negra se alimenta, exclusivamente, de animais como veados, antas, javalis e capivaras. Como são excelentes nadadoras, jacarés e ariranhas também fazem parte de seu cardápio.

Os filhotes da pantera negra se alimentam de tudo aquilo que os pais fornecem, e quando começam a caçar, pequenos animais como esquilos, coelhos, jabutis, pássaros e cobras são seus alvos principais.

A pantera negra não possui um predador natural, mas é possível que as mesmas sofram ataques de animais acuados, como jacarés e cobras, e assim acabar morrendo.

Um dos maiores dizimadores da pantera negra é o homem, pois as panteras sempre estão presentes em fazendas e sítios, na busca de alimentos.

Distribuição Da Pantera Negra Pelo Mundo

A pantera negra está presente na América do Sul, América Central, América do Norte e Ásia, e atualmente ela se encontra em um baixo nível de extinção, porém, isso não exclui o fato de haver esforços para que as mesmas não deixem de existir.

Atualmente, a maior fator para a queda no número de panteras negras no mundo é a caça ilegal de animais silvestres, principalmente por regiões da natureza consumidas pela monocultura, que além de consumir o habitat da pantera negra, a deixa intrinsicamente próxima do pastoreio.

Pantera Negra e Leopardo Juntos em um Cativeiro
Pantera Negra e Leopardo Juntos em um Cativeiro

É muito comum que as panteras negras ataquem os animais de produção das áreas de monocultura, tornando-as inimigas número um do homem, que cada vez mais buscam dizimá-las.

A pantera negra pode ser encontrada no Suriname, nas Guianas, no Brasil, Paraguai, Argentina, Panamá, Nicarágua, Guatemala, Estados Unidos (região sul), Índia, China, Tailândia e Indonésia.

Confira mais informações sobre a pantera negra, acessando os seguintes links aqui no site:

Tempo De Vida Da Pantera Negra

Alimentação da Pantera Negra

Pantera Negra em Extinção

Veja também

Camelo Australiano: Características, Nome Cientifico, Extinção e fotos

Você sabia que a Austrália possui um grupo de imigrantes que estão no país desde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *